Menu
Busca quarta, 12 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
CONTENÇÃO DE DESPESAS

Prefeitura de Dourados otimiza gestão dos prédios públicos

Prefeitura de Dourados otimiza gestão dos prédios públicos

28 setembro 2017 - 06h48Por Da Redação

A Prefeitura de Dourados tem mantido ações de contenção de despesas e melhor aproveitamento dos prédios públicos, patrimônio do município. Dentro desta gestão, a instalação da área administrativa da Secretaria de Desenvolvimento no piso superior do Centro de Convenções tem recebido destaque e elogios, já que proporciona economia de aluguel e aproveitamento do prédio novo, sem prejuízo da função do Centro, que é a realização de eventos no saguão.
 
A observação é da secretária Rose Ane Vieira, que destaca o fato de o espaço atender muito bem a demanda da Secretaria, gerando economia ao utilizar prédio próprio e contribuindo para a manutenção e segurança do local. Além disso, a presença da Semdes otimiza a realização de eventos no espaço do saguão.
 
“Destaca-se principalmente que a presença da Secretaria naquele local otimiza o espaço e gera segurança, cuidado com o patrimônio dos douradenses”, disse. Ainda segundo a secretária o espaço é ótimo, tem uma boa internet e estrutura nova que proporciona à Semdes, mantenedora do local, uma gestão austera dos recursos públicos.
 
A prefeita Délia Razuk menciona este como um dos exemplos de readequação dos espaços públicos da Prefeitura de Dourados. “Não só o Centro de Convenções, como a segunda sede do Conselho Tutelar, a construção de uma nova sede para a Educação e as tratativas para desafetar área destinada à Saúde são gestões internas que mostram nosso compromisso com a organização do que é nosso, do que é do douradense”, disse a prefeita, que destaca o intuito da administração de diminuir ao máximo o pagamento de aluguel para abrigar serviços públicos.
 
As obras por que passa o Centro de Convenções não terminaram ainda e as intervenções devem ser contempladas com verbas para a segunda etapa e mais duas etapas, estas para a área externa, somam outros R$ 13 milhões que aguardam repasse da União.
 
“Nós temos o valor de R$ 1.089.000 pendentes para o término da área interna, com elevador, vigilância. Em 15 de maio foi liberado o valor de R$ 258 mil para pagar serviços já executados para a empreiteira. Como o valor foi revisto, outros R$ 40 mil foram depositados pela União em setembro. E os R$ 738 mil que faltam serão licitados novamente porque a empreiteira que ganhou a licitação desistiu”, explicou a secretária, lembrando que a área externa, contemplada com outras duas etapas, depende de repasse de R$ 13 milhões da União.
 
Ainda sobre a gestão do Centro de Convenções, a secretária Rose Ane informou que o regimento interno do local será publico nos próximos dias, tão logo as licenças do Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária estejam prontas. Com isto, o Centro não sedia eventos ainda.
 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Fazendeiro é multado por incêndio em vegetação de desmatamento
ECONOMIA
Chamadas de fixo para celular ficarão em média 0,4% mais baratas
UEMS
Universidade abre concurso para professores em quatro cidades de MS
AQUIDAUANA
Homem escorrega em barranco e desaparece nas águaa do Rio Negro
FENÔMENO
Vem aí a última chuva de meteoros do ano; veja dicas para observar
CAPITAL
Vendedora de salgados acha bolsa com o 13° de idosa e devolve
CAMPO GRANDE
Mulher cai em golpe do prêmio por telefone e perde quase R$ 3 mil
REAJUSTE
Petrobras eleva em 1,12% preço da gasolina nas refinarias
JUSTIÇA
Nova diretoria da Amamsul será empossada na próxima sexta-feira
EDUCAÇÃO
UEMS divulga versão preliminar do Projeto Pedagógico Institucional

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Neto matou avó com duas facadas nas costas
DOURADOS
Contador e esposa são presos na segunda fase da Operação Pregão
TRAGÉDIA EM ITAPORÃ
Antes de assassinato, menor discutiu com a avó porque queria vir para Dourados
DOURADOS
Polícia prende acusado de agredir e esfaquear idosa em assalto