Menu
Busca quarta, 13 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
ECONOMIA

Indústrias do vestuário de Dourados recebem consultorias do Senai

12 setembro 2017 - 13h05

Como parte do Programa Brasil Mais Produtivo, que tem baixo custo para as empresas e é subsidiado pelo Governo Federal, as indústria Arte Camisetas, de Caarapó, e Yvu, de Dourados, estão recebendo consultorias em Lean Manufactoring voltada à redução de desperdícios e aumento da produtividade realizadas pelas equipes do Senai de Dourados, além de treinamento (coaching) do consultor Willian Gomes, do Senai Cetiqt (Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil), do Rio de Janeiro (RJ).

Segundo o consultor Willian Gomes, o objetivo do programa é aumentar a produtividade da empresa sem investimentos em pessoal e equipamentos. "Visamos propor intervenções de baixo custo – a metodologia utiliza a estrutura física, tecnológica e humana da própria indústria", disse.

A execução da consultoria tem foco no chão de fábrica e curto prazo para implementação (apenas três meses), sendo que a metodologia prevê a participação dos funcionários propiciando a união entre eles e o seu engajamento na busca da melhoria contínua. "O retorno esperado é aumento de no mínimo 20% em produtividade", reforçou o gerente do Senai de Dourados, Yashi Miranda.

O programa tem duração de 120 horas, conta com treinamento de uma equipe composta pelos consultores e por alguns funcionários da empresa, onde é feito um mapeamento de fluxo de valor de uma família de produtos da empresa, cronometrando operações e com levantamento de dados do estado presente. A operacionalização da consultoria se dá em quatro fases: preparação, intervenção, monitoramento e encerramento.

Na preparação, há o reconhecimento da fábrica, produtos e processos, escolha da família de produtos a ser mapeada, treinamento de MFV (Mapa de Fluxo de Valor), execução do MFV e definição de ações de melhorias e coleta de indicadores iniciais. Já a intervenção conta com treinamento de ferramentas LEAN, como 5 S, Trabalho Padronizado e Fluxo Contínuo, bem como verificação do estado presente (tempos, indicadores, produtividade, etc), criação de plano de ação e ajustes no processo.

A parte de monitoramento inclui o acompanhamento das ações realizadas com base nos indicadores e definição de novas ações para execução pela própria empresa, enquanto a fase de encerramento inclui validação das ferramentas Lean implementadas e medição final para coleta dos novos indicadores além de visita após três meses para verificar a sustentação do programa.

Com o coaching do Senai Cetiqt na empresa e para a equipe de consultores do Senai de Dourados, o objetivo é repassar as boas práticas adotadas e as habilidades necessárias, além de transferir a tecnologia adquirida por meio dos projetos já implementados no Rio de Janeiro com o Lean Manufacturing. Os benefícios para a empresa são o aumento de produtividade de, no mínimo, 20%, retorno financeiro rápido, redução de desperdícios de matéria prima, de trabalho e de tempo, redução de superprodução e de estoques em processo, redução de transporte e movimentações desnecessárias dos operadores por meio de mudanças de layout simples e eficazes, redução do tempo de produção (por peça) e do custo unitário, redução de defeitos e retrabalhos, além de uma melhor organização da produção em processos balanceados e com maior aproveitamento da mão-de-obra.

"Podemos citar também o aumento do poder de negociação com clientes e fornecedores por meio do ganho de conhecimentos a respeito do custo real e do tempo de produção dando maior previsibilidade de prazos e custos, bem como a melhoria na ergonomia e na qualidade de vida dos trabalhadores", pontuou o consultor do Senai Cetiqt.

Na avaliação do empresário Gilson Kleber Lomba, proprietário da Arte Camisetas e Yvu, os primeiros resultados já são bem satisfatórios, como as dicas de produção feitas pelo consultor e que já estão sendo implementadas pelos funcionários. "O trabalho ainda está no início, mas a nossa expectativa é a redução de custos e a melhoria do arranjo produtivo para que possamos diminuir o tempo perdido na linha de produção. Agora, vamos dar sequência no trabalho", destacou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Homem não aparece para trabalhar e é encontrado morto em fazenda
LIMITE MAIOR
Senado Federal aprova saque do FGTS de até R$ 998; texto vai à sanção
ANTT
Agência adia decisão sobre redução de pedágio na rodovia BR-163
POLÍTICA
Comissão vota contra MP que desobriga publicar balanços em jornais
CAMAPUÃ
Polícia prende motorista com 732 quilos de maconha em rodovia
MINISTÉRIO PÚBLICO
Conselho proíbe exames ginecológicos em candidatas aprovadas
POLÍTICA
Duas chapas disputam mandato tampão em eleição suplementar de Japorã
UEMS
Abertas inscrições para processo seletivo de professor temporário
SAÚDE
Nelsinho Trad faz palestra sobre câncer de próstata e recorda prevenção
CAMPO GRANDE
Homem é preso após invadir casa, amarrar, ameaçar e roubar idoso

Mais Lidas

DOURADOS
Morto em acidente prestava serviços a indústria e teria invadido pista contrária
DOURADOS
Homem sofre acidente de trabalho e morre após ter 80% do corpo queimado
DOURADOS
Polícia prende cadeirante que comandava quadrilha formada por menores
DOURADOS
Ex-secretário de Saúde e empresário são levados à PED e defesas tentam liberdade