Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Prefeitura abre licitação para vender folha de pagamento do funcionalismo

18 outubro 2019 - 08h03Por André Bento

A Prefeitura de Dourados divulgou nesta sexta-feira (18) que fará licitação para vender a folha de pagamento do funcionalismo público municipal, atualmente com 7,1 mil servidores. Do tipo maior oferta, essa concorrência será realizada porque o contrato de R$ 13,5 milhões firmado há cinco anos com o Banco do Brasil vence em dezembro.

De acordo o aviso de licitação do Pregão Presencial nº 2/2019, Processo nº 328/2019, a sessão pública será feita no próximo dia 31 de outubro, às 8h, com participação aberta e tipo maior oferta para contratação de instituição bancária para serviços de processamento da folha de pagamento e gerenciamento das contas movimento do Município de Dourados.

Desde 2014, a folha de pagamentos do funcionalismo público municipal está com o Banco do Brasil, por força do contrato nº 417/2014/DL/PMD, relativo à Dispensa de Licitação nº 117/2014. Assinado no dia 2 de setembro de 2014, esse vínculo estabeleceu a exclusividade na centralização e processamento de 100% de créditos provenientes da folha de pagamento gerada pelo município, com no mínimo 6004 servidores.

Embora o prazo de vigência tenha sido estabelecido em 60 meses, com pagamento, por parte da instituição financeira, de R$ 13.500.000,00 em moeda corrente nacional ao município de Dourados, no dia 3 de setembro a Secretaria Municipal de Fazenda publicou em edição suplementar do Diário Oficial do município o extrato do 3° termo aditivo, que gerou a “prorrogação excepcional da vigência contratual por mais 03 (três) meses, com início em 03/09/2019 e previsão de vencimento em 03/12/2019”.

Em entrevista ao Dourados News no dia 2 de outubro, o secretário municipal de Fazenda, Carlos Francisco Dobes Vieira, disse que seu antecessor, Paulo Cesar Nogueira Junior, a quem substituiu no dia 2 de setembro, prorrogou o contrato porque estudava renová-lo. No entanto, essa ideia foi reavaliada após propostas feitas por bancos interessados.

“Houve a prorrogação até porque que o secretário anterior fazia essa negociação, demorou para se consolidar, por isso a necessidade do acréscimo do tempo. Entretanto, numa nova avaliação com equipe, estamos entendendo que nova licitação para o município seria muito interessante. Até pela questão de transparência e competitividade, é um caminho que a gente está estudando e deve ter posicionamento nos próximos dias, se renova ou faz nova licitação”, detalhou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOAÇÕES
Segurança de MS é reforçada com itens recebidos do legado da Senasp
REGIÃO
Adolescente de 15 anos é assassinado em aldeia de Douradina
JUSTIÇA
Ex-companheiro que permaneceu no imóvel do casal deve prestar contas
NOVA ANDRADINA
Carreta carregada com plumas de algodão pega fogo na BR-267
VILA CACHOEIRINHA
Preso após quebrar vidraça de sorveteria é reconhecido por vítima de furto
ALDEIA BORORÓ
Primos são suspeitos de tentar estuprar criança de 8 anos em Dourados
DOURADOS
Condenado por roubo é detido após furtar queijo e detergente de mercado
CRIME AMBIENTAL
Dono de chácara leva multa de R$ 3 mil por derrubar árvores sem licença
RIBAS DO RIO PARDO
Em liberdade provisória, mulher acaba presa por tráfico de drogas
FUTEBOL
Bayern humilha o Barcelona e se classifica para as semis da Champions

Mais Lidas

DOURADOS
Preso no Ipê Roxo era investigado desde fevereiro por estupro do sobrinho
VIDA NOTURNA
“Estão passando fome”: profissionais do sexo sofrem com a pandemia em Dourados
DOURADOS
Com gritos de "pega ladrão", grupo é flagrado furtando carro no Jardim Paulista
DOURADOS
Decreto deve autorizar volta de cursos profissionalizantes e atividades práticas de universidades