Menu
Busca sexta, 19 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
SITIOCA CAMPO BELO

Populares voltam a impedir instalação de guard rail

11 setembro 2017 - 17h35

Populares que residem na região da Sitioca Campo Belo, próximo a Embrapa Agropecuária do Oeste, em Dourados, impediram no início da tarde desta segunda-feira (11) que a CCR MSVia, concessionária que administra a BR-163, instalasse novos guard rails próximo do acesso ao bairro.

Funcionários da empresa chegaram ao local e se preparavam para iniciar a instalação, mas foram surpreendidos pelos moradores, que colocaram pedras na rodovia na tentativa de evitar a ação.

A GMD (Guarda Municipal de Dourados) foi acionada e tentou dialogar com os populares, que se mostraram irredutíveis ao fato.

Em seguida, os trabalhadores receberam ordem da CCR para suspender o serviço. A pista não chegou a ser totalmente bloqueada.

Uma reunião ficou agendada para a manhã de terça-feira (12) entre a Secretaria de Serviços Urbanos, populares e a concessionária responsável pela rodovia, no mesmo lugar onde ocorreu a manifestação.

Populares afirmaram que só vão deixar o local ser fechado após o cascalhamento da via marginal a rodovia.
Atualmente a estrada não é asfaltada e impossibilita os moradores de saírem do bairro em dias de chuva.

Mesmo local

O local já foi ponto de protesto em julho, quando a empresa realizou bloqueios em várias entradas que margeiam a rodovia.

Na época, uma reunião entre administração municipal e bancada de MS, em Brasília (DF), chegou a ser agendada e realizada com o ministro dos Transportes, Maurício Quintela.

Por conta da demanda, técnicos da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) acabaram deslocados até o município.

Vários pontos foram visitados por uma comissão formada para tratar o assunto e decidido que três desses acessos seriam reabertos.

Conforme divulgado pela assessoria de imprensa da prefeitura no dia 25 de julho, seriam alterados as instalações na rua Chile, região do Parque das Nações I e II, no Jardim Colibri e na sitioca Campo Belo, local onde ocorre os protestos nesta segunda.

O Dourados News buscou contato com a assessoria de comunicação da CCR MSVia para saber da possibilidade da implantação desses obstáculos na região, porém, não obteve respostas até a publicação da matéria. (Colaborou João Rocha/TV RIT)

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2018
TSE abre ação para investigar suspeita contra campanha de Bolsonaro
ENTENDA
Prazo para se aposentar pela fórmula 85/95 acaba em dezembro
PEDRO JUAN
Brasileiro executado na fronteira recebeu tiros na cabeça e no peito
FAKE NEWS
PDT pede anulação das eleições e cassação da candidatura de Bolsonaro
CAMPO GRANDE
Pai de menino que disparou pistola na escola responderá por descuido
JUSTIÇA
Plano de saúde é condenado por negar cobertura em tratamento
NOVA DATA
UFGD prorroga inscrições para o Vestibular 2019 e o Letras-Libras
OPORTUNIDADE
Nova turma de aprovados em concurso para curso de formação da Agepen é convocada
PESQUISA
Ibope em Mato Grosso do Sul, votos válidos: Azambuja, 53%; Odilon, 47%
CLIMA
Fim de semana deve ser sem chuvas em Dourados

Mais Lidas

MARACAJU
Empresário douradense e filho morrem em acidente na BR-267
TRAGÉDIA
Empresário retornava de Bonito e bateu de frente com carreta
DOURADOS
Afogamento de africano ocorreu após apostar garrafa de cachaça com colega
DOURADOS
Corpo de homem que morreu afogado em lago é encontrado