Menu
Busca quarta, 21 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
BARBÁRIE

Menina de 9 anos é estuprada por 7 homens

07 outubro 2014 - 08h59

Thalyta Andrade

Um caso bárbaro foi registrado ontem na Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Dourados. Uma menina indígena de apenas nove anos de idade foi estuprada por sete homens na madrugada de segunda-feira, 6. O caso teria acontecido em uma casa em construção na aldeia Bororó, onde a menina foi abandonada após sofrer a violência.

No grupo que atacou a criança, de acordo com a polícia, estariam homens e adolescentes, alguns deles inclusive parentes da vítima. A menina foi encontrada pela mãe que acionou uma agente de saúde da Reserva. A criança foi socorrida e levada para o HU (Hospital Universitário), onde permanece internada em estado gravíssimo na ala pediátrica.

Ainda ontem, durante a tarde, a delegada titular da Deam, Rozeli Dolor Galego, deteve três acusados, um de 23 e outro de 19 anos e um adolescente de 13 anos. O trio foi detido com o apoio de lideranças da aldeia e também de agentes da Força Nacional. Nenhum dos dois maiores de idade presos teve a identidade revelada pela polícia ainda.

Os três foram encaminhados para o 1º Distrito Policial, onde vão permanecer aguardando transferência para a Phac (Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa) e Unei (Unidade Educacional de Internação) Laranja Doce, respectivamente.

A polícia permanece em diligências para identificar e prender os demais acusados de praticar o estupro contra a criança. Conforme informações da Polícia Civil em Dourados, este é o 11º caso de estupro registrado na Reserva Indígena somente este ano, no período de janeiro a setembro. No mesmo período do ano passado, foram seis casos na Reserva.

Mais um caso

Em julho deste ano, também na aldeia Bororó, quatro adolescentes e um homem de 28 anos, todos moradores na Reserva, foram detidos após estuprar e assassinar uma adolescente de 14 anos, identificada como Michele Gonçalves Montanha [(confira matéria clicando aqui)](http://www.douradosnews.com.br/policia/apos-estuprar-e-depois-matar-adolescente-cinco-pessoas-sao-detidas-em-dourados).

O corpo dela foi encontrado no interior de uma plantação de milho. Conforme relato dos próprios acusados à polícia na época, o grupo retornava de uma festa na região, quando encontraram com a menina. Um dos adolescentes teria conversado e tentado manter relação sexual com a vítima.

Diante da negativa, o rapaz a levou para o meio da plantação e a estuprou. Em seguida, os companheiros fizeram o mesmo e mantiveram relação forçada com a indígena. Após o ato, resolveram matar a garota com medo de serem descobertos.


Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Banco Central vende dólares das reservas pela primeira vez em dez anos
IVINHEMA
Motorista fura dois bloqueios policiais, foge e abandona carro com mais de 700kg de maconha
59 ÓBITOS
Saúde confirma mais uma morte por gripe em MS
LEGISLATIVO
ALMS derruba veto e projeto que beneficia mesários vai à promulgação
EDUCAÇÃO
Prova do Encceja será no dia 25 de agosto; veja passo a passo para consultar locais
OPORTUNIDADE
TVE Cultura reúne setor audiovisual de MS e anuncia edital de R$ 6 milhões para produções
BRASIL
União pode bloquear repasses voluntários a estados, decide STF
DOURADOS
Denúncia contra vereadores é por tráfico de influência em projetos habitacionais
LOGÍSTICA
Governo quer pressa no acordo aduaneiro para o Corredor Bioceânico
TRÁFICO
Motorista abandona carro com mais de 1,2t de maconha após furar bloqueio policial

Mais Lidas

ESTUPRO
Homem é preso após dormir com a namorada de 11 anos
DOURADOS
Ladrão é preso acusado no furto de carro, R$ 30 mil em joias e eletrônicos
CAARAPÓ
Colisão frontal entre carretas deixa um morto na BR-163
POLÍCIA
Integrante de quadrilha especializada em roubo à famílias é apresentado pelo SIG