Menu
Busca domingo, 19 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
BARBÁRIE

Menina de 9 anos é estuprada por 7 homens

07 outubro 2014 - 08h59

Thalyta Andrade

Um caso bárbaro foi registrado ontem na Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Dourados. Uma menina indígena de apenas nove anos de idade foi estuprada por sete homens na madrugada de segunda-feira, 6. O caso teria acontecido em uma casa em construção na aldeia Bororó, onde a menina foi abandonada após sofrer a violência.

No grupo que atacou a criança, de acordo com a polícia, estariam homens e adolescentes, alguns deles inclusive parentes da vítima. A menina foi encontrada pela mãe que acionou uma agente de saúde da Reserva. A criança foi socorrida e levada para o HU (Hospital Universitário), onde permanece internada em estado gravíssimo na ala pediátrica.

Ainda ontem, durante a tarde, a delegada titular da Deam, Rozeli Dolor Galego, deteve três acusados, um de 23 e outro de 19 anos e um adolescente de 13 anos. O trio foi detido com o apoio de lideranças da aldeia e também de agentes da Força Nacional. Nenhum dos dois maiores de idade presos teve a identidade revelada pela polícia ainda.

Os três foram encaminhados para o 1º Distrito Policial, onde vão permanecer aguardando transferência para a Phac (Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa) e Unei (Unidade Educacional de Internação) Laranja Doce, respectivamente.

A polícia permanece em diligências para identificar e prender os demais acusados de praticar o estupro contra a criança. Conforme informações da Polícia Civil em Dourados, este é o 11º caso de estupro registrado na Reserva Indígena somente este ano, no período de janeiro a setembro. No mesmo período do ano passado, foram seis casos na Reserva.

Mais um caso

Em julho deste ano, também na aldeia Bororó, quatro adolescentes e um homem de 28 anos, todos moradores na Reserva, foram detidos após estuprar e assassinar uma adolescente de 14 anos, identificada como Michele Gonçalves Montanha [(confira matéria clicando aqui)](http://www.douradosnews.com.br/policia/apos-estuprar-e-depois-matar-adolescente-cinco-pessoas-sao-detidas-em-dourados).

O corpo dela foi encontrado no interior de uma plantação de milho. Conforme relato dos próprios acusados à polícia na época, o grupo retornava de uma festa na região, quando encontraram com a menina. Um dos adolescentes teria conversado e tentado manter relação sexual com a vítima.

Diante da negativa, o rapaz a levou para o meio da plantação e a estuprou. Em seguida, os companheiros fizeram o mesmo e mantiveram relação forçada com a indígena. Após o ato, resolveram matar a garota com medo de serem descobertos.


Deixe seu Comentário

Leia Também

FRONTEIRA
Polícia paraguaia destrói plantação de maconha avaliada em US$ 990 mil
BRASIL
Após chuvas, Espírito Santo tem 229 pessoas desalojadas e 6 mortos
VIOLÊNCIA
Homem é executado com 11 tiros na Capital
POLÍCIA
Funcionária de supermercado tem celular furtado enquanto trabalhava
DEODÁPOLIS
Pecuarista é multado por degradações ambientais em áreas protegidas
PONTA PORÃ
Caminhonetes são encontradas incendiadas no lado brasileiro da Fronteira
ECONOMIA
Brasil assina acordo de cooperação agrícola com a Alemanha
DOURADOS
Concursados da PM, Bombeiros e GM se unem para cobrar convocação
FRONTEIRA
Polícia de MS alia forças ao Paraguai para captura de foragidos de presídio em Pedro Juan
DOURADOS
Casal têm celulares roubados durante caminhada no Jardim Progresso

Mais Lidas

CAPITAL
Veterinária deixa motel em surto e morre embaixo de caminhão
TRÁFICO
Polícia flagra esquema de venda de droga no cartão em Dourados
DOURADOS
Mulher é trancada no banheiro durante assalto no BNH 3º Plano
GUARDA
Traficante que queria ganhar R$ 12 mil vendendo drogas é presa em Dourados