Menu
Busca sábado, 21 de julho de 2018
(67) 9860-3221
RENÚNCIA DE RECEITA

MP aciona a Justiça cobrando R$ 4 milhões de Tetila

27 outubro 2017 - 10h48Por Adriano Moretto

O MPE (Ministério Público Estadual) ingressou com ação civil contra o ex-prefeito Laerte Tetila, por improbidade administrativa. O pedido de condenação foi feito pelo promotor de Justiça Ricardo Rotunno, titular da 16ª Promotoria de Justiça,  pedindo o reembolso aos cofres públicos do Município em mais de R$ 4 milhões.

Segundo a promotoria, Tetila cometeu irregularidades durante o seu mandato no período de janeiro a dezembro de 2005. A alegação é que houve renúncia de receitas referente à dívida ativa e dispensas de licitações, praticando, assim, ato de improbidade administrativa.

De acordo com o Promotor de Justiça, no dia 13 de fevereiro de 2012, foi instaurado, no âmbito da 16ª Promotoria de Justiça, o Inquérito Civil n° 10/2012/PJPPS/DD, que tinha por objeto apurar indícios de renúncia de receita, bem como de dispensa indevida de licitação, conforme informado na decisão simples n° 02/0428/2009, Processo 10.586/2006 do Tribunal de Contas de MS.

O Promotor de Justiça Ricardo Rotunno afirma que, conforme conclusão do Tribunal de Contas do Estado do Mato Grosso do Sul, para ludibriar a fiscalização, o ex-prefeito realizou a fragmentação das despesas para diminuir-lhe seus valores e, assim, dispensá-las do procedimento de licitação, de forma indevida, além disso, renunciou receitas sem observância das normas legais.

Ainda conforme o MPE, os valores devidos a título de dano ao erário, em razão das dispensas de licitações, foram calculados em R$ 333.064,87 e, em relação à renúncia de receita, o valor apurado soma R$ 4.351.802,25, o qual, conforme a denúncia, deve ser reavido por Tetila.

O Dourados News tentou contato com o prefeito, porém, sem sucesso. A alegação de pessoas próximas a ele era de que estava sem celular e que ele retornaria à reportagem, porém, até a publicação da matéria, isso não aconteceu.

Após o mandato como prefeito, terminando em 2008, Tetila se candidatou e venceu eleição para deputado estadual, ficando por quatro anos na Assembleia, porém, não conseguiu a reeleição em 2014. (Com informações do MPE)

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Dany Bananinha exibe suas curvas na ilha de Fernando de Noronha
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Detentos tiram fotos e atualizam Facebook de dentro de presídio
MEDIDA PROVISÓRIA
Governo Federal cria fundo nacional de desenvolvimento ferroviário
ECONOMIA
Preço da gasolina sobe após 6 semanas seguidas de queda, diz ANP
ECONOMIA
Prazo para atualização do Cadastro Único é prorrogado até 17 de agosto
TRÊS LAGOAS
Retirada da carreta que tombou na BR-158 demorou mais de 5 horas
TECNOLOGIA
Whatsapp anuncia testes contra disseminação de fake news
NOVA ANDRADINA
Taxista tenta desviar de buraco e capota veículo na MS-134
ELEIÇÕES 2018
Solidariedade ameaça deixar 'Blocão' após se aproximar de Alckmin
BOAS PRÁTICAS
Grupo de Brasília visita o HU de Dourados e conhece assistência a indígenas

Mais Lidas

ALBINO COM A JOAQUIM
Músico morre quatro dias após acidente no Centro de Dourados
LAMA ASFÁLTICA
Puccinelli, filho e advogado são presos na Capital
DOURADOS
Vereador é assaltado por dupla armada ao chegar em casa
CAARAPÓ
Ação conjunta prende trio suspeito de roubo a joalheria