Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(67) 99659-5905
SAÚDE PÚBLICA

Meningite tem três mortes confirmadas e uma sob suspeita neste ano em Dourados

02 dezembro 2019 - 12h05Por André Bento

A morte de uma criança de 6 anos por suspeita de meningite na manhã de sexta-feira (29) em Dourados provocou corrida a alguns postos de saúde por vacina. Neste ano, em meio a 25 casos confirmados, a doença matou três pessoas na cidade. É o mesmo número de óbitos registrados em 2018, quando as confirmações totalizaram 28.

Esses dados foram fornecidos ao Dourados News pelo enfermeiro Devanildo de Souza Santos, gerente na Secretaria Municipal de Saúde lotado na Vigilância Epidemiológica.

Ele detalhou que no ano passado as vítimas fatais tinham 32, 35 e 44 anos. Em 2019, as idades foram de 52 e 19 anos, e de 3 meses.

Ocorrida às 6h de sexta-feira, a morte do menino morador na Sitioca Ouro Fino, que esteve internado no HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados), ainda não teve a causa confirmada, mas há suspeita de que seja a quarta vítima fatal da meningite no ano.

O pai da criança queixou-se de negligência no atendimento prestado no posto de saúde. Contudo, médica ouvida sob condição de anonimato alegou ter encaminhado o menino da UBS (Unidade Básica de Saúde) da Seleta para a UPA 24 Horas (Unidade de Pronto Atendimento) via Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) porque percebeu a gravidade do caso, mesmo sem dispor de exames laboratoriais.

Apesar da corrida por vacina iniciada após a notícia desse óbito, Edvan Marcelo Morais Marques, do Núcleo de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, explica que mesmo nos casos de quem teve contato com pessoas infectadas, a procura por assistência médica deve ser para tratar sintomas, caso haja.

“Vacina é medida preventiva e com antecedência”, alerta.

Segundo ele, existe a recomendação de vacinas para dois tipos de meningite. “Estas estão inclusas no calendário nacional de vacinação como rotina. A criança recebe um tipo de vacina aos 2, 4, e 6 meses, e outro tipo aos 3 e 5 meses. Ambas contra determinado tipo de meningite”, detalha.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
PRF apreende 1,2 tonelada de maconha e 20 Kg de skunk na BR-267
SENADO
Aprovado congelamento de preços de medicamentos e de planos de saúde
COSTA RICA
Filho acusado de agredir pai de 91 anos é preso descumprindo medida judicial
ÁUDIO VAZADO
Presidente da Fundação Palmares chama movimento negro de 'escória'
CAPITAL
Condenado por estupro de vulnerável, homem é preso em encontro religioso
POLÍTICA
Senado aprova em definitivo projeto de doação de refeições não vendida
PORTO MURTINHO
Técnico de laboratório suspeito de aborto consegue habeas corpus
JUSTIÇA
Banco deve indenizar por inserir gravame a terceiros sem consentimento
MARACAJU
Mulheres denunciam tarado que se tocava em terminal rodoviário
COVID-19
'Lamento todos os mortos, mas é o destino de todo mundo', diz Bolsonaro

Mais Lidas

6ª VARA CÍVEL
Empresário vai à Justiça contra toque de recolher em Dourados
PANDEMIA
Com mais 27 casos, Dourados ultrapassa 300 confirmações de coronavírus
PANDEMIA
Novo epicentro, Dourados é a cidade com mais casos de coronavírus em MS
PED
Policiais penais frustram tentativa de fuga na Penitenciária de Dourados