Menu
Busca quinta, 22 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
SEMINÁRIO

Prevenção e erradicação do trabalho infantil pautam seminário em Dourados

15 setembro 2017 - 18h20

Nos próximos dias 25 e 26, a Comissão Municipal de Erradicação do Trabalho Infantil e a Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, realizam o "Seminário de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil", cujo objetivo é estimular a adoção de práticas cotidianas que potencializem a denúncia, o combate e a eliminação dessa irregularidade.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site da Prefeitura, [clique aqui](http://peti.dourados.ms.gov.br), até o dia 21 de setembro. Os participantes receberão certificado de 12 horas.

Atividades

A abertura será às 19h do dia 25, no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced), com palestras e debates a respeito do tema. Entre os destaques, está a participação da procuradora do Trabalho Cândice Gabriela Arosio, que abordará "O papel do MPT no combate ao Trabalho Infantil". A programação ainda inclui palestra sobre "Aprendizagem Profissional como alternativa ao Trabalho Infantil", a ser ministrada pelo auditor-fiscal Carlos Alberto Sfeir.

Já no dia 26, acontecerá a "Oficina de Formação para Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil" nos períodos matutino e vespertino.

O evento é direcionado a gestores, conselheiros dos Direitos da Criança e do Adolescente, técnicos da assistência social e representantes da sociedade civil organizada, além de trabalhadores da Saúde, Educação, empresários, acadêmicos e outras pessoas envolvidas com a rede de proteção.

É considerado trabalho infantil aquele realizado por crianças ou adolescentes com idade inferior a 16 anos, salvo na condição de aprendiz a partir dos 14 anos. "É preciso cuidar das crianças e dos adolescentes, para que não sejam submetidos a nenhuma atividade que cause prejuízo à sua moral, à sua saúde e ao seu desenvolvimento físico, intelectual e psicológico. O trabalho entre 16 e 18 anos é permitido desde que seja de forma protegida, sendo proibidas atividades perigosas, insalubres e o trabalho noturno", observa a procuradora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Solteira, Dani Sperle posa nua e diz o que homem precisa para conquistá-la
JUSTIÇA
Empresa de telefonia deve ressarcir consumidor por cobrança ilegal
ACOMPANHAMENTO
Comissão de senadores vai fiscalizar intervenção federal no Rio de Janeiro
PARAGUAI
PRF intercepta carregamento de cigarros contrabandeados na BR-163
TESTE
Celular pirata habilitado a partir de amanhã no DF será bloqueado em maio
REUNIÃO
Governo define estratégias de segurança para a cidade de Três Lagoas
CORUMBÁ
Homem espancado no carnaval morre após ficar 9 dias internado
BUROCRACIA
Senado aprova projeto para simplificar certidão de débitos tributários
APOIO
Militares auxiliam atingidos por enchentes e resgata cutia em Aquidauana
INÉDITO
Brasileira passa à final da patinação artística na Coreia do Sul

Mais Lidas

DESAPARECIDA
Corpo encontrado no rio Dourados é de Débora Dias
RESIDENCIAL ROMA
Criança fica ferida ao cair de prédio em Dourados
ESTRELA PORÃ
Polícia fecha “boca” que abastecia região Oeste de Dourados
DOURADOS
Gaeco cumpre mandados em nova ação contra o tráfico