Menu
Busca quarta, 23 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
DOURADOS

MP investiga Câmara sobre pagamento de diárias

04 outubro 2017 - 08h15Por Adriano Moretto

O MPE (Ministério Público Estadual) instaurou inquérito civil para apurar um possível pagamento de diárias indevidas por parte da Câmara de Dourados aos vereadores da atual legislatura. 

A ação é movida pelo promotor Ricardo Rotunno, da 16ª Promotoria de Justiça. 

De acordo com o processo aberto no dia 20 de setembro, o MP fez o pedido para que em 20 dias, a presidente da Casa, Daniela Hall (PSD), encaminhe cópia de todos os procedimentos administrativos realizados no ano e que incorreram em pagamento de diárias, acompanhado pela prestação de contas. 

Além disso, também se solicitou um estudo de impacto financeiro causado na folha de pagamento em razão do pagamento dessas verbas indenizatórias. 


No portal da transparência da Câmara, consta de janeiro a setembro o repasse de R$ 55.295 mil em diárias aos legisladores. 

A assessoria de imprensa informou que a Casa só vai se posicionar sobre o assunto após ser notificada pelo Ministério Público.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHAPADÃO DO SUL
Motociclista morre após ser atingido por carro e arremessado contra muro
ÓLEO
Senadores pedem declaração de emergência ambiental no Nordeste
AMAMBAI
Homem é suspeito de esfaquear a filha após ser denunciado por estuprá-la
PRAZO
Submissão de trabalhos para Jornada de Linguística vai até o dia 30
NOVA ALVORADA
Pastor evangélico é esfaqueado dentro de igreja após culto
EDUCAÇÃO
Enem para privados de liberdade registra mais de 40 mil inscritos
JUSTIÇA
Comparsa de homicídio de adolescente vai a júri nesta quarta-feira
SEU BOLSO
Aneel sobe tarifa da bandeira vermelha e reduz da amarela em Novembro
COXIM
Mãe é presa após estrangular filho de 3 anos com fio de energia
EMPREGO
Marinha abre inscrições para profissionais com ensino superior completo

Mais Lidas

HAYEL BON FAKER
Homens são presos fazendo sexo em via pública em Dourados
DOURADOS
Três são presos após ‘batida’ em ‘boca de fumo’ no Jardim Pantanal
DOURADOS
“Se não pagar vocês não vão dormir, não vão ter paz”, ameaçou professora indígena presa por extorsão
DOURADOS
Suspeito de extorsão em área de conflito, policial é levado ao Presídio Militar da capital