Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Justiça concede liberdade para o agente federal que matou PM

13 maio 2011 - 16h19

O juiz Adriano da Rosa Bastos, da 3ª Vara Criminal de Dourados, concedeu na tarde desta sexta-feira, liberdade provisória ao policial federal Leonardo de Lima Pacheco, 35 anos, preso em flagrante no último domingo, após matar o policial militar Sandro Morel, 36 anos, e ferir o também PM José Pereira da Silva, 29 anos.

Leonardo também foi baleado durante o tiroteiro, que correu após ele marcar pela internet um encontro com a guarda municipal Zilda Ramires, 44 anos.

O policial disse à Zilda, durante a conversa, que era traficante, e ela acionou a equipe do serviço de inteligência da Polícia Militar na cidade com o intuito de prendê-lo.

A defesa de Leonardo havia pedido ao juiz o relaxamento da prisão, por considerar que não houve elementos para o flagrante. O magistrado rejeitou esse pedido, mas entendeu que o policial federal pode responder ao processo em liberdade, por se tratar de réu primário, com residência fixa.

O agente da PF está na carceragem da Corporação em Dourados, desde ontem, quando teve alta do Hospital Santa Rita.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Junho teve a maior temperatura já registrada para o mês no planeta
ECONOMIA
Dólar termina a semana em alta, de olho em projeções sobre juros nos EUA
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Ex-prefeito terá que devolver dinheiro pago em licitação sem nota fiscal
JUSTIÇA
Desembargadores mantêm regime semiaberto para motorista embriagado
ARTIGO
Como transformar uma casa em lar
BRASIL
Montezano: prioridade é abrir caixa-preta do BNDES
ESTATAL
Após fechar agências em MS, Correios renova frota de furgões
INVESTIGAÇÕES
Preso no RJ, suspeito de planejar morte de “chefão da fronteira” é acusado de lavagem de dinheiro em MS
ESTÉTICA
Conheça um pouco mais sobre o Microagulhamento
POLÍTICA
“A gente precisa mendigar apoio”, diz vereador sobre falta de representatividade em Brasília

Mais Lidas

FRONTEIRA
Pistoleiros são presos após executarem homem a tiros
DOURADOS
Delegado encerra Inquérito e aguarda perícia para saber se tiro que matou bioquímico foi acidental
DOURADOS
AGORA: Homem é baleado no Estrela Verá
FRONTEIRA
Suspeito de ter matado homem encontrado boiando em rio é preso