Menu
Busca quinta, 23 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Polícia Civil investiga desaparecimento de comerciante em Laguna Carapã

07 junho 2011 - 06h58

A Polícia Civil de Laguna Carapã investiga o desaparecimento do comerciante Riad Battikha, de 66 anos, conhecido como “ Shinalder” proprietário de um posto de combustível e uma mercearia na cidade, no distrito de Lagutina.

Conforme informações da Polícia Civil, na noite de segunda –feira (06), a polícia recebeu uma denúncia de que teria entrado um veículo no Paraguai com atitude suspeita. Diante as características do veículo aos policiais identificaram como sendo de propriedade do comerciante.

Para confirmar a ação, os policiais resolveram ir até a casa do comerciante. Não encontraram Riad, nem o veículo Corsa Prata, ano 97, placa HRJ 7301- Laguna Carapã (MS), no entanto, havia sangue por toda parte e um pedaço de orelha, que aparentemente pode ser do comerciante.

Riad é natural de Campo Grande, mas reside sozinho. Sem testemunhas, a polícia investiga o caso de desaparecimento. Há suspeita de latrocínio, mas nada foi confirmado ainda.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Vereadora vai à delegacia e diz ser vítima de atentado
SAÚDE
4 tipos de dor de cabeça e seus tratamentos
CAPACITAÇÃO
MS recebe congresso internacional de direito eleitoral amanhã
BRASIL
Câmara conclui votação de medida provisória da reforma administrativa
ARQUITETURA E DESIGN
Dicas para quem quer ter parede de tijolos em casa
POLÍCIA
Douradense é preso ao tentar transportar 1,7 t de maconha em caminhão
ESFRIOU!
Receita do tradicional quentão
DOURADOS
Representante da Cruzada dos Militares Espíritas participará da 5ª Semana Espírita
BRASIL
Arrecadação cresce 1,28% em abril, informa Receita Federal
DEBATE
Governador defende simplificação tributária e diz que reforma da Previdência tem que acabar com privilégios

Mais Lidas

POLÍCIA
Após pescaria, marido encontra desconhecido na frente de casa e ameaça mulher com arma em Dourados
DOURADOS
Preso em operação estava sob monitoramento por assalto
PEDRO JUAN
Três suspeitos de chacina na fronteira são presos pela polícia paraguaia
PEDRO JUAN
Seis morrem e uma criança fica ferida após ataque de pistoleiros na fronteira