Menu
Busca terça, 19 de junho de 2018
(67) 9860-3221
DOURADOS

Prefeitura coloca segundo Conselho Tutelar para funcionar em Dourados

05 novembro 2017 - 11h28Por Da Redação

Será inaugurada na próxima segunda-feira, dia 6, a segunda unidade de Conselho Tutelar de Dourados, que funcionará em prédio na esquina da avenida Coronel Ponciano com a rua Lurdes Abrahão Prates, próximo à Prefeitura de Dourados.

A prefeita Délia Razuk destacou o compromisso de estruturar a cidade. “Encontramos as saídas para colocar em prática as melhorias. Em meio à crise econômica, vamos ampliar os atendimentos do conselho tutelar porque recuperamos uma estrutura que é da prefeitura e aplicamos os recursos para os devidos fins”, disse a prefeita.

Segundo a secretária de Assistência Social, Ledi Ferla, a nova unidade é um avanço para o município e foi luta da prefeita Délia Razuk quando ainda era vereadora. Desde 1980, quando ultrapassou os 100 mil habitantes a cidade já comportava uma segunda unidade, de acordo com normativa do Conselho Nacional.

“A demanda é muito grande não apenas pela população que ultrapassa 215 mil pessoas, mas porque temos excepcionalidades, como as aldeias e 7 distritos, alguns com população maior que a de alguns municípios em MS. O conselho estava sobrecarregado e a nova unidade soma muito”, disse.

A unidade I terá jurisdição sobre a área urbana desde a rua Mato Grosso cobrindo toda a região oeste e as aldeias Jaguapiru, Bororo e Panambizinho. Já a unidade II, atenderá desde a rua Mato Grosso cobrindo toda a região leste e todos os distritos.

Para colocar em funcionamento a unidade, a Prefeitura de Dourados, por determinação da prefeita Délia Razuk, tem trabalhado desde o início do ano. Depois de que autorizou a cedência do prédio que funcionava como depósito de bens inservíveis, uma reforma no valor de R$ 200 mil foi feita no local.

Outros R$ 75,6 mil foram empregados na estruturação de mobília e materiais de informática, todos com recursos da Secretaria de Assistência Social.

Na segunda-feira serão empossados novamente os cinco conselheiros que atendem na unidade I, e para trabalhar na nova unidade serão empossados como conselheiros os cinco que são suplentes hoje. Ainda outros 7 novos suplentes serão designados, todos dentro da lista de candidatos que participaram da eleição mais recente.

“Toda a normatização com as legislações e adequações para colocar em funcionamento da segunda unidade é feita pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). Em contato com a Vara da Infância tudo foi designado dentro da lei para a posse e os remanejamentos”, disse a secretária.

O Conselho Tutelar tem ainda outros cargos na lista de pessoal, segundo Ledi, que serão ocupados por servidores remanejados de acordo com a necessidade e possibilidade da administração. Fazem parte da composição um técnico administrativo, duas recepcionistas, 5 motoristas, 5 conselheiros, 2 estagiários e um encarregado de serviços gerais.
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

HOMENAGEM
Renato Câmara entrega medalhas aos agentes da segurança pública de Dourados
DEFRON
Traficante condenado a mais de 12 anos é preso em Dourados
EDUCAÇÃO
Acordo formaliza implementação do projeto MPT na Escola
EX-PRESIDENTE
STF marca julgamento de pedido de liberdade de Lula para o dia 26
DIVERSIDADE
Abertura da 2ª Mostra LGBTIQ+ de Cinema será nesta sexta-feira
PARQUE DOS JEQUITIBÁS
Délia recebe moradores e apresenta investimento de R$ 3 milhões
ATENTADO CONTRA DIRCEU BETTONI
Sigilos bancário e telefônico de presos serão quebrados
TRÂNSITO
Recusas ao bafômetro superam flagrantes por dirigir bêbado nas rodovias federais
FALHA TECNOLÓGICA
Google vai corrigir falha no Chromecast que mostra localização de internautas
TRONCO E CONTENÇÃO PARA OVINOS
Invenção que otimiza ovinocultura é 2ª patente concedida à UFGD

Mais Lidas

PARANHOS
Testemunha de atentado a prefeito é executada
PARANHOS
Calote em venda de fazenda teria motivado atentado a prefeito
ÁGATA DE AÇO II
Brigada de Dourados desloca 600 homens para atuar contra crimes fronteiriços
SOLIDARIEDADE
Douradense busca ajuda para conseguir manter a família