Menu
Busca sábado, 22 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Jovem de 18 anos é assassinado a tiros na Vila Erondina

01 janeiro 2013 - 09h39

Carlos Ferraz

O jovem Vinicius Palma de Jesus, 18 anos, morador na Vila Cachoeirinha, periferia de Dourados, foi assassinado por volta das 20 horas de ontem, quando trafegava de bicicleta pela rua Silidônio Verão, esquina com a rua Belo Horizonte, nas proximidades do parque Rego D’Água, na vila Erondina II.

De acordo com informações da Polícia Civil, onde o caso foi registrado, a vitima foi surpreendida por um homem identificado por testemunhas como sendo Juninho Pantera, que estava em uma motocicleta tipo Tornado, de cores vermelha e branca, que efetuou vários disparos contra Vinicius, sendo que dois atingiu as costas do jovem, transfixando na região do peito.


Mesmo ferido Vinicius conseguiu acionar uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas ao chegar no local a vitima já não apresentava sinais vitais. A Polícia investiga o caso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Mariana Rios amostra corpo sequinho de biquíni em dia de piscina
UFGD
Com mais de 1.200 trabalhos inscritos, Enepex começa terça-feira
FRONTEIRA
Polícia apreende mais de R$ 300 mil em eletrônicos em para-choque
ELEIÇÕES 2018
Campanha de Delcídio divulga Nota sobre impugnação de candidatura
CAMPO GRANDE
Mulher é presa com carregador e 20 chips nas partes intimas em presídio
TEMPO
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
MEIO AMBIENTE
Mineradora é autuada e fechada por extração ilegal de areia
ELEIÇÕES 2018
A partir de hoje, candidatos só podem ser presos em flagrante
CORUMBÁ
Cavalos em rodovia causam acidente e deixam duas pessoa mortas
EMPREGO
20 empresa estão com inscrições abertas para trainee; veja lista

Mais Lidas

DIOCLÉCIO ARTUZI
Polícia divulga imagens de criança de 1 ano desaparecida em Dourados
DOURADOS
Jovem foi espancada até a morte no Pelicano
DOURADOS
Criança de 1 ano desaparece de dentro de casa no Dioclécio Artuzi
DOURADOS
Jovem é encontrada morta no Jardim Pelicano