Menu
Busca sábado, 21 de julho de 2018
(67) 9860-3221
SAÚDE

Mutirão do HU de Dourados levará atendimentos à aldeia Jaguapiru

04 novembro 2017 - 08h13Por Da Redação

Na próxima sexta-feira, dia 10 de novembro, será realizada a primeira edição da ação Ebserh Solidária, iniciativa que tem por objetivo levar atendimentos em saúde a comunidades em situação de vulnerabilidade social. Serão oferecidas consultas, exames e ações educativas a milhares de pacientes, com participação dos 39 hospitais universitários federais filiados à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

Em Dourados, o HU (Hospital Universitário), em parceria com a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), e a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), fará atendimentos na aldeia Jaguapiru, deslocando ao local parte de sua estrutura assistencial e colaboradores, acadêmicos e residentes que atuam em diversas áreas.

De acordo com a Sesai, são mais de 850 procedimentos em espera na fila da regulação, entre consultas, exames e cirurgias. O objetivo, de acordo com a superintendente do HU de Dourados, Mariana Croda, é fazer dessa ação o impulso inicial para zerar a demanda até o final do ano.

“Tanto no dia 10 de novembro, como nas semanas que antecedem e sucedem o mutirão, vamos priorizar nossos atendimentos para a população indígena. Trata-se de um esforço coletivo para que os casos levantados como prioritários pela SESAI, sejam de alguma forma analisados e resolvidos”, afirma a gestora.

A ação será feita em formato de mutirão, na Escola Indígena Tengatui Marangatu, e vem sendo articulada junto à Sesai para possibilitar a realização de consultas e exames, tanto na aldeia como no HU (no caso de estruturas que não podem ser transportadas até o local do mutirão). Além disso, serão ofertadas atividades educativas em saúde sobre diversos temas, voltadas a toda a comunidade do local, e momentos de recreação para crianças e adolescentes, organizados em parceria com a Unigran.

Serão atendidos pacientes indígenas das aldeias Jaguapiru, Bororó, Panambizinho e de acampamentos próximos. Os procedimentos incluirão consultas médicas em ginecologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, pediatria e análise de risco cirúrgico para quem já possui indicação de cirurgia eletiva. Na área de diagnóstico, serão feitos exames laboratoriais e de imagem, entre eles ultrassonografia, raio-X, tomografia, além de eletrocardiogramas. Também haverá atendimentos em odontologia, fonoaudiologia e fisioterapia.

Mutirão

A ação Ebserh Solidária é um mutirão de atendimento em saúde realizado fora do ambiente hospitalar e que visa levar ações de prevenção e tratamento a locais onde as dificuldades de acesso à assistência são maiores.

A expectativa é de atender populações em situação de vulnerabilidade social, pacientes em espera na fila de regulação, moradores de comunidades com grande distância de centros urbanos, além de creches, asilos, escolas e comunidades diversas. Desta vez, o paciente não vai ao hospital, mas o hospital vai ao encontro do paciente.

Ebserh

Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Ebserh administra atualmente 39 hospitais universitários federais. O objetivo da Rede Ebserh é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

O órgão, criado em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no País, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Dany Bananinha exibe suas curvas na ilha de Fernando de Noronha
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Detentos tiram fotos e atualizam Facebook de dentro de presídio
MEDIDA PROVISÓRIA
Governo Federal cria fundo nacional de desenvolvimento ferroviário
ECONOMIA
Preço da gasolina sobe após 6 semanas seguidas de queda, diz ANP
ECONOMIA
Prazo para atualização do Cadastro Único é prorrogado até 17 de agosto
TRÊS LAGOAS
Retirada da carreta que tombou na BR-158 demorou mais de 5 horas
TECNOLOGIA
Whatsapp anuncia testes contra disseminação de fake news
NOVA ANDRADINA
Taxista tenta desviar de buraco e capota veículo na MS-134
ELEIÇÕES 2018
Solidariedade ameaça deixar 'Blocão' após se aproximar de Alckmin
BOAS PRÁTICAS
Grupo de Brasília visita o HU de Dourados e conhece assistência a indígenas

Mais Lidas

ALBINO COM A JOAQUIM
Músico morre quatro dias após acidente no Centro de Dourados
LAMA ASFÁLTICA
Puccinelli, filho e advogado são presos na Capital
DOURADOS
Vereador é assaltado por dupla armada ao chegar em casa
CAARAPÓ
Ação conjunta prende trio suspeito de roubo a joalheria