Menu
Busca domingo, 16 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
RIO AQUIDAUANA

Pescador é autuado pela PMA por captura ilegal de pescado

13 outubro 2017 - 14h50Por Da redação

Durante no rio Aquidauana, uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Aquidauana, autuou um pescador por capturar pescado abaixo da medida permitida por lei. O infrator pescava nas proximidades da fazenda Anhumas e havia capturado um exemplar de pescado da espécie pacu, no momento em que os Policiais o abordaram ontem à tarde (12). 
O infrator (38), residente em Campo Grande, foi autuado administrativamente e multado em R$ 750. Ele também responderá por crime ambiental de pesca predatória, com pena prevista de um a três anos de detenção.
Petrechos – Bonito
Equipes de Bonito, que realizam fiscalização no rio Miranda cortaram e retiraram do rio, 202 anzóis de galho, entre ontem (12) e hoje (13).
Legenda: Pescado foi apreendido e, por estar vivo em um viveiro, foi devolvido ao rio.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ABV
Homem é preso por tentativa de furto em supermercado de Dourados
CAMPO GRANDE
Motociclista encontra bilhete em retrovisor quebrado: 'Caráter'
DOURADOS
Homem de 35 anos é preso acusado de estupro de vulnerável
DOURADOS
Inscrições para programas de residência do HU terminam amanhã
QUINTINO BOCAIUVA
Bombeiros combatem incêndio em apartamento no centro de Dourados
CRONOGRAMA
Semsur divulga escala especial de coleta de lixo em feriados
RECONHECIDA
mulher encontrada morta com rosto desfigurado tinha 39 anos
PRAZO
Mais Médicos recebe até hoje inscrições de formados no exterior
ARAL MOREIRA
Motorista morre no HV após capotar veículo na região de fronteira
RIBAS DO RIO PARDO
Após descumprir medidas protetivas, ex-marido de vereadora é preso

Mais Lidas

DOURADOS
Homem morto em confronto articulava assassinato de sargento do Corpo de Bombeiros
DOURADOS
Jovem colide veículo em poste na avenida Marcelino Pires
ABORDAGEM
Homem morre após confronto com a polícia em Dourados
DOURADOS
Homem morto a facadas havia tentado separar briga de mãe e filho por R$ 30