Menu
Busca terça, 20 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Polícia Civil investiga desaparecimento de comerciante em Laguna Carapã

07 junho 2011 - 06h58

A Polícia Civil de Laguna Carapã investiga o desaparecimento do comerciante Riad Battikha, de 66 anos, conhecido como “ Shinalder” proprietário de um posto de combustível e uma mercearia na cidade, no distrito de Lagutina.

Conforme informações da Polícia Civil, na noite de segunda –feira (06), a polícia recebeu uma denúncia de que teria entrado um veículo no Paraguai com atitude suspeita. Diante as características do veículo aos policiais identificaram como sendo de propriedade do comerciante.

Para confirmar a ação, os policiais resolveram ir até a casa do comerciante. Não encontraram Riad, nem o veículo Corsa Prata, ano 97, placa HRJ 7301- Laguna Carapã (MS), no entanto, havia sangue por toda parte e um pedaço de orelha, que aparentemente pode ser do comerciante.

Riad é natural de Campo Grande, mas reside sozinho. Sem testemunhas, a polícia investiga o caso de desaparecimento. Há suspeita de latrocínio, mas nada foi confirmado ainda.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Projeto que flexibiliza Lei da Ficha Limpa é arquivado do Senado
PARAGUAI
Sobrinho de prefeito foi executado por terroristas com 11 tiros
FUTEBOL
Brasil vence Camarões por 1 a 0 no último amistoso do ano
EDUCAÇÃO
Enem vai mudar e terá dias de prova geral e específica, diz ministro
FUTEBOL
Datas e regulamento do Estadual mudam um dia após arbitral
DOURADOS
Comafro promove atividade pelo Dia da Consciência Negra
CULTURA
Filme de MS conquista dois prêmios em festival internacional de cinema
OMISSÃO DE SOCORRO
MPF quer abertura de inquérito policial para apurar atropelamento de crianças em MS
BRASIL
Mandetta compara contratos do Mais Médicos a convênio entre Cuba e PT
ARTIGO
Como somos frágeis

Mais Lidas

DOURADOS
Antes de ser assassinado, homem passou por ‘tribunal do crime’
DOIS MESES DEPOIS
Acusados de matar rapaz em Dourados serão apresentados hoje
BORORÓ
Adolescente morre ao tocar em cerca elétrica em Dourados
MARCELO PILOTO
Traficante brasileiro é expulso do Paraguai após matar mulher em cela