Menu
Busca quarta, 26 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
JOÃO PAULO II

Família procura por homem que sumiu no domingo

30 junho 2015 - 10h37

Carlos de Oliveira, 62, morador no João Paulo II, está desaparecido desde o domingo passado (28). Familiares disseram que ele foi visto pela última vez por volta das 7h trafegando de bicicleta pela região.

O homem trajava camiseta vermelha, calça preta, jaqueta de moletom cinza e não portava documentos.

De acordo com o filho de Carlos, Ramão Ferreira, ele tem apresentado distúrbios de memória e pode estar desorientado. Recentemente os familiares passaram por situação parecida.

“Fizemos uma varredura em toda a região do Parque das Nações I, II, passamos pelo Jóquei Clube, Jardim Santa Maria, Ouro Verde, e não obtivemos sucesso. Deve estar longe”, contou Ramão.

Contato para qualquer informação sobre o paradeiro de Carlos pode ser feito através dos telefones (67) 3020-0292 e 9648-4287, com Ramão e (67) 9948-7177, com Ronaldo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Aline Riscado curte praia com amigas e impressiona com corpão sarado
UFMS
PF investiga denúncia de acadêmico que ameaçou professores e alunos
OPORTUNIDADE
CIN abre vagas a curso de comércio exterior em Dourados
CAMPO GRANDE
Prefeitura abre inscrição para contratar médicos com salário de R$ 12 mil
UEMS
De Pais para Filhos chega em Dourados no próximo fim de semana
CAPITAL
Com suspeita de tuberculose, idosa espera vaga em hospital há 5 dias
PROGRAMA
Governo lança plano para reduzir à metade nº de mortos no trânsito
ANASTÁCIO
Após engravidar do pai, adolescente dá à luz e decide criar bebê
ELEIÇÕES 2018
TSE aceita registro de candidatura de Haddad à Presidência
EDUCAÇÃO
ProfLetras de Dourados abre processo seletivo para alunos regulares

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia encontra bilhete com “mula” e fecha entreposto de drogas no Estrela Porã
OPERAÇÃO REMAKE
Gaeco cumpre mandados e apura desvio de R$ 670 mil em sindicato
BR-163
Gol carregado com maconha é apreendido em Dourados
ÁGUA BOA
Homem armado invade casa e leva dinheiro da vítima