Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Populares prendem ladrão de bicicleta no jardim América

13 dezembro 2012 - 09h53

Eduarda Rosa e Osvaldo Duarte


Às 13h50 desta quarta-feira (12/12) na Rua Floriano Peixoto, no Jardim América foi preso Antônio Marcos Gonçalves dos Santos Verão, 32 anos, conhecido como Marquinhos, que não tem residência fixa.

Foi preso depois de furtar uma bicicleta de uma vítima, de 21 anos. A vítima deixou a bicicleta em frente a casa e populares perceberam a ação do bandido, correram atrás e o pegaram.

Quando foi entregue na Delegacia pela Força Tática da Polícia Militar, deu o nome de Márcio dos Santos Benites, 32 anos. Contudo policiais do SIG (Serviço de Investigações Gerais) o reconheceram e em busca nos arquivos encontraram seu nome verdadeiro.

Foi preso pelo furto da bicicleta e tem várias passagens pela polícia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Homem que tentou aplicar golpe em banco mentiu à polícia e foi identificado como estelionatário foragido
PROCESSO
MP encaminha denúncia contra produtor acusado de ameaçar senadora durante campanha eleitoral
Agronegócio
Geada não afeta estimativa de produtividade e milho deve ter safra recorde em MS
A DONA DO PEDAÇO
Chiclete descobre bomba sobre Vivi
JULHO AMARELO
Saúde desenvolve campanha sobre IST e Hepatites Virais em Dourados
SIDROLÂNDIA
Guarda noturno atira contra homem e o fere na boca e costas
FRONTEIRA
Veículo furtado que seria trocado por droga no Paraguai é recuperado
JUSTIÇA
Corretor é condenado a repassar R$ 45 mil de comissão de corretagem
DOURADOS
Homem é preso tentando furtar envelope com R$ 3,8 mil de cliente de banco
Iluminação Pública
Mesmo com cobrança suspensa, prefeitura prevê R$ 18 milhões com Cosip em 2020

Mais Lidas

DOURADOS
Coordenadora de Ceim é exonerada e pais fazem abaixo-assinado para tentar mantê-la
DOURADOS
Upiran entrega carta de demissão a Délia e aguarda substituto para deixar Educação
POLÍCIA
Investigação vê indícios de relação entre homicídios no Jardim Pantanal e Guanabara
DOURADOS
Assassinado em conveniência já cumpriu pena por tráfico e lavagem de dinheiro