Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Hemocentro solicita doadores do tipo A e O Negativo e Positivo

16 junho 2011 - 09h58

Mais uma vez, o hemocentro pede a colaboração da população para o estoque de sangue que está em falta no centro. Os tipos que estão em falta são A e O Negativo e Positivo.

De acordo com informações do Hemocentro, em tempo de frio a procura é baixa mesmo, mas é necessário colocar a solidariedade em primeiro lugar. Doar sangue é salvar vidas.

Os interessado devem comparecer das 6h30 às 12h. É necessário salientar quem for doar pela primeira vez deve chegar até as 11h.

Para doar é necessário estar saudável, ter entre 18 a 65 anos, pesar mais de 52 kg, não ter feito uso de bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas. Ainda de está bem alimentado e portar um documento de identidade.

Mais informações pelo telefone: 3424-0400


Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Luísa Sonza se esquiva sobre saúde de Whindersson em encontro com a imprensa
BRASÍLIA
Conselho de Comunicação analisa pacote anticrime e liberdade de imprensa
CULTURA
Festival traz a Bonito espetáculos de dança, Bossa Nova e performances contemporâneas
POLÍCIA
Bolivianos tentam passar pela fronteira com cocaína e acabam presos
INTERNACIONAL
Apagão atinge 47,4 milhões de pessoas na Argentina e no Uruguai
ESPORTE
Com página virada, Seleção Feminina faz primeiro treino em Lille
ASSALTO
Pastor marido de deputada federal é executado no Rio
CAMPO GRANDE
Arrastão e pancadaria em saída de festa termina com 6 adolescentes na delegacia
POLÍTICA
Presidente do BNDES pede demissão após críticas de Bolsonaro
SAÚDE
Em agosto, Governo do Estado e Hospital Regional reativam serviço de cirurgias bariátricas

Mais Lidas

POLÊMICA
Dono da Havan manda “recado” a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
DOURADOS
Jovem é preso com arma de fogo após disparar e errar tiros contra desafeto da mãe
CARUMBÉ
Morto em colisão frontal contra caminhão tinha 58 anos
DOURADOS
Polícia suspeita que grupo tenha assassinado tio e sobrinho na aldeia