Menu
Busca terça, 19 de junho de 2018
(67) 9860-3221

PM prende ladrão de supermercado em Dourados

05 dezembro 2003 - 10h37

Ontem por volta das 17h40 uma equipe da polícia militar, em roda pela rua Eulália Pires, esquina com avenida Joaquim Teixeira Alves, encontrou em atitude suspeita um elemento, que foi identificado como Eduardo Luiz Hermes de 24 anos. Em poder do homem uma sacola com muitos produtos de supermercado em seu interior. Eduardo inicialmente disse que tinha feito compras. O que chamou a atenção que a mercadoria não estava acondicionada em sacolas de mercado. Pó esse detalhe é que os policiais “apertaram” e Eduardo acabou confessando ter roubado a mercadoria em dois supermercados de Dourados.Um dos mercados preferiu na registrar queixa, enquanto que outro, o BIG-BOM reconheceu mercadoria em poder do ladrão como sendo tirada de sua loja. Eduardo foi levado para o 1º DP onde foi autuado em flagrante por roubo, ele que, havia saído do presídio há pouco tempo, onde cumpre pena por tráfico e furto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2018
Cadastro para atuar como Mesário Voluntário está aberto
PISO SALARIAL
Professor de Dourados ganha quase o dobro do nacional, garante prefeitura
LAVA JATO
STF começa julgamento de ação penal contra Gleisi e Paulo Bernardo
IMUNIZAÇÃO
A três dias do fim, campanha de vacinação contra a gripe ainda precisa alcançar 10,8 milhões de pessoas
FUTEBOL
Senegal aproveita bobeiras da Polônia e vence em Moscou
INCLUSÃO
Lei inclui servidores de ex-territórios nos quadros da União
LEGISLATIVO DE MS
Projeto obriga hospitais e maternidades a orientar pais para primeiros socorros
BRASILEIRÃO
Dois jogos abrem rodada da Série B nesta terça
DOURADOS
Bombeiros são acionados para combater incêndio na Linha do Potreirito
EDUCAÇÃO
ProUni oferece 174 mil vagas; inscrições começam dia 26

Mais Lidas

PARANHOS
Testemunha de atentado a prefeito é executada
SOLIDARIEDADE
Douradense busca ajuda para conseguir manter a família
DOURADOS
Polícia fecha boca de fumo e prende homem no Clímax
PARANHOS
Calote em venda de fazenda teria motivado atentado a prefeito