Menu
Busca quinta, 21 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
CONFRATERNIZAÇÃO

Família Torraca realiza 2º Encontro nos dias 14 e 15 em Dourados

01 outubro 2017 - 18h14

Terá dois dias de programação o 2º Encontro da Família Torraca, marcado para acontecer em Dourados, no feriadão de outubro. Depois do sucesso do primeiro encontro, realizado em março do ano passado, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, os descendentes do italiano Francesco Torraca e da paraguaia Carmem Benites vão se reunir em Dourados, nos dias 14 e 15 de outubro.

Pelo menos 300 pessoas são esperadas para a festa, a maioria da fronteira Brasil/Paraguai, de Campo Grande e também de outros estados, como Goiás, São Paulo, Paraná,  Rio de Janeiro e também do Pernambuco.

De acordo com o presidente da Associação da Família Torraca, diretor de escola em Ponta Porã, Ricardo Luiz Villaverde de Torraca, este segundo encontro promete ser uma grande festa, pois a procura tem sido grande e muitas pessoas já estão mobilizando caravanas de várias cidades de Mato Grosso do Sul e também de outros estados para passar o feriadão confraternizando entre parentes em Dourados.

"Na verdade, nosso encontro será um grande reencontro, já que terá a presença de vários parentes que há muitos anos não se veem. Será uma grande oportunidade para os mais jovens se conhecerem melhor e para os mais antigos matarem a saudade e relembrarem a história", avalia.

A coordenação do Encontro em Dourados é de Elso Brandão Torraca. "A família é o nosso maior patrimônio, e esse encontro veio em uma boa hora, pois é uma oportunidade que damos aos nossos filhos e netos, de conhecerem um pouco mais sobre o patriarca Frascesco Torraca, que nos deixou como legado o trabalho e a dedicação à família".

PROGRAMAÇÃO

A programação do 2º Encontro da Família Torraca terá início às 9h do sábado de Aleluia, com concentração no Parque Antenor Martins; às 10h, terá início a carreata em direção ao local do evento, em espaço de lazer de uma sitioca da cidade. Após o almoço, a tarde será livre para passeios e atividades recreativas. À noite, o jantar-dançante e homenagens.

O domingo todo será para atividades esportivas, com jogos de mesa e futebol entre equipes representantes de Dourados, Campo Grande, Ponta Porã e Pedro Juan. No almoço será sevido churrasco.

HISTÓRIA

A história dos Torraca no Brasil começou no final do século 19, quando Francesco Torraca e o primo César deixaram a província de Salerno, ao sul da Itália, e rumaram à América. Chegaram ao Rio de Janeiro em 1878. Por não se adaptar com o calor intenso da ‘cidade maravilhosa’, Francesco mudou-se para Buenos Aires (Argentina), depois para o Uruguai e, finalmente, Conceição, no Paraguai, onde se casou com Carmem Benites.

No Paraguai, Francesco e Carmem tiveram os cinco primeiros filhos – Francisco Filho (Pancho), Juan José (Pepino), Albino, Edélia e Atílio. Em 1894 se mudaram para o Brasil e o matrimonio no cartório se deu em Nioaque (então MT), onde nasceram outros três filhos - Morosina (Negra), Tulieta (Nena) e Duílio.

Francesco veio para Dourados entre 1900 e 1901, e morou na cidade até o dia 4 setembro de 1947, quando faleceu, aos 95 anos.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Homem é executado a tiros em frente a aeroporto na fronteira
ECONOMIA
MS tem saldo de 19,7 mil contratações com carteira assinada em 2019
JUDICIÁRIO
Moraes vota a favor do envio de dados da Receita e do antigo Coaf
MILÍCIA ARMADA
Foragido, hacker preso em SC é transferido para MS após prisão
FUNDECT/SEBRAE
Bolsa de 3 mil reais seleciona candidato para trabalhar com inovação
BRASIL
Número de novo partido Aliança pelo Brasil será 38, diz Bolsonaro
SAÚDE
Galvão Bueno sente mal-estar em Lima e está fora da final da Libertadores
Dois homens sobrevivem após carro capotar e parar a 25 metros em mata
POLÍTICA
Senador alerta para risco do Brasil perder acordo de livre comércio
POLÍCIA
Quadrilha que furtava fazendas nas proximidades de Campo Grande é presa

Mais Lidas

TENTATIVA DE FEMINICÍDIO
Ex esperou mulher chegar de curso para tentar matá-la no Estrela Verá
DOURADOS
Corregedoria abre sindicância para apurar ação da Guarda que terminou em morte
DOURADOS
Secretaria de Saúde contrata pessoal para limpeza com salários de R$ 1 mil a R$ 1,4 mil
JÚRI POPULAR
Primeira tentativa de feminicídio do ano ocorre às vésperas de julgamento por crime de 2018