Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Prefeito de Dourados anuncia revitalização de pontos de táxi

09 junho 2011 - 14h10

O prefeito Murilo Zauith apresentou na manhã desta quinta-feira o projeto de revitalização e construção de novos pontos de táxi em Dourados. O anúncio foi feito a 40 taxistas que estiveram presentes na reunião com o prefeito.



De acordo com o projeto, serão reformados o piso, bancos, parte de alvenaria, iluminação e teto. O projeto está sendo finalizado pela Secretaria de Planejamento e deverá ser colocado em prática de forma gradativa.



Segundo o presidente do Sindicato dos Taxistas, Vanderlei Pereira Barros, a notícia veio em boa hora, já que maioria dos pontos de táxis da cidade está em estado precário. Atualmente são 13 pontos fixos para atender 86 profissionais no município. Barros vai propor que o trabalho de revitalização comece pelos pontos em pior situação.



O assessor especial Gerson Schaustz informou que os novos pontos serão construídos em locais estratégicos, como proximidades do Atacadão e do Shopping Avenida Center.



INSCRIÇÃO MUNICIPAL

Durante a reunião com os taxistas, o prefeito discutiu algumas questões que precisam ser solucionadas para melhorar as condições de trabalho da categoria e oferecer mais conforto para os passageiros.



O prefeito propôs o recadastramento de todos os taxistas na prefeitura, para fornecimento da inscrição municipal. A medida vai proporcionar menos gastos para o taxista, que precisar emitir nota fiscal para o cliente.



O secretário municipal de Finanças, Walter Carneiro Júnior, explicou que o taxista que não tem inscrição municipal utiliza cadastro avulso no ato de emitir a nota e com isso é obrigado a pagar uma taxa de R$ 12,00. Tendo a inscrição municipal, ele pagará apenas a alíquota do ISS (Importo Sobre Serviço), na qual o custo é menor.



Segundo o prefeito, com a demanda crescente no Aeroporto Municipal Francisco de Matos Pereira, a emissão dessas notas poderá ser mais frequente. “Nossa expectativa é que o movimento no aeroporto cresça muito até o final do ano e por isso acho necessário que os taxistas também estejam organizados para atender essa demanda”.



Outros pontos discutidos durante a reunião foram a segurança dos taxistas e passageiros no aeroporto e a necessidade de aumentar futuramente o número de táxi no local, para garantir atendimento aos passageiros.



Atualmente são cinco taxistas que atendem no aeroporto e em algumas vezes o passageiro que desembarca no local é obrigado a esperar o táxi.



Para resolver essas questões, o prefeito solicitou que a categoria faça uma proposta. “Temos que nos organizar, pois o aeroporto é a porta de entrada de Dourados. Devemos fazer a chegada do visitante à nossa cidade a melhor possível”, destacou Murilo.



Também estiveram presentes na reunião o secretário de Serviços Urbanos Luis Roberto Martins de Araújo e o vereador Walter Hora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROCESSO
MP encaminha denúncia contra produtor acusado de ameaçar senadora durante campanha eleitoral
Agronegócio
Geada não afeta estimativa de produtividade e milho deve ter safra recorde em MS
A DONA DO PEDAÇO
Chiclete descobre bomba sobre Vivi
JULHO AMARELO
Saúde desenvolve campanha sobre IST e Hepatites Virais em Dourados
SIDROLÂNDIA
Guarda noturno atira contra homem e o fere na boca e costas
FRONTEIRA
Veículo furtado que seria trocado por droga no Paraguai é recuperado
JUSTIÇA
Corretor é condenado a repassar R$ 45 mil de comissão de corretagem
DOURADOS
Homem é preso tentando furtar envelope com R$ 3,8 mil de cliente de banco
Iluminação Pública
Mesmo com cobrança suspensa, prefeitura prevê R$ 18 milhões com Cosip em 2020
BRASIL
PIB recua 0,8% no trimestre encerrado em maio, diz FGV

Mais Lidas

DOURADOS
Coordenadora de Ceim é exonerada e pais fazem abaixo-assinado para tentar mantê-la
DOURADOS
Upiran entrega carta de demissão a Délia e aguarda substituto para deixar Educação
POLÍCIA
Investigação vê indícios de relação entre homicídios no Jardim Pantanal e Guanabara
DOURADOS
Assassinado em conveniência já cumpriu pena por tráfico e lavagem de dinheiro