Menu
Busca domingo, 24 de março de 2019
(67) 9860-3221
RENÚNCIA DE RECEITA

MP aciona a Justiça cobrando R$ 4 milhões de Tetila

27 outubro 2017 - 10h48Por Adriano Moretto

O MPE (Ministério Público Estadual) ingressou com ação civil contra o ex-prefeito Laerte Tetila, por improbidade administrativa. O pedido de condenação foi feito pelo promotor de Justiça Ricardo Rotunno, titular da 16ª Promotoria de Justiça,  pedindo o reembolso aos cofres públicos do Município em mais de R$ 4 milhões.

Segundo a promotoria, Tetila cometeu irregularidades durante o seu mandato no período de janeiro a dezembro de 2005. A alegação é que houve renúncia de receitas referente à dívida ativa e dispensas de licitações, praticando, assim, ato de improbidade administrativa.

De acordo com o Promotor de Justiça, no dia 13 de fevereiro de 2012, foi instaurado, no âmbito da 16ª Promotoria de Justiça, o Inquérito Civil n° 10/2012/PJPPS/DD, que tinha por objeto apurar indícios de renúncia de receita, bem como de dispensa indevida de licitação, conforme informado na decisão simples n° 02/0428/2009, Processo 10.586/2006 do Tribunal de Contas de MS.

O Promotor de Justiça Ricardo Rotunno afirma que, conforme conclusão do Tribunal de Contas do Estado do Mato Grosso do Sul, para ludibriar a fiscalização, o ex-prefeito realizou a fragmentação das despesas para diminuir-lhe seus valores e, assim, dispensá-las do procedimento de licitação, de forma indevida, além disso, renunciou receitas sem observância das normas legais.

Ainda conforme o MPE, os valores devidos a título de dano ao erário, em razão das dispensas de licitações, foram calculados em R$ 333.064,87 e, em relação à renúncia de receita, o valor apurado soma R$ 4.351.802,25, o qual, conforme a denúncia, deve ser reavido por Tetila.

O Dourados News tentou contato com o prefeito, porém, sem sucesso. A alegação de pessoas próximas a ele era de que estava sem celular e que ele retornaria à reportagem, porém, até a publicação da matéria, isso não aconteceu.

Após o mandato como prefeito, terminando em 2008, Tetila se candidatou e venceu eleição para deputado estadual, ficando por quatro anos na Assembleia, porém, não conseguiu a reeleição em 2014. (Com informações do MPE)

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANASTÁCIO
Homem ameaça mulher com faca em discussão sobre troca de canal
CARIOCA
Flamengo e Fluminense fazem clássico pela Taça Rio
FLAGRANTE
Droga que seria levada à Bahia é apreendida
POR VAGA NA SEMIFINAL
Sete e Costa Rica: histórico equilibrado de confrontos
CRIME AMBIENTAL
Arrendatário é autuado em R$ 8 mil por desmatamento e uso ilegal de motoserra
POLÍCIA
Bandidos furtam motos em menos de 2h em Dourados
FUTEBOL
Sob desconfiança, São Paulo recebe Ituano em busca de reverter vantagem
TRÂNSITO
Homem morre após ser atropelado por motorista que fugiu do local do acidente
DOURADOS
Mulher é presa tentando entrar na PED com drogas escondidas na vagina
PAULISTÃO
Ferroviária e Corinthians iniciam disputa por vaga na semi

Mais Lidas

IVINHEMA
Médico veterinário morre em acidente de moto na MS-276
BRASIL
Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação, mostra monitoramento
AQUIDAUANA
Colisão entre dois veículos deixa um morto e oito feridos na BR-262
DOURADOS
Homem é assaltado por trio quando trafegava próximo ao shopping