Menu
Busca quarta, 24 de abril de 2019
(67) 9860-3221
EDUCAÇÃO

IFMS inicia Semana de Ciência e Tecnologia com atividades abertas ao público em dez municípios

16 outubro 2017 - 18h05Por Da Redação

A edição 2017 da Semana de Ciência e Tecnologia do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) tem início nesta segunda-feira, 16. O evento é realizado em Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas, com parte das atividades abertas ao público.

Em Dourados o evento acontece nos dias 19 e 20 de outubro.
 
Além das feiras de ciência e tecnologia, a Semana do IFMS oferece seminários, palestras, workshops, minicursos, visitas técnicas, além de apresentações culturais, mostra de cursos e observatório de ingressantes, profissões e egressos.
 
A programação completa em cada município está disponível na página da Semana, onde também é possível fazer a inscrição online na atividade de interesse. O endereço é www.ifms.edu.br/semanact.
 
Este ano, o tema do evento é “A Matemática está em tudo, o mesmo da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, organizada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).
 
O pró-reitor de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação do IFMS, Marco Naka, destaca que a Semana integra ações de ensino, pesquisa e extensão, e que nos últimos oito anos houve um amadurecimento institucional para a realização do evento.
 
“A cada ano, o IFMS tem apresentado um nível de maturidade maior na execução da Semana de Ciência e Tecnologia, o que pode ser comprovado tanto no número recorde de trabalhos inscritos nas feiras científicas quanto na extensa e bem elaborada programação que cada campus organizou abordando a temática nacional do evento”, complementou o pró-reitor.
 
Para a realização da Semana, os campi do IFMS receberam auxílio financeiro via Programa Institucional de Incentivo ao Ensino, Extensão, Pesquisa e Inovação (Piepi). Foram disponibilizados 33 mil reais para o custeio do evento.
 
Feiras de Ciência e Tecnologia – Nos dez municípios, serão realizadas feiras para apresentação de projetos de pesquisa desenvolvidos por estudantes do ensino fundamental, médio e de cursos técnicos integrados de instituições de ensino públicas e privadas.
 
Este ano, foram selecionados 673 trabalhos, número recorde desde que as feiras começaram a ser realizadas. Só na Capital, serão expostos 122 projetos de pesquisa. Na sequência, aparecem Três Lagoas (105), Ponta Porã (94) e Corumbá (80), seguidos por Coxim (55), Nova Andradina (53), Aquidauana e Naviraí (46 cada), Dourados (38) e Jardim (34).
 
Os projetos são nas áreas de Ciências Biológicas e da Saúde, Ciências Exatas e da Terra, Ciências Humanas Sociais Aplicadas e Linguística, Ciências Agrárias e Engenharias e Multidisciplinar, para trabalhos com mais de uma área de conhecimento predominante.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Com capacitação profissional, SES ajuda a reduzir casos de meningite com diagnóstico precoce
CAARAPÓ
Bombeiros encontram corpo de criança que se afogou em rio
BRASIL
Tabela do frete é reajustada em 4,13%
CONTRA VIOLÊNCIA
Médicos de MS querem mais segurança para trabalhar
CONFORTO E ELEGÂNCIA
Visuais com vestidos fluidos para você se inspirar
TRÁFICO
Mulher é presa transportando 20kg de maconha em ônibus
TURISMO SOCIAL
Conheça quatro projetos para fazer trabalho voluntário na Amazônia
DOURADOS
“Mãe Jornalista Convida” supera as expectativas e reúne mais de 100 mães
QUARTA FASE
Vasco recebe o Santos em duelo decisivo pela Copa do Brasil
DOURADOS
Marcelino Pires terá interdição no cruzamento da “Mão do Braz” por 15 dias

Mais Lidas

DOURADOS
Preso é baleado ao estourar cadeado de cela para buscar ‘encomenda’ no pátio da PED
DOURADOS
Preso baleado na perna tentava pegar malote com 13 celulares
DOURADOS
Homem morre no HV após ser espancado e polícia suspeita de latrocínio
IMPASSES
UFGD "desafia" MEC e Ministério pede realização de nova eleição para Reitoria