Menu
Busca Quarta, 22 de Novembro de 2017
(67) 9860-3221
Corpal Novo site
SEM-TERRA

Grupo volta ocupar fazenda de Bumlai e ameaça “inferno” a comprador

20 Março 2017 - 17h05

Cerca de 200 famílias ligadas ao MSTB (Movimento Sem-Terra Brasileiro) voltaram a ocupar a Fazenda São Marcos de propriedade do pecuarista José Carlos Bumlai, em Dourados. As informações são da direção do movimento e o retorno acontece desde sábado (18).

[Eles haviam deixado o local no dia 14 de março após determinação judicial e acampado às margens da BR-463]( http://www.douradosnews.com.br/dourados/sem-terra-desocupam-fazenda-de-bumlai). Conforme mostrado pelo Dourados News o grupo era contrário a reintegração de posse a Bumlai visto por eles como "paradigma de imoralidade".

Conforme Vanildo Elias de Oliveira, líder do MSTB, o grupo vai lutar para permanecer no local. Ele cita ainda que caso haja arrendamento ou venda das terras, o próximo responsável não terá ‘paz’.

"Quem arrematar vai viver um inferno, pois, não vamos mudar de decisão que fiquem cientes disso", disse.

O líder explica ainda que cerca de 50 famílias devem terminar de se instalar na propriedade nesta segunda-feira (20), entre essas algumas que estão chegando agora para o movimento.

Questionado sobre outras ações tendo em vista a desapropriação da fazenda ou ato pela agilidade do Governo Federal no processo de demarcação de terras da reforma agrária, o líder afirmou que o foco agora é "permanecer na fazenda" sem outras atividades no momento.

O movimento

[No início do mês, líderes do MSTB invadiram a Usina São Fernando, de propriedade de Bumlai]( http://www.douradosnews.com.br/dourados/grupo-sem-terra-ocupa-sao-fernando).
Por meio de decisão judicial, o grupo foi obrigado o grupo a deixar o local.

No dia 09, o grupo foi ao Centro de Eventos Cerrado Brasil para solicitar durante assembleia entre credores e a Usina São Fernando a desapropriação da Fazenda São Marcos, onde que "pleiteiam" desde 2015 e também agilidade na Reforma Agrária.

O pecuarista é foi preso e condenado por corrupção durante desdobramento da Operação Lava-Jato.

O Dourados News tentou contato com o departamento jurídico da Usina São Fernando na tentativa de um posicionamento diante da nova ação do MSTB e foi informado que haveria um retorno. Sem manifestação, o Dourados News ligou novamente a empresa, no entanto, nenhum responsável se prontificou a dar informação.


Deixe seu Comentário

Leia Também

LUA DE MEL
Atleta do nado curte dia de sol nas Maldivas
DOURADOS
Prefeita recebe Udam e destaca trabalho conjunto com presidentes de bairros
ASSEMBLEIA
Executivo envia três projetos à Casa de Leis nesta quarta-feira
FUTSAL
Presidente Vargas é campeão do Estadual feminino
BRASIL
CCJ dá início à tramitação da PEC que acaba com foro privilegiado
SAÚDE
"Ônibus da Saúde" leva atendimento oncológico até Fátima do Sul no próximo sábado
EDUCAÇÃO FÍSICA
Participantes do Desafio 15 Dias do Jorjão perderam 332 quilos
ECONOMIA
Dólar cai e volta a R$ 3,23 com exterior e à espera de reforma da Previdência
DOURADOS
Délia recebe entidades conveniadas e garante manter parcerias
DOURADOS
Termina amanhã as inscrições para residências no HU

Mais Lidas

CANAÃ I
Homem é preso com mais de 100 porções de pasta base
DOURADOS
Jovem é preso em nova fase de operação contra pedofilia
IVINHEMA
Fim do casamento faz ex divulgar fotos íntimas por whatsapp
JARDIM CLÍMAX
Mulher é presa suspeita de vender catuaba a menores