Menu
Busca segunda, 23 de setembro de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

Prevendo avanços, políticos conhecem Sisfron em Dourados

Comitiva chegou em aeronave oficial por volta das 9h40 no aeroporto regional Francisco de Matos Pereira.

24 maio 2019 - 12h05Por Vinicios Araújo

Uma comitiva política chegou a Dourados nesta manhã (24) para conhecer o Sisfron (Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras). 

A bordo de um avião oficial do Governo Federal, estiveram na agenda: Nelsinho Trad (PSD) e Soraya Thronicke (PSL), senadores por Mato Grosso do Sul, Capitão Contar (PSL), deputado estadual, Vander Loubet (PT), Bia Cavassa (PSDB), e Luiz Ovando (PSL), deputados federais por MS, o senador  Angelo Coronel (PSD-Bahia) e os deputados Dr. Leonardo (SD-Mato Grosso) e Luizão Goulart (PRD-Paraná). 

A visita deles tem como objetivo conhecer o projeto piloto de monitoramento das fronteiras do Brasil com Paraguai e Bolívia. A iniciativa prevê cobertura de toda fronteira oeste do País. 

Com atraso no voo decorrente ao mal tempo em Campo Grande, os parlamentares aterrissaram em Dourados por volta das 9h30. Em entrevista ao Dourados News, o senador Nelsinho Trad afirmou que durante reunião ontem com o Comando Militar do Oeste, foi assegurado recursos para conclusão do empreendimento tecnológico. 

“A expectativa é que até 2021 já esteja pronto nesta região o Sisfron. Estamos vendo os problemas, ajudando o Exército Brasileiro com emendas para poder ter recursos a fim de que esse sistema se torne a realidade que todos esperamos”, disse. 

Questionado sobre os contingenciamentos de gastos, Nelsinho garantiu que, para o CMO, o projeto de inteligência e segurança é prioridade. “Se tiver que cortar alguma coisa, essa é uma das últimas áreas a serem atingidas”, afirmou.

Nelsinho acredita que com o novo governo e o novo cenário político no Brasil, o projeto deve avançar. O Sisfron tinha previsão de ser concluído até 2022, porém, após a limitação de recursos desde o governo Dilma, a implementação do sistema ficou limitada. 

No ano passado, o ex-ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, disse durante visita que a expectativa, levando em consideração os orçamentos previstos para os próximos anos, é de que as tecnologias sejam completamente implementadas somente em 2035.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU!
Luísa Sonza exibe boa forma em passeio de iate e ganha elogios
APOSENTADORIA
Reforma da Previdência pode ser votada em 1º turno nesta terça-feira
PONTA PORÃ
Veículo blindado roubado em São Paulo é recuperado na região de fronteira
FOGO
Helicópteros entram em operação no combate às queimadas no Pantanal
MARACAJU
Homem é preso por receptação e polícia recupera caminhão furtado
ECONOMIA
Termina hoje prazo para cliente da Caixa autorizar saques do FGTS
OPORTUNIDADES
Concursos: 17 órgãos abrem amanhã inscrições para mais de 1.500 vagas
OPERAÇÃO BOCAIÚVA
Ação apreende 11 filhotes de papagaios e aplica multa de R$ 60 mil
MEIO AMBIENTE
Semana da Árvore termina com plantio de mudas no Antenor Martins
FÓRMULA 1
Vettel supera Leclerc, vence em Singapura e quebra jejum de 22 corridas

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Criança morre em hospital e polícia investiga estupro de vulnerável
FLAGRANTE
Guarda Municipal flagra "festinha social" lotada de menores
DOURADOS
Campo-grandense é preso após roubar escritório de advocacia em Dourados
FRONTEIRA
Adolescente de 16 anos é morto na frente do pai com um tiro no peito