Menu
Busca domingo, 22 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Ônibus bate em caminhão e deixa estudantes feridos

22 maio 2011 - 07h59

Um ônibus de transporte de estudantes que fazia o itinerário UFGD (Universidade Federal da grande Dourados)/Rio Brilhante, com placas LAU 4728, de Rio Brilhante, dirigido por Handerson Moura Vicente, 34 anos, bateu em um caminhão, Mercedes Benz, de transporte de cana-de-açúcar, com placas HTT 3737, de Dourados, por volta das 17h15 de ontem, quando trafegava pela avenida Guaicurus, na altura do trevo que dá acesso ao anel rodoviário.

O acidente resultou em fratura em uma das pernas do motorista do caminhão e ferimentos leves nos estudantes Márcia da Silva Santos, 24 anos e Jeferson Pereira de Moraes, 19 anos, ambos morados em Rio Brilhante.

Os feridos foram socorridos por equipes do Corpo de Bombeiros de Dourados e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhados para o Hospital da Vida, onde foram medicados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SENSUAL
Viviane Araújo mostra o corpão em clique na praia
FLAGRANTE
Homem é flagrado com rifle próximo ao rio Amambai
BRASIL
Saiba quais são os temas mais debatidos pelos brasileiros no Facebook
DOURADOS
Interdistrital tem clássico em Vila Vargas amanhã
TRÂNSITO
Motociclista morre após acidente em avenida movimentada da Capital
BRASIL
PMN decide não ter candidato à Presidência nem fazer alianças
FUTEBOL
Clássicos regionais podem definir novo líder hoje no Brasileirão
LOTERIA
Mega Sena pode pagar R$ 62 milhões neste sábado
CAMPO GRANDE
Homem escala torre de energia e cai ao encostar na rede de alta tensão
ELEIÇÕES 2018
Mesmo com Puccinelli preso, MDB retoma na segunda preparativos para lançamento de sua candidatura

Mais Lidas

ÁGUA BOA
Ferido com tiro durante comemorações na Copa é preso com drogas em Dourados
CAMPO DOURADO
Jovem nega tráfico e diz que pedido de carona o levou até casa com droga
DOURADOS
Índios invadem fazenda, torturam e fazem caseiro refém por 6h
CAMPO GRANDE
Mulher morre ao bater carro na traseira de caminhão parado