Menu
Busca quinta, 09 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Inscrições para as eleições à reitoria da UEMS exigem Ficha Limpa

17 maio 2011 - 08h49

Mesmo antes de ser anunciado que o Ficha Limpa se estenderia ao primeiro escalão do governo, a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), demonstrando amadurecimento institucional, teve aprovada pelo Conselho Universitário, em 29 de março de 2011, a resolução 376, que institui a necessidade de ser “ficha limpa” para concorrer às eleições à reitoria e vice-reitoria na Universidade.

Para o procurador jurídico da UEMS, Alender Max de Souza Moraes, a resolução da Universidade é “severa a ponto de impedir que um ‘ficha suja’ assuma a reitoria”.

Quatro pontos definem as regras para a inelegibilidade para os cargos e, já para este ano, os candidatos tiveram que comprovar estarem em dia com a Justiça, apresentando certidões negativas criminais expedidas pela justiça estadual e federal; certidões negativas cíveis expedidas pela Justiça estadual e federal e apresentação de certidão de regularidade expedida pela Justiça Eleitoral comprovando a ausência de condenação nos pontos definidos no artigo 5º da resolução.

Interessados em conhecer a resolução podem conferi-la buscando pelo número 376 no link http://www.uems.br/portal/indexailen.php?p=AILEN .





Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Entregadores de aplicativos pedem legislação específica para categoria
MATO GROSSO DO SUL
Loja deve indenizar por forçar pagamento de produto não adquirido
CAMPO GRANDE
Exército Brasileiro realiza controle de fluxo e aferição de temperatura no HRMS
POLÍCIA
DNA revela que preso em São Paulo é autor de estupro em MS
SAÚDE
MPF ajuíza ação pedindo atendimento para indígenas residentes em áreas urbanas
REGIÃO
PMA flagra trio por pesca ilegal no rio Paraná
MATO GROSSO DO SUL
Hospitais terão que informar Secretaria sobre situação de internações por Covid-19
LEGISLATIVO DE MS
Aprovada utilização de Libras nos programas da rede pública de TV
ECONOMIA
Dólar fecha em queda com exterior e dados de varejo
DESMATAMENTO
Gaúcho leva multa de R$ 33 mil por crime ambiental praticado em MS

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar secretário pode ter tido surto de esquizofrenia
BR-163
Casal que morreu ao bater em carreta morava em Campo Grande
PANDEMIA
Dourados confirma mais três óbitos por coronavírus e ultrapassa 3 mil casos
PANDEMIA
Comerciante de 45 anos é a 37ª vítima do coronavírus em Dourados