Menu
Busca sábado, 21 de julho de 2018
(67) 9860-3221
DOURADOS

PCCR atual aumenta em R$ 1,7 mi folha dos administrativos

09 outubro 2017 - 08h57Por Da Redação

O PCCR (Plano de Cargos, Carreira e Remuneração), cuja correção têm sido objeto de amplo debate entre população, vereadores e executivo nos últimos dias, aumenta em pelo menos R$ 1,7 milhão os gastos mensais do município somente com a folha de servidores administrativos, em comparação com o que era desembolsado antes da aprovação da lei, em 2016, segundo dados obtidos com a contadoria da Prefeitura de Dourados. 

O impacto corresponde a um incremento de 20% e abrange o pagamento de salários de cerca de 2.800 servidores administrativos. Considerando todas as incorporações salariais implementadas desde 2016, como o PCCR da Procuradoria Geral do Município, o adicional de operações especiais à Guarda Municipal e o incentivo ao magistério e pagamento de 1/5 da diferença do piso nacional dos professores, houve um aumento de mais de R$ 5 milhões nas despesas mensais municipais. 

Desse montante, cerca de R$ 3 milhões correspondem aos adicionais do magistério, R$ 253,3 mil ao impacto gerado com o PCCR da Procuradoria Geral do Município e R$ 171,5 mil com os adicionais da Guarda Municipal. 

A dificuldade financeira é uma das justificativas do executivo para propor alterações no texto atual do plano de carreiras, segundo o diretor do departamento de contabilidade da prefeitura, Rosenildo da Silva França. “Infelizmente é necessário que sejam feitas algumas contenções nas gratificações, como a prefeitura já vem realizando em outros setores da administração”. 

Somente nos primeiros dias de outubro, foram concedidos 51 “adicionais de incentivo à capacitação” a 40 servidores municipais, de acordo com o Diário Oficial do Município. No momento, existem 43 pedidos de gratificação protocolados na secretaria de administração da prefeitura aguardando homologação, segundo a procuradora geral do município, Lourdes Peres Benaduce. “Esses processos serão respeitados e regidos pelo PCCR atual, porém os novos pedidos precisarão atender às alterações propostas com o novo texto, caso aprovado”, explica. 

Para custear os cerca de 7 mil servidores, o município desembolsa em torno de R$ 32 milhões mensais pelos cofres municipais. “Em setembro, o déficit da folha de pagamentos ficou em R$ 8 milhões e neste mês está em R$ 6 milhões, porque a receita varia um pouco mês a mês, mas as despesas tendem só a aumentar se não houver essa alteração no Plano”, explica Alexandre Mantovani, advogado e assessor especial do gabinete da prefeitura.

Outra justificativa do novo texto é corrigir injustiças entre as diferentes carreiras do funcionalismo público municipal, segundo Mantovani. Enquanto atualmente um servidor administrativo pode ter até 15% de acréscimo com três pós-graduações latu sensu, um professor só pode apresentar um título nessa categoria, que corresponde a apenas 5% a mais no salário, por exemplo. 
Com a nova proposta, o adicional de incentivo à gratificação ficaria limitado ao montante de 15% para todas as categorias, sendo que os cursos obrigatoriamente devem estar relacionados à área de atuação do trabalhador na administração pública. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Homem é preso no Água Boa com arma de uso restrito
PRESIDENCIAVEIS
PSOL vai confirmar Guilherme Boulos como candidato à Presidência
DOURADOS
Índios invadem fazenda, torturam e fazem caseiro refém por 6h
CAMPO GRANDE
Morador de rua tem rosto cortado e fica com traumatismo craniano após ser espancado
ELEIÇÕES EM MS
PDT confirma Odilon de Oliveira ao governo neste sábado
ORGULHO E PAIXÃO
Lídia choca ao abandonar o noivo no altar e contar para toda a igreja que está grávida de Uirapuru
CAMPO DOURADO
Jovem nega tráfico e diz que pedido de carona o levou até casa com droga
ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS
PSTU confirma candidatura de Vera Lúcia e não fará coligação
SELETIVA PARA COPA SP
ABC e Sete duelam valendo a liderança do Sub-19
CAGED
Dourados fecha 144 postos de trabalho do 1º semestre

Mais Lidas

ALBINO COM A JOAQUIM
Músico morre quatro dias após acidente no Centro de Dourados
LAMA ASFÁLTICA
Puccinelli, filho e advogado são presos na Capital
DOURADOS
Vereador é assaltado por dupla armada ao chegar em casa
CAARAPÓ
Ação conjunta prende trio suspeito de roubo a joalheria