Menu
Busca sábado, 18 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
DOURADOS

MPE faz "visita surpresa" para saber como anda oncologia no HV

19 setembro 2017 - 17h35

Em diligência, realizada ao Hospital da Vida, o Ministério Público de Mato Grosso do Sul, por meio dos Promotores de Justiça Etéocles Brito Mendonça Dias Junior, Fabrícia Barbosa Lima e Ricardo Rotunno realizaram acompanhamento dos serviços disponibilizados aos pacientes oncológicos no município de Dourados.

Durante a visita in loco, realizada no dia 31 de agosto, pelo Promotor de Justiça Etéocles Brito Mendonça Dias Junior, titular da 10ª Promotoria de Justiça de Dourados, verificou, de início, o estágio atual das obras de ampliação de leitos de enfermaria os quais serão disponibilizados para recepção e tratamento dos pacientes oncológicos. Segundo funcionários do Hospital, a obra está em fase final, e já nos próximos dias será possível abrigar os pacientes.

Na oportunidade da visita, o Promotor de Justiça entrevistou todos os pacientes e/ou familiares de pacientes oncológicos que se encontravam no hospital, sendo indagados sobre eventual permanência em corredores, falta de assistência médica e generalidades sobre os atendimentos, sendo que não obteve registro de reclamações graves.

Ademais, os pacientes e familiares informaram, em sua maioria, que os médicos oncologistas realizam visitas diárias, não sendo constatada negativa de atendimento ou demora excessiva na realização dos procedimentos necessários ao andamento do tratamento.

Ainda, quando da diligencia, o representante ministerial constatou irregularidades, como deficiência no serviço de Ouvidoria, bem como possível insuficiência de profissional psicólogo e assistente social.

Continuidade

Já no dia 4 de julho, os Promotores de Justiça Fabrícia Barbosa Lima, substituta legal da 10ª Promotoria de Justiça e Ricardo Rotunno, titular da 16ª promotoria de Justiça, realizaram outra diligência, sem prévio aviso, nas dependências do Hospital da Vida, para dar continuidade aos trabalhos do Ministério Público Estadual e verificar o atendimento, tratamento e funcionamento dos serviços disponibilizados no Hospital.

Durante a visita no Hospital, os Promotores de Justiça constataram a existência de dois pacientes oncológicos internados, bem como a disponibilização de três salas de enfermaria destinadas à oncologia, totalizando 14 leitos.

Em entrevista com referidos pacientes, ambos noticiaram que já tiveram o tratamento interrompido por falta de medicamento, mas que, atualmente, estão satisfeitos com o serviço prestado.

Por fim, os representantes ministeriais verificaram também que, no Hospital da Vida, estão sendo atendidos exclusivamente os pacientes com intercorrências e pacientes que necessitam realizar cirurgias, sendo que os tratamentos radioterápicos e quimioterápicos estão sendo realizados no CTCD – Centro de Tratamento de Câncer de Dourados.

De acordo com os Promotores de Justiça Ricardo Rotunno e Eteocles Brito Mendonça Dias Junior, na próxima segunda-feira (25/9), às 15 horas, será realizada, no auditório do Ministério Público Estadual de Dourados, uma reunião para discutir sobre a prestação do serviço de oncologia no município.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Etapa da Stock Car promete agitar neste fim de semana
DOURADOS
Dia “D” da vacinação contra pólio e sarampo é hoje e conta com 36 pontos
EDUCAÇÃO
Gabaritos do Encceja já estão disponíveis no site do Inep
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 23 milhões
UAUUUUU!!
Giovanna Ewbank exibe bumbum e impressiona fãs com biquíni cavado
MATO GROSSO DO SUL
Cassems aparece no ranking das melhores e maiores empresa do Brasil pelo 10º ano consecutivo
INDÚSTRIA 4.0
Realidade aumentada é alternativa para aumentar produtividade do trabalhador
ELEIÇÕES 2018
Comitê da ONU pede que Lula participe de eleição
EDUCAÇÃO
Capacitação para quem atuará no Enem em MS acontece amanhã
PANTANAL
Acesso à MS-228 entre Lampião Aceso e MS-184 é liberado parcialmente

Mais Lidas

DOURADOS
Defesa questiona "condenação social" e diz que pai de criança não tem ligação com morte
DOURADOS
À espera da audiência de custódia, envolvidos em morte de criança permanecem em delegacia
DOURADOS
Casal acusado de matar criança tem prisão preventiva decretada pela Justiça
DOURADOS
Delegado aguarda laudo para saber se bebê internado no HU foi agredido