Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
HU-UFGD

Mesa redonda e encontro de mães marcam o Dia da Prematuridade

17 novembro 2019 - 12h00Por Redação

Será realizada nesta segunda-feira (18) a programação alusiva ao Dia da Prematuridade no Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD), com uma mesa redonda entre profissionais do hospital no período da manhã e um encontro de mães no período da tarde.

A programação marca o mês dedicado à atenção à prematuridade, chamado de Novembro Roxo, que surgiu a partir da definição do dia 17 de novembro como o Dia Internacional de Sensibilização para a Prematuridade, já que um em cada dez bebês é prematuro em todo o mundo. A data foi escolhida para homenagear o nascimento da filha de um dos fundadores da Fundação Europeia para o Cuidado da Criança Prematura, da sigla em inglês EFCNI. No mesmo ano, a organização estadunidense de caridade March of Dimes escolheu o dia 17 para conscientização do tema.

A cor roxa é usada como símbolo por representar sensibilidade e individualidade, características peculiares aos bebês prematuros. Também simboliza a transmutação, ou seja, a arte de transformar algo em outra coisa, como dor em amor, fé e força.

Segundo dados do Ministério da Saúde, 12,4% (344 mil) dos pouco mais de 2,9 milhões de nascimentos no Brasil são prematuros. Ou seja, nascem 931 prematuros por dia, o equivalente a 40 por hora. O índice brasileiro é o dobro de países europeus, por exemplo. Gestação na adolescência, falta de cuidados pré-natais, tabagismo e a desinformação são alguns dos desencadeadores do parto prematuro no Brasil, segundo estudo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

No Brasil, o site www.prematuridade.com, mantido pela Associação Brasileira de Pais, Familiares, Amigos e Cuidadores de Bebês Prematuros, reúne diversas informações e ações interessantes sobre o tema, além de histórias reais de famílias que passaram pela situação. (Com informações da assessoria de comunicação do HU-UFGD)

Confira a programação do Novembro Roxo no HU-UFGD:

Segunda – 18/11/2019

08h às 12h - Mesa Redonda  com os temas

Comunicação de notícias difíceis. Moderadora: enfermeira Nayara Moretti B. Tomita

Reanimar ou não? Moderadora: médica Neonatalogista Natália Daiane G. Martins

Cuidados Paliativos em Neonatologia. Moderador: médico Hermeto Macário Amin Paschoalick

O processo do luto. Moderador: psicóloga Leidimara Cristina Zanfolim

14h às 16h - Roda de conversa entre mães de prematuros

Equipe do Banco de Leite Humano do HU-UFGD

16h - Encerramento com café da tarde para os participantes

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEIO AMBIENTE
Universidades estudam como reduzir emissões de CO2 na atmosfera
MEIO AMBIENTE
Governo vai remunerar quem atua na conservação ambiental
CONCURSO
11 órgãos abrem inscrições para 1,4 mil vagas nesta segunda-feira
SUMIÇO
Família procura por homem que desapareceu na região de Taquarussu
MÚSICA
Festival em meio a 'reserva natural' acontece hoje em Dourados
FUTEBOL
Última rodada do Brasileirão 2019 será disputada neste domingo
ECONOMIA
Com a certeza de dinheiro na conta, servidor estadual faz planos com 13°
INTERNACIONAL
Pelo menos 43 pessoas morrem em incêndio em fábrica da Índia
AGEPAN
Portaria homologa tarifas de pedágio de ponte sobre o Rio Paraguai
DOURADOS
Inteligência da PM prende dois por tráfico no bairro Estrela Tovi

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Deputado perde Carteira de Habilitação ao cair em blitz da Lei Seca
RIBAS DO RIO PARDO
Casal aparece e relata que “sumiço” foi por contratempo com celular
POLÍTICA
Plenário do Senado pode votar o Pacote Anticrime ainda neste ano
Homem "furta" carro penhorado em "boca" e é perseguido por traficantes