Menu
Busca terça, 18 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Municípios da Grande Dourados recebem R$ 39 mi para saúde

03 janeiro 2013 - 12h25

#####Assessoria


O Ministério da Saúde vai destinar R$ 39 milhões para 18 municípios da região da Grande Dourados. O aporte financeiro será destinado para os setores de urgência na saúde pública e garantem a implantação de serviços como Samu, atenção domiciliar, atenção hospitalar, salas domiciliares e implantação de UPAs (Unidade de Pronto Atendimento – 24h). O investimento está previsto na portaria 3.110 de 2012 publicada no Diário Oficial da União no dia 31 de dezembro e foi garantido através da atuação da Secretaria Estadual de Saúde e da intervenção política do deputado federal Geraldo Resende (PMDB).

Estão contemplados com a portaria as cidades de: Dourados (R$ 18,5 milhões), Naviraí (R$ 2.9 milhões), Nova Andradina (R$ 4,7 milhões), Mundo Novo (R$ 150 mil), Ponta Porã (6,9 milhões), Fátima do Sul (R$ 1,5 milhão), Ivinhema (R$ 1,2 milhão), Antônio João (R$ 300 mil), Aral Moreira (R$ 300 mil), Caarapó (R$ 300 mil), Coronel Sapucaia (R$ 300 mil), Iguatemi (R$ 300 mil), Japorã (R$ 300 mil), Juti (R$ 300 mil) Laguna Carapã (R$ 300 mil) Mundo Novo (R$ 300 mil), Paranhos (R$ 300 mil) e Tacuru (R$ 300 mil).

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, os municípios deverão, a partir do recebimento desses recursos garantirem a ativação de serviços que auxiliem no setor de urgência e emergência. A previsão é de que até 2014 estes serviços estejam em funcionamento nos municípios contemplados com a portaria.

Em Dourados, os recursos serão destinados para a aquisição de equipamentos nos hospitais e manutenção da rede de atendimento. O Hospital da Vida passará por ampliação e reforma, além de melhorar a oferta de leitos. Para o deputado federal Geraldo Resende, os investimentos garantem melhorias significativas ao usuário do Sistema Único de Saúde (Sus). O parlamentar ficou responsável por lutar em Brasília para a aquisição dos recursos junto ao Ministério da Saúde.

“Em agosto de 2012 o Ministério da Saúde publicou a aprovação da 1ª etapa do plano de Ações contemplando apenas as macrorregiões de Campo Grande e Corumbá. A partir daí, a secretária de Estado de Saúde, Beatriz Dobashi, juntamente com lideranças políticas de Dourados, como o prefeito Murilo Zauith nos deu a incumbência de lutar para que o município também fosse contemplado. Em Brasília nos reunimos com o Ministro Alexandre Padilha e com o Secretário de Atenção à Saúde Helvécio Magalhães, levando nossa frustração ao fato de Dourados e região não ter sido contemplada com a proposta e enfatizando a importância desses investimentos para o alívio da situação crítica que enfrentam os hospitais de urgência que são referencia nestas regiões. O Ministro nos atendeu prontamente garantindo a inclusão de Dourados na segunda etapa. Foi o que aconteceu. Estamos muito felizes em poder contribuir com mais este presente para Dourados e região na área da saúde, que é a minha principal bandeira de luta”, destaca Geraldo, que é médico por formação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EM PONTA PORÃ
"Guerra d’água" acontece domingo e terça-feira de carnaval na fronteira
DOURADOS
Geraldo garante asfalto e drenagem para o Parque dos Jequitibás
CAPITAL
Motorista se apresenta e confessa que matou vizinho por som alto
ECONOMIA
Dólar volta a bater R$ 4,35 e tem novo recorde de fechamento
FUTEBOL
Pia Sundhage convoca Seleção Feminina para disputa do Torneio França
CONTRABANDO
DOF realiza em Dourados maior apreensão de narguilé do ano
IRREGULARIDADES
MPMS recomenda à Assomasul que se abstenha de realizar pagamentos
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
POLÍTICA
Lava Jato denuncia Jucá e Raupp por corrupção e lavagem de dinheiro
DOURADOS
Aprovados em concurso em 2016 são convocados

Mais Lidas

DOURADOS
Ferido com tiro no peito, entregador chega pilotando moto na UPA
DOURADOS
Líderes de motim que causou estragos na Unei são levados à delegacia
DOURADOS
VÍDEO: Internos 'batem grade' e queimam colchões em princípio de rebelião na Unei
FRONTEIRA
Festa termina com aniversariante e convidado assassinados por pistoleiros