Menu
Busca segunda, 21 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

Futuro do Sete de Dourados segue incerto; presidente pede ajuda

12 dezembro 2012 - 14h15

As chances do Sete de Dourados ser obrigado a desistir do Campeonato Estadual de Futebol de 2013 por falta de patrocínios aumentam a cada dia. O presidente do clube, Benjamin Barbosa, disse que a situação só piora com a aproximação do final do ano. Ele teme que não consiga firmar uma parceria a tempo de montar o time para as disputas que começam já em janeiro.

“Há meses temos tentando de tudo, mas não fechamos nada de concreto até agora. Depois que o ano virar as coisas ficam ainda mais complicadas, pois em poucos dias já começa o campeonato. Temos um bom projeto e um elenco selecionado. O que falta é o investimento para termos um respaldo e colocarmos em prática aquilo que foi elaborado pela diretoria, mas do jeito que está, acho difícil isso se concretizar”, disse Benjamin.

Na última segunda-feira, a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) lançou em Campo Grande, oficialmente, o Campeonato Estadual. O evento reuniu empresários, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e representantes das 14 equipes que vão participar, exceto o Sete. O presidente explicou: “Não enviamos ninguém, pois não sabemos se vamos jogar. Seria desconfortável participar do evento e depois desistir da competição”.

Durante a celebração de lançamento foram apresentadas duas novidades por parte da FFMS. A primeira é o investimento da Chevrolet no Estadual e a outra é quantidade de jogos a serem transmitidos ao vivo pela TV Morena, emissora afiliada à Rede Globo. Entre 10 e 12 partidas serão exibidas em rede aberta para todo Estado, aumentando ainda mais a visibilidade dos clubes, bem como de suas instituições investidoras.

“Tivemos uma boa atuação no campeonato deste ano, passamos da primeira fase. A competição de 2013 tem todos estes atrativos com mais transmissão dos jogos, mas nem isso parece despertar o interesse da classe empresária de Dourados. Temos alguns apoiadores, mas precisamos de mais, caso contrário teremos que abrir mão de tudo. Se isso acontecer seremos rebaixados e vamos jogar a Série B. Não queremos isso”, lamentou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Mourão diz que caso de Flávio não é problema do Planalto e afirma: 'Que a lei sirva para todos'
TRIBUTO
Proprietários de veículos com IPVA em atraso podem parcelar dívida em até dez vezes
DOURADOS
“Perdeu, perdeu”: mulher tem celular e moto roubada em assalto no Jardim Itália
DOURADOS
Mais de 90% dos internautas do Dourados News se dizem contra o ‘mandato tampão’
ECLIPSE
Próxima Lua de Sangue será visível em todo o Brasil em 2022
DOURADOS
Rapaz é agredido com garrafa quebrada e acaba internado em estado gravíssimo no HV
PRIMEIRA VIAGEM
Bolsonaro chega nesta segunda à Suíça; Mourão assume a Presidência
UFGD
Termina hoje inscrições de músicos para formação da Orquestra
TELEVISÃO
Quarto 7 Desafios do BBB: Hana, Hariany e Paula serão isoladas
IVINHEMA
Assaltante é morto após invadir chácara, sequestrar duas vítimas e tentar roubar carros

Mais Lidas

FRONTEIRA
Jogador de futebol, ‘Alicate’ é executado com 26 tiros de fuzil
PARQUE DO LAGO
Casal é preso por promover festa para adolescentes com bebida alcoólica
MONTE LÍBANO
Homem é preso acusado de tráfico de drogas por atacado
VILA ERONDINA
Polícia registra dupla tentativa de homicídio em Dourados