Menu
Busca sexta, 15 de novembro de 2019
(67) 9860-3221

Murilo recebe representantes do CNJ para discutir seminário

20 maio 2011 - 06h00

O prefeito de Dourados Murilo Zauith se reuniu na tarde de ontem, com juízes do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) para discutir a realização do seminário “Questões Fundiárias em Dourados”, que acontece nos 25 e 26 deste mês no auditório da Unigran. Participaram ainda da reunião representantes da Funai (Fundação Nacional de Saúde) e do Núcleo de Assuntos Indígenas da prefeitura.

O seminário pretende abordar possíveis soluções jurídicas à questão indígena no Estado, por meio de palestras e audiência pública com a comunidade indígena e proprietário de terras, a fim de mediar a discussão e encontrar possíveis soluções.

O juiz Marcelo Martin Berthe destacou que o objetivo do CNJ é intermediar a discussão, entre proprietários, indígenas e o sistema judiciário. “Na audiência vamos apontar as problemáticas a respeito do tema, e depois, com a participação de representantes do Judiciário, vamos expor as dificuldades”, ressaltou.

Murilo enfatizou que a prefeitura está à disposição para colaborar com toda a infraestrutura necessária. “Esse é um tema muito importante para nossa região. A soma de esforços é fundamental”, apontou.

O juiz Antonio Carlos Braga, também representante do CNJ, disse que é importante a participação na audiência daqueles que atuam diretamente na área, para definir os elementos que envolvem a demarcação de terras indígenas.

A audiência pública acontece no dia 25, às 14h, no auditório da Unigran.

A abertura oficial será no dia 26, às 10 horas com a presença de representantes da Corregedoria Nacional de Justiça, da Funai (Fundação Nacional do Índio), da Advocacia-Geral da União (AGU), do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul (TJMS), Ministério do Desenvolvimento Agrário, Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), Assembleia Legislativa e Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3).

Podem participar do seminário, além dos servidores dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo que atuam nessa área, membros da sociedade civil. A inscrição é gratuita e pode ser feita até 23 de maio, através do site www.cnj.jus.br. Informações pelo telefone (61) 2326-4759.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CULTURA
Governador destaca pluralidade e continuidade na abertura do Festival América do Sul
BRASIL
Morales diz que não se sente responsável pela atual crise na Bolívia
LEGISLATIVO
Assembleia aprova projeto de lei que institui renda mínima ao Registrador Civil
FERIADÃO
PMRE inicia operação nas rodovias estaduais de MS
IMUNIZAÇÃO
2ª etapa da campanha nacional de vacinação contra o sarampo começa na segunda
MARACAJU
Caminhonete com maconha avaliada em mais de R$ 1 milhão é apreendida
CAMPO GRANDE
Mulheres fecham terminal e Guarda Municipal usa spray de pimenta para conter protesto
PERÍCIA
Em MS, material genético coletado de presos vai abastecer banco nacional e contribuir em investigações
FERIADO
Proclamação da República completa 130 anos
FLAGRANTE
Funileiro é preso e multado por pescar na Piracema

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista cai em golpe, tenta fugir e é amarrado por criminosos às margens de rodovia
REPRODUÇÃO SIMULADA
Às vésperas de júri popular, assassinato terá reconstituição em Dourados
CAMPO GRANDE
Socorro tenta reanimação por mais de 1h, mas homem morre vítima de descarga elétrica
Proclamação da República
Confira o que abre e fecha em Dourados no feriado