Menu
Busca sábado, 22 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Famílias do PETI receberão capacitação em Dourados

14 agosto 2002 - 11h10

A Secretaria Municipal de Assistência Social, Habitação e Cidadania, da Prefeitura de Dourados, está oferecendo vários cursos de capacitação e geração de renda para as famílias cadastradas pelo Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). As aulas tiveram início no dia 5 de agosto e serão encerradas no próximo dia 30.
De acordo com a secretária, Ledi Ferla, os cursos foram viabilizados através de um convênio firmado pela Prefeitura de Dourados com o governo federal, que destinou R$ 19 mil para o desenvolvimento das atividades. A contrapartida do município é de R$ 2 mil. Os cursos estão sendo oferecidos em dois locais em Dourados e nos distritos de Itahum, Vila Vargas, Vila Formosa, Macaúba e Panambi.
O primeiro curso teve início no dia 5 e foi encerrado no dia 10 deste mês no distrito de Macaúba, com o oferecimento do curso de derivados do leite. Ledi Ferla, disse que as famílias aprenderam durante 60 horas a fabricar vários tipos de queijos, iogurte, catupiri, doces em pastas e barras, entre outros.
A partir do dia 19, as famílias do distrito de Panambi poderão aprender a fabricar material de limpeza. O curso terá duração de 20 horas/aula. Com a mesma carga horária, será oferecido o curso de doces e salgados. Em Vila Vargas, o curso de material de limpeza terá início no dia 26 com encerramento previsto para o dia 28, com 20 horas/aula. Vila Formosa receberá o curso de derivados do leite do dia 14 ao dia 23 deste mês, com 40 horas/aula. Já em Itahum, as famílias do PETI poderão aprender serviços de panificação com o curso que começará no dia 26 e que terá duração de 60 horas/aula. No mesmo dia terá início no distrito, o curso de material de limpeza. Em Dourados, as aulas do curso de doces e salgados terão duração de 20 horas/aula e serão realizadas na unidade central do PETI e no projeto Criança Feliz.
O objetivo dos cursos num primeiro momento, diz Ledi Ferla, é capacitar as famílias, para depois oferecer treinamento para que elas mesmas possam gerenciar as atividades que aprenderam a desenvolver.
Através dessas ações, as pessoas que participam dos programas passam a ter renda própria e a caminhar com as próprias pernas.


Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Cuidadora é presa após assalto que terminou em morte de médico de 93 anos
TST
Petroleiros fecham acordo com a Petrobras e encerram greve de 20 dias
JARDIM
Armado, homem ameaçava enteada de 8 anos para estuprá-la
UEMS
Mestrado Profissional em Ensino em Saúde abre inscrições em Dourados
ECONOMIA
Associações pedem que Reinaldo revogue aumento do ICMS da gasolina
CAMPO GRANDE
Mulher é presa após xingar idoso e bater na vizinha com mangueira
BATAYPORÃ
Chuva de 90 milímetros coloca cidade de MS em situação de emergência
FOLGA
Bolsonaro passa o carnaval em unidade do Exército no Guarujá
CAPITAL
Major da PM que matou ex-namorado foi agredida e ficou em cárcere
ECONOMIA
Projeto Maracujá Agroecológico começa a dar resultado a produtores

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Após negociação, mulher é resgatada de torre no Guaicurus
DOURADOS
Bombeiro usou técnica de rapel para resgatar mulher em torre