Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Justiça concede liberdade para o agente federal que matou PM

13 maio 2011 - 16h19

O juiz Adriano da Rosa Bastos, da 3ª Vara Criminal de Dourados, concedeu na tarde desta sexta-feira, liberdade provisória ao policial federal Leonardo de Lima Pacheco, 35 anos, preso em flagrante no último domingo, após matar o policial militar Sandro Morel, 36 anos, e ferir o também PM José Pereira da Silva, 29 anos.

Leonardo também foi baleado durante o tiroteiro, que correu após ele marcar pela internet um encontro com a guarda municipal Zilda Ramires, 44 anos.

O policial disse à Zilda, durante a conversa, que era traficante, e ela acionou a equipe do serviço de inteligência da Polícia Militar na cidade com o intuito de prendê-lo.

A defesa de Leonardo havia pedido ao juiz o relaxamento da prisão, por considerar que não houve elementos para o flagrante. O magistrado rejeitou esse pedido, mas entendeu que o policial federal pode responder ao processo em liberdade, por se tratar de réu primário, com residência fixa.

O agente da PF está na carceragem da Corporação em Dourados, desde ontem, quando teve alta do Hospital Santa Rita.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Débora Nascimento beija mulher e diz: “Tô solteira mesmo”
CAPITAL
Estelionatário se passa por funcionário de banco e mulher perde R$ 17 mil
DOURADOS
Continuam abertas as inscrições para eleição de conselheiros tutelares
DOMINGO
Para teste físico de concurso, Parque dos Poderes será interditado
DOURADOS
Doadores de “sábado” no Hemocentro falam sobre mais tranquilidade para o gesto de solidariedade
ESPIRITUALIDADE
Congresso Holístico Internacional começa neste sábado em Bonito
ITAQUIRAÍ
Homem é assassinado a golpes de machado enquanto dormia
VELOCIDADE
Lewis Hamilton garante a pole para o GP de Mônaco de Fórmula 1
REITOR
Justiça Federal cassa liminar e lista tríplice da UFGD volta a valer
HOJE
Acadêmicos participam de amistoso de Futebol Suiço na Aldeia Jaguapiru

Mais Lidas

APÓS INVESTIGAÇÃO
Polícia conclui que atentado registrado por vereadora foi acidente de trânsito
VILA CACHOEIRINHA
“Boca” é fechada, mulher é presa e diz traficar pelo baixo valor do salário mínimo
TRÁFICO
Motorhome com destino a São Paulo é apreendido com mais de 4 toneladas de maconha
MS-156
Dupla é presa pela PF com pistolas entre Dourados e Itaporã