Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Murilo recebe representantes do CNJ para discutir seminário

20 maio 2011 - 06h00

O prefeito de Dourados Murilo Zauith se reuniu na tarde de ontem, com juízes do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) para discutir a realização do seminário “Questões Fundiárias em Dourados”, que acontece nos 25 e 26 deste mês no auditório da Unigran. Participaram ainda da reunião representantes da Funai (Fundação Nacional de Saúde) e do Núcleo de Assuntos Indígenas da prefeitura.

O seminário pretende abordar possíveis soluções jurídicas à questão indígena no Estado, por meio de palestras e audiência pública com a comunidade indígena e proprietário de terras, a fim de mediar a discussão e encontrar possíveis soluções.

O juiz Marcelo Martin Berthe destacou que o objetivo do CNJ é intermediar a discussão, entre proprietários, indígenas e o sistema judiciário. “Na audiência vamos apontar as problemáticas a respeito do tema, e depois, com a participação de representantes do Judiciário, vamos expor as dificuldades”, ressaltou.

Murilo enfatizou que a prefeitura está à disposição para colaborar com toda a infraestrutura necessária. “Esse é um tema muito importante para nossa região. A soma de esforços é fundamental”, apontou.

O juiz Antonio Carlos Braga, também representante do CNJ, disse que é importante a participação na audiência daqueles que atuam diretamente na área, para definir os elementos que envolvem a demarcação de terras indígenas.

A audiência pública acontece no dia 25, às 14h, no auditório da Unigran.

A abertura oficial será no dia 26, às 10 horas com a presença de representantes da Corregedoria Nacional de Justiça, da Funai (Fundação Nacional do Índio), da Advocacia-Geral da União (AGU), do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul (TJMS), Ministério do Desenvolvimento Agrário, Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), Assembleia Legislativa e Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3).

Podem participar do seminário, além dos servidores dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo que atuam nessa área, membros da sociedade civil. A inscrição é gratuita e pode ser feita até 23 de maio, através do site www.cnj.jus.br. Informações pelo telefone (61) 2326-4759.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Pandemia vai afetar todas as áreas da educação no país, diz Inep
MATO GROSSO DO SUL
Povo terena celebra asfalto após 40 anos de luta
CAMPO GRANDE
Justiça concede R$ 300 mil a membros de família sobreviventes de acidente
CORUMBÁ/LADÁRIO
Carros de aplicativos são autuados durante fiscalização
PANDEMIA
Assembleia oficializa calamidade pública em Pedro Gomes, Deodápolis e Ivinhema
BRASIL
Municípios sugerem financiamento para prefeituras pagarem precatórios
POLÍCIA
Mulher denuncia ter sido estuprada por três rapazes na capital
PANDEMIA
Mortes por coronavírus chegam a 105 em MS, após dia com 14 registros
TRÁFICO DE DROGAS
Homem é preso ao transportar grande quantidade de droga na BR-463
SAÚDE PÚBLICA
Dourados é recordista em chikungunya e 2020 é o 2° ano com mais registros da doença

Mais Lidas

DOURADOS
Decretos sobre aglomerações, igrejas e comércio terão mais 10 dias de vigência
PANDEMIA
Dourados tem quatro mortes por Covid em 24 horas, uma das vítimas médico
DOURADOS
Comerciante encontra homem morto ao chegar para abrir estabelecimento
20 VEÍCULOS
"Bonde do contrabando" é apreendido abarrotado de produtos do Paraguai