Menu
Busca terça, 19 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221

Ishy discute detalhes para a audiência pública sobre o meio ambiente

08 junho 2011 - 13h31

Nesta quarta-feira (08), se reuniram no plenarinho da Câmara Municipal de Dourados, o vereador Elias Ishy e os preletores da audiência pública ‘Meio Ambiente, por uma Dourados sustentável’ Luiz Carlos Ribeiro (Salvar), Ivete Cavedon Pedroso (AGECOLD) e Ataulfo (COMDAM). A reunião serviu para acertar os últimos detalhes da participação e da contribuição de cada palestrante.



Luis Carlos Ribeiro, arquiteto e urbanista, vai falar da importância de se estabelecer um agenda permanente sobre o meio ambiente em Dourados, com o tema “Temos de pensar em políticas continuadas para as questões ambientais no município, a curto, médio e longo prazo”, afirma Luiz Carlos.



Ivete Pedroso, professora da rede municipal de ensino cedida para o IMAM (Instituto de Meio Ambiente), acredita que iniciativas como a da AGECOLD (Associação dos Agentes Ecológicos de Dourados) deve ser multiplicada por todo município. “Temos de criar outras associações como a AGECOLD para atender a demando dos resíduos sólidos recicláveis produzidos em Dourados”, afirmou Ivete.



Já o geógrafo Atulfo Stein , irá falar do papel do COMDAM (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente) na construção de políticas que vão ao encontro das necessidades do município relacionados ao meio ambiente. “Podemos através do conselho delimitar a atuação dos governos municipais, restringindo os danos ao meio ambiente, assim construindo juntos um plano ambiental permanente para Dourados.”, afirmou.



Já o vereador Elias Ishy, que é o propositor da Audiência, vê a oportunidade de envolver a sociedade e o poder público em uma discussão que terá de fazer parte do cotidiano de cada habitante do planeta. “A prefeitura tem de traçar um Plano Municipal dos Resíduos sólidos, para se adequar ao Plano Nacional”, afirmou Elias.



Segundo o Plano Nacional dos Resíduos Sólidos os municípios têm até 2013 para se adequar na destinação correta, através de coleta seletiva, reciclagem e aterros sanitários, entre outras ações. “Temos de adiantar o debate, não podemos deixar para a próxima gestão municipal decidir de pronto algo que podemos construir a partir de agora” finalizou o vereador.

A Audiência Pública: Meio Ambiente, por um Dourados sustentável, acontece nessa sexta-feira, 10 de junho, às 19 horas, na Câmara Municipal de Dourados. Também estará ministrando palestra, o sociólogo Ivo Poletto, assessor da CNBB (Confederação Nacional dos Bispos do Brasil).

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASÍLIA
Bancada de MS no Congresso elege Nelsinho Trad como o coordenador do grupo
BRASIL
Marco Aurélio nega recurso e Bolsonaro terá de pagar indenização
RURAL
Em MS, Iagro e SES enfrentam venda e uso irregular de agrotóxicos na agricultura
DOURADOS
Processo contra frigorífico resulta em equipamentos a unidades hospitalares
TV
Marina Ruy Barbosa nega festinha íntima com colegas de novela
DOURADOS
Câmara revoga financiamento de R$ 5 milhões autorizado à prefeitura
BRASIL
Maior superlua do ano ocorre nesta terça-feira
BR-463
Carro de luxo roubado em SP é recuperado no mesmo dia em MS
REUNIÃO EM BRASÍLIA
Reinaldo Azambuja discute Lei Kandir e concessão da BR-163 com bancada federal
BRASIL
Morre no Rio ex-ministro João Paulo dos Reis Velloso

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local
DOURADOS
Motorista tenta desviar de outro veículo e bate carro em árvore
NOVA ANDRADINA
Mãe de 16 anos mata filha de apenas 21 dias
DOURADOS
Um ano após pedido de demissão, ex-secretário de Délia retorna à prefeitura