Menu
Busca quinta, 14 de novembro de 2019
(67) 9860-3221

“Lira” deixa o Sete para disputar a Série B do Brasileiro

17 maio 2011 - 10h03

O treinador do Sete de Dourados, Elói Kruger informou na noite desta segunda-feira que o meia esquerda de oficio Lirodiou Gonçalves, o “Lira” de 28 anos, que havia chegado como mais um grande reforço para o clube na última sexta-feira para o Estadual 2011, solicitou dispensa para ir jogar em um clube que estará disputando a Série “B” do campeonato Brasileiro.

De acordo com Elói Kruger, o jogador que chegou a treinar no último sábado no CT (Centro de Treinamento) do clube junto com os demais jogadores que não foram relacionados para enfrentar o Ivinhema pela 11ª rodada do campeonato estadual, após uma breve reunião agradeceu o atendimento que recebeu junto com a sua esposa na rápida passagem que teve em Dourados e dando as suas alegações sobre seu futuro no futebol, pediu para ser dispensado.

“Entendi o pedido do Lira, pois ele está com 28 anos e não poderia perder esta oportunidade em disputar a Série B do brasileiro. Embora tenha lamentado a sua saída prematura do nosso clube, desejei boa sorte e muitas felicidades a ele no prosseguimento da sua carreira”, disse Elói Kruger.

CARREIRA
Lirodiou Gonçalves, o “Lira” chegou ao Sete de Dourados para atuar na sua função após ser indicado ao técnico Elói Kruger pelo seu empresário, no entanto, antes mesmo de estrear no Estadual, recebeu duas propostas para defender um clube do Paraná ou do interior paulista. “Ele disse que as propostas existem e que juntamente com o seu empresário iria escolher para qual de um dos clubes iria assinar o seu contrato”, disse o treinador douradense.

Com relação a “Lira”, ele tem 1,77, é casado, e começou a carreira no Coritiba Footbal Clube em 1.998, onde se profissionalizou e ficou de 2003 a 2004, quando conquistou o bi-campeonato estadual paranaense e participou de duas taças Libertadoras.

Do “Coxa Branca” como é mais conhecido o clube paranaense, “Lira” foi vendido ao Acadêmica de Coimbra, Portugal, onde ficou até 2006, quando então foi vendido ao Botafogo do Rio de Janeiro, onde foi campeão carioca em 2006.

Do Botafogo, “Lira” voltou a deixar o Brasil, desta feita, indo parar no Kfar Saba de Israel, em 2008, porém não se adaptou ao futebol daquele país.
Ao retornar ao Brasil, “Lira” recebeu convite para jogar no Marcilio Dias, onde conquistou o titulo catarinense em 2009 e participou da Série “C” e em 2010 foi transferido para o Joinville.

Depois de uma temporada em terras catarinenses o meio esquerda foi convidado a fazer parte do plantel do Roma de Apucarana do Paraná onde permaneceu até o final da temporada do campeonato paranaense deste ano, e no início da semana passada recebeu o convite para vir fazer parte do plantel do sete de Dourados, porém a oportunidade de disputar a Série “B” do brasileiro impossibilitou a sua permanência no clube douradense.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAN BADO
Testemunhas escutam tiros e encontram homem executado na fronteira
IMORTAL
Sul-maro-grossense é indicado para Academia Brasileira de Educação Física
BODOQUENA
Homem é preso acusado de estuprar a filha da enteada
CESSÃO ONEROSA
Municípios vão receber dinheiro do leilão do pré-sal até 27 de dezembro
CAPITAL
Responsável por atropelamento com morte se apresenta e fica livre
UEMS
Inscrições ao Mestrado Acadêmico em Letras terminam na próxima semana
CAPITAL
Mulher joga copo de vidro na testa de ex-marido após crise de ciúmes
PROTESTOS
fronteira do Brasil com Bolívia em Corumbá é reaberta após 21 dias
AQUIDAUANA
Pai denuncia escola após filho ser impedido de usar banheiro e defecar na roupa
JUSTIÇA
Concessionária deve indenizar cliente por emplacamento incorreto

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia prende cadeirante que comandava quadrilha formada por menores
DOURADOS
Morto em acidente prestava serviços a indústria e teria invadido pista contrária
DOURADOS
Homem sofre acidente de trabalho e morre após ter 80% do corpo queimado
DOURADOS
Ex-secretário de Saúde e empresário são levados à PED e defesas tentam liberdade