Menu
Busca quarta, 12 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

Identificado homem assassinado com 13 facadas na vila São Brás

20 dezembro 2012 - 14h53

Carlos Ferraz

Foi identificado há pouco o homem que foi encontrado ferido com 13 golpes de faca, além de várias pauladas na cabeça, por volta de 01h20 da madrugada desta quinta-feira, na rua S-20, Vila São Brás, periferia de Dourados.

Trata-se de Luiz Henriqueinvestiga o crime e já tem alguns suspeitos Balbuena Domingues, 31 anos, que morava no local e segundo informações da Polícia Civil, onde o caso foi registrado, teve a casa invadida por três desconhecidos, que o agrediram com facadas e pauladas fugindo em seguida.

O corpo de Luiz Henrique foi encontrado por populares que acionaram o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que socorreu a vitima encaminhando-a para o Hospital da Vida, onde acabou morrendo por volta das três horas da madrugada, logo após dar entrada.

A Polícia já tem alguns suspeitos do crime cujos nomes estão sendo mantidos em sigilo para não atrapalhar o trabalho de investigação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TELEVISÃO
Rafael é o grande vencedor do ‘MasterChef Profissionais’ 2018
SELIC
Na última reunião do ano, Copom deve manter juro básico em 6,5%
PARANAÍBA
Jovem leva agulhada em fila de evento e suspeito é portador de HIV
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 36 milhões nesta quarta-feira
UFGD
Abertas inscrições para segunda etapa do II Festival de Graffiti
FABRICA
Chineses anunciam investimentos de R$ 2 bilhões em obra de Maracaju
SEST SENAT
Taxista realizam curso de atualização em Dourados
EDUCAÇÃO
Prouni do primeiro semestre de 2019 abrirá inscrições em 29 de janeiro
TEMPO
Quarta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
SHOWBIZ
Glenda Kozlowski coloca o bronzeado em dia no Rio de Janeiro

Mais Lidas

DOURADOS
Contador e esposa são presos na segunda fase da Operação Pregão
DOURADOS
Polícia prende acusado de agredir e esfaquear idosa em assalto
TRAGÉDIA
Neto matou avó com duas facadas nas costas
TRAGÉDIA EM ITAPORÃ
Antes de assassinato, menor discutiu com a avó porque queria vir para Dourados