Menu
Busca quarta, 12 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Juiz manda prefeitura exonerar temporários e convocar aprovados em concurso

18 outubro 2017 - 08h59Por Adriano Moretto

A justiça determinou que o município de Dourados nomeie os candidatos aprovados em concurso público de provas e títulos e exonere os servidores temporários contratados. A decisão é do juiz José Domingues Filho após pedido feito pelo MPE (Ministério Público Estadual) que ajuizou ação através do promotor Eteocles Brito Mendonça Dias Júnior, da 16ª Promotoria de Justiça.

De acordo com decisão, o Município fica obrigado a exonerar todos os servidores temporários contratados em vagas puras, bem como de servidores comissionados que estão exercendo funções iguais, equivalentes ou semelhantes à cargos efetivos de professor.

Entre as funções definidas pela ordem judicial estão os professores de língua portuguesa, inglesa, matemática, história, geografia, ciências e educação agropecuária, além de especialista em educação indígena (funções de coordenação pedagógica indígena e supervisão técnica escolar indígena), professor indígena (funções de professor de anos iniciais, professor da educação infantil, professor de língua portuguesa, professor de língua inglesa, professor de matemática, professor de história, professor de geografia, professor de arte, professor de educação física, professor de ciências, professor de língua indígena guarani, professor de língua indígena terena), Pedagoga Indígena (função de pedagoga indígena) e, Professor (função de professor coordenador, professor de artes iniciais, professor de arte, professor de educação física, professor de educação infantil e professor intérprete, objeto dos concursos em referência).

A nomeação, deverá ser de acordo com a respectiva ordem, tanto dos aprovados, quantos os necessários e suficientes para preenchimento das vagas puras ocupadas por servidores temporários, referente às funções iguais, equivalentes ou semelhantes exercidas por comissionados.

O juiz determinou ainda que seja publicada, a cada nova convocação, lista de candidatos aprovados em concurso que manifestaram desistência voluntária, ou foram considerados inaptos à posse, ou seja, aqueles que, independente do motivo, não tiveram sua posse no cargo público concretizada.

O município ainda não se posicionou oficialmente sobre o fato, porém, a determinação deve ser acatada pela prefeita Délia Razuk (PR).

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega-Sena acumula novamente e pode pagar R$ 12,5 milhões amanhã
TV DOURADOS NEWS
PMN tem Jeferson Bezerra como pré-candidato a prefeito em Dourados
MEIO AMBIENTE
Dono de chácara é multado por derrubada de árvore para exploração de madeira
ECONOMIA
UFGD abre edital, beneficiando estudantes com Auxílio Emergencial
TERENOS
PRF apreende carga contrabandeada avaliada em 2 milhões de reais
AJUDA DE 600 REAIS
Caixa paga hoje auxílio emergencial a 3,9 milhões de trabalhadores
CAPITAL
Morre homem que ficou preso entre as ferragens após colisão entre carro e caminhão
TEMPO
Quarta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
BRASIL
Congresso marca três reuniões para analisar todos vetos presidenciais
REFORMA TRIBUTÁRIA
Comissão avalia situação dos estados nesta quarta

Mais Lidas

DOURADOS
Suspeito de atropelar motociclista durante racha na BR-163 se apresenta à polícia
DOURADOS
Amigos vão procurar homem e encontram corpo em avançado estado de decomposição
DOURADOS
Motociclista é atingido por veículo que praticava "racha' e tem fratura exposta
CORGUINHO
Jovem morre após sofrer acidente durante passeio de moto com amigos