Menu
Busca sábado, 17 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
JARDIM DAS PRIMAVERAS

Polícia fecha base do tráfico e apreende cocaína enterrada em quintal

15 setembro 2017 - 15h05

Trabalho conjunto de policiais militares da ALI (Agência Local de Inteligência) e da Força Tática resultou na prisão de dois homens no Jardim das Primaveras, em Dourados. O flagrante ocorreu no início da tarde desta sexta-feira (15).

De acordo com o apurado até o momento, rapaz de 22 anos aluga a casa do homem de 38.

Durante investigações, os policiais descobriram que no local funciona uma espécie de base do tráfico de drogas e encontrou, ao lado da residência, enterrado numa espécie de caixa de esgoto, vários sacos com cocaína e porções de pasta base.

A expectativa da polícia é que a quantidade de entorpecentes ultrapasse a casa dos 30 quilos.

Os dois homens foram levados a depor no 1º Distrito Policial de Dourados. Ainda não há informação se ambos serão autuados pelo tráfico.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
PSL realiza ato de filiação hoje em Dourados
FAMOSOS
Geisy Arruda deixa bumbum em evidência e afirma: “Colocando bronze em dia”
TRABALHO CONJUNTO
Etapa de Mutirão DPVAT resulta em 58,7% de processos conclusos
EDUCAÇÃO
Weintraub diz que recursos de universidades podem ser desbloqueados
CAMPO GRANDE
Homem é preso tentando arremessar droga para interior de presídio
DOURADOS
Interdistrital tem dois jogos no domingo
GOVERNADOR EM EXERCÍCIO
Após agenda cheia, Murilo diz que projetos avançam com ministros empenhados em trabalhar pelo MS
BRASIL
Falta de recursos diminuirá expediente de militares, diz Bolsonaro
TECNOLOGIA
Testemunha nos Estados Unidos participa de audiência em MS por videochamada
ECONOMIA
Dólar fecha em alta e volta ao patamar de R$ 4

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia apresenta dupla presa por envolvimento em sequestro e identifica resto do bando
DOURADOS
Defensoria flagra pacientes sem água e comida no Hospital da Vida
POLÍCIA
Após denúncias, trio é preso por tráfico na Vila Cachoeirinha
DOURADOS
Um ano após crime, TJ ainda vai decidir se pai e madrasta vão a júri por morte de bebê