Menu
Busca terça, 13 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
TRADIÇÃO

Escola Imaculada Conceição realiza sábado a Caminhada pela Paz

08 novembro 2017 - 10h16Por Da Redação


A Escola Franciscana Imaculada Conceição (EIC), realiza, no próximo sábado, dia 12 de novembro, a décima edição da Caminhada pela Paz. O movimento iniciou após o assassinato de uma professora da Escola e cresceu com adesão de várias entidades sociais e religiosas ao longo desses dez anos. 

Aberta à toda a comunidade, a edição desse ano terá saída às 8 horas, da frente da escola e percorre o caminho até a Catedral, na praça Antônio João, onde haverá apresentação da bandinha EIC e benção aos caminhantes.

A equipe organizadora solicita aos participantes que usem camiseta branca e boné e providenciem água para a hidratação no percurso. Ao longo do caminho, as equipes participantes da Gincana Cultural exibem faixas com mensagens de paz, assim como a Educação Infantil, que todos os anos customiza camisetas em torno do tema da Caminhada.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MIRANDA
Crianças indígenas são atropeladas por caminhonete e suspeita é de crime
MS-276
Polícia apreende mais de uma tonelada de maconha em caçamba
CASA PRÓPRIA
Caixa suspende Minha Casa Minha Vida para faixa intermediária
INDUBRASIL
Polícia caça suspeito de matar diarista investigada por latrocínio
JUSTIÇA ELEITORAL
TSE dá 3 dias para Bolsonaro esclarecer 'inconsistências' em contas
UFGD
Abertas inscrições para doutorado em Biotecnologia e Biodiversidade
BRASILÂNDIA
Estudantes de escola de MS criam dicionário de línguas indígenas
JUSTIÇA
Calúnia e difamação em rede social geram dano moral a usuário
ECONOMIA
Dólar fecha em alta de quase 2% e ultrapassa R$ 3,80
BRASIL
Agricultura deverá assumir pesca, pequenos produtores e Incra

Mais Lidas

ÑU VERA
Homem morre em Dourados após bebedeira
ANGÉLICA
Jovem morre atropelado durante o trabalho em pátio de usina
PEDRO JUAN
Advogada de narcotraficantes brasileiros morre após atentado na fronteira
PARAGUAI
Polícia paraguaia acredita que pistoleiros brasileiros mataram advogada