Menu
Busca quarta, 23 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
ORIENTAÇÕES

Merendeiras de escolas de Dourados recebem capacitação na Unigran

26 outubro 2017 - 08h39Por Da Redação

Os acadêmicos do 8º semestre de Nutrição em estágio de merenda escolar e estudantes de Gastronomia da Unigran promoveram uma capacitação para merendeiras das escolas estaduais de ensino em Dourados. A atividade propôs orientações sobre alimentação saudável e preparações da culinária regional.

A turma de Nutrição fez uma palestra abordando a conscientização sobre a importância da alimentação saudável e nutricionalmente adequada, higienização das mãos e equipamentos, e ainda noções básicas sobre o armazenamento e conservação dos alimentos.

Uma das coordenadoras do projeto e professora de Nutrição, Thalyta Muniz Lemes, menciona que os estudantes entregam folders explicativos e apresentaram uma peça teatral com demonstração de situações que envolvam a realidade das merendeiras. “É notório que os efeitos da alimentação inadequada em etapas precoces da vida podem acarretar consequências na saúde na vida adulta. O treinamento e sensibilização das merendeiras auxiliam na criação de um ambiente que favoreça a adoção de práticas saudáveis de alimentação das crianças”, garante.

Além disso, conforma a nutricionista, os manipuladores da merenda escolar devem ter conhecimentos e capacidade para manipular os alimentos em condições higiênicas, seguras e adequadas. “Atitudes que promovam a conscientização das merendeiras em relação à alimentação saudável, bem como a importância da manipulação correta dos alimentos e a valorização da culinária regional são pontos fundamentais que devem ser ressaltados”, enfatiza Thalyta Lemes.

Já os estudantes de Gastronomia realizaram uma oficina culinária com o objetivo de valorizar a culinária regional. O professor Marlon Libório Ferreira, também coordenador do projeto, destaca que as escolas têm um cardápio feito por cada uma e que possuem uma autonomia neste sentido. “O valor investido é muito baixo para este cardápio, então tentamos ajudar a melhorar conforme a realidade das escolas, pois não adianta darmos ideias de comidas diferentes que não vão se adequar”, comenta.

O grupo partiu para outro princípio: orientar as merendeiras a fazerem um elo entre a comunidade e a gestão escolar. “Eles sabem onde tem fruta, erva, verdura mais barata, pois o próprio merendeiro é da região, então ele tem esse conhecimento e pode fazer o pouco virar muito. Tem um orçamento pequeno, mas tem um conhecimento maior. Ensinamos a usarem técnicas simples, de cocção, de como fritar uma carne, de como deixar ela saborosa usando temperos simples, com poucos ingredientes para melhorar a técnica, o sabor e, com isso, o resultado final ser positivo”.

Ana Rita Cornacioni, agente de merenda na Escola Estadual Ramona Pedroso há nove anos, considera que obteve diferentes aprendizados na capacitação. “Foi muito boa e importante, tanto na teoria, quanto na prática, pois são muitos conhecimentos compartilhados que vão agregar em nossa profissão”, relata.

A agente de merenda cita a higienização pessoal e dos alimentos, como fazer um bom tempero, sem o uso de tanto sal, usando ervas, como principais pontos da atividade. “Nos ensinaram que é possível diminuir o sal, não utilizar tanto óleo nos alimentos, então são pequenas coisas que podemos ir adaptando no nosso dia a dia para melhorar cada vez mais, tanto em questão de técnica e sabor, quanto com relação à saúde”, finaliza Ana Cornacioni.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHAPADÃO DO SUL
Motociclista morre após ser atingido por carro e arremessado contra muro
ÓLEO
Senadores pedem declaração de emergência ambiental no Nordeste
AMAMBAI
Homem é suspeito de esfaquear a filha após ser denunciado por estuprá-la
PRAZO
Submissão de trabalhos para Jornada de Linguística vai até o dia 30
NOVA ALVORADA
Pastor evangélico é esfaqueado dentro de igreja após culto
EDUCAÇÃO
Enem para privados de liberdade registra mais de 40 mil inscritos
JUSTIÇA
Comparsa de homicídio de adolescente vai a júri nesta quarta-feira
SEU BOLSO
Aneel sobe tarifa da bandeira vermelha e reduz da amarela em Novembro
COXIM
Mãe é presa após estrangular filho de 3 anos com fio de energia
EMPREGO
Marinha abre inscrições para profissionais com ensino superior completo

Mais Lidas

HAYEL BON FAKER
Homens são presos fazendo sexo em via pública em Dourados
DOURADOS
Três são presos após ‘batida’ em ‘boca de fumo’ no Jardim Pantanal
DOURADOS
“Se não pagar vocês não vão dormir, não vão ter paz”, ameaçou professora indígena presa por extorsão
DOURADOS
Suspeito de extorsão em área de conflito, policial é levado ao Presídio Militar da capital