Menu
Busca sexta, 17 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
DOURADOS

Homem vende caminhonete alugada, presta queixa por roubo e acaba preso

16 janeiro 2020 - 08h16Por Redação

Um homem foi preso em Dourados após procurar a Polícia Civil para prestar queixa de roubo. Ele alegava ter vindo de Minas Gerais para conhecer Bonito, razão pela qual alugou uma caminhonete. Disse ter sido roubado no trajeto até o município turístico, mas os investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) descobriram que ele vendeu o veículo no Paraguai.

Essa história cheia de reviravoltas começou a ser esclarecida às 12h de quarta-feira (15), quando o homem foi até a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) registrar a queixa.

Aos policiais, ele relatou ter sido roubado no dia anterior. O bem supostamente levado por criminosos armados era uma caminhonete a diesel, ano 2019, modelo 2020, alugada em uma empresa instalada em Dourados.

A suposta vítima disse ter vindo de Ituiutaba, Minas Gerais, acompanhado da esposa para conhecer Bonito. Detalhou que no distrito de Anhandui, pertencente ao município de Campo Grande, foram abordados por quatro indivíduos que estavam em um automóvel, dois deles portando armas de fogo do tipo pistola.

Na história fantasiosa contada à polícia, disse que após terem sido deixados em um local isolado, ele e a esposa conseguiram carona com um caminhoneiro que os deixou em Dourados.

Mas os investigadores do SIG constaram contradições no depoimento e a mentira começou a ruir. Primeiro, o homem reconheceu não estar acompanhado. Depois, detalhou que um mototaxista o transportou até a delegacia sem cobrar nada após encontra-lo no local onde teria sido deixado pelo caminhoneiro, sem dinheiro, nem documentos.

O SIG identificou o mototaxista, que relatou ter feito uma corrida normal, cobrada, e indicou aos policiais um local onde a suposta vítima havia deixado os cartões bancários, dinheiro e aparelho celular.

O desfecho da investigação indica que o homem veio a Dourados de Coronel Sapucaia na manhã de quarta-feira, alugou a caminhonete avaliada em R$ 130 mil e a vendeu no Paraguai.

Ele acabou preso em flagrante pela prática de estelionato e falsa comunicação de crime. Não foi arbitrada fiança em razão de as penas serem superiores ao permitido para tanto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Sisu abre inscrição na terça e vai aceitar cadastro pelo celular
BRASIL
Regina Duarte é convidada para assumir Secretaria de Cultura
TJ/MS
Justiça determina pagamento de plano de saúde de ex-cônjuge
CAPITAL
Obreiro que estuprou criança nega crime, é indiciado, mas continua solto
CARA NOVA
Ministério da Educação lança novo portal do Sisu na internet
POLÍTICA
Secretário de Cultura Roberto Alvim é demitido após fala nazista
EDUCAÇÃO
Fundect está com edital aberto para 100 bolsas de mestrado e doutorado
SAÚDE
HU aceita voluntários para diagnóstico e tratamento da hiperidrose
DOURADOS
Mulher é trancada no banheiro durante assalto no BNH 3º Plano
ECONOMIA
Atendimento gratuito inicia nesta segunda para ajudar MEI a fazer Declaração Anual

Mais Lidas

DOURADOS
Dono de borracharia sofre ferimentos com explosão ao encher pneu
DOURADOS
Motorista envolvido em acidente com morte no domingo se apresenta à polícia
DOURADOS
Homem é preso por destruir celular em operação deflagrada para esclarecer homicídio
POLÍCIA
Mulher é presa após furtar loja de departamentos em Dourados