Menu
Busca quarta, 14 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

Empresária prospera no ramo da confecção

13 maio 2011 - 06h22

Dione Durigon começou trabalhando sozinha em casa, confeccionando peças de roupas femininas que vendia para os conhecidos. Quando a prefeitura abriu no BNH 4º Plano o Núcleo de Confecções, oferecendo um espaço gratuito para as pessoas que faziam confecções em fundo de quintal, ela não teve dúvidas: aproveitou a oportunidade e montou sua pequena fábrica no local e contratou duas funcionárias.

De março a outubro de 2010, tempo em que ocupou o espaço do Núcleo de Confecções do 4º Plano, Dione aproveitou todas as feiras promovidas pela prefeitura, participou de cursos oferecidos através do Sebrae, Senac e Senai com apoio do município, participou de caravanas a outros estados para se atualizar sobre moda.

“O tempo que permaneci no Núcleo foi fundamental para me formalizar e dar a alavancada (sic) que precisava para me firmar no ramo de confecções, pois foi ali que começaram aparecer as oportunidades de trabalho, foram surgindo os pedidos”, afirmou Dione.

Depois de sete meses trabalhando no Núcleo de Confecções e quase sem dar conta de tantos pedidos, a empresária decidiu montar o empreendimento em outro endereço.

Ela abriu a confecção na Rua Floriano Brum, próximo ao Shopping Avenida Center. De um faturamento zerado em início de carreira, hoje Dione diz que fatura mensalmente em torno de R$ 25 mil brutos com a fabricação de roupas femininas, as chamadas “modinhas”.

“Foi fundamental a permanência no Núcleo porque comecei a capitalizar o lucro e investir mais, não desperdiçando nenhuma oportunidade oferecida através da prefeitura”, diz ela.

Sete meses após mudar para o novo endereço, a empresária não parou no tempo e decidiu abrir também uma loja atacadista anexa à fábrica. A inauguração vai ser neste sábado, às 9h. Hoje Dione Durigon oferece cinco empregos diretos e pretende contratar mais três profissionais para atender os pedidos que não param de chegar.

Para a secretária municipal de Agricultura, Indústria e Comércio Neire Colman, a empresária Dione Durigon é um exemplo de empreendedorismo, pois soube aproveitar as oportunidades.

Dione foi em busca do conhecimento e tudo que apreendeu na teoria soube aplicar na prática, fazendo alavancar o seu negócio, obtendo excelentes resultados. “Para ela foi um desafio em que as oportunidades foram transformadas em solução, fazendo prosperar o seu negócio em mil por cento”, afirmou Neire, completando: “Dione Durigon não é uma microempresária, mas uma grande empresária que administra uma microempresa”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UNIGRAN
Empresa Junior de Agronomia comercializa verduras agroecológicas na AgroFeira
IBGE
Salário médio do sul-mato-grossense avançou 14% em três anos
IDOSOS
Universidades americanas incluem idosos saudáveis no currículo
PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA
Mais de 230 mil veículos devem trafegar pela BR-163 durante o feriado
LEVANTAMENTO
Demanda do consumidor por crédito avançou 5,8% em outubro
REGIÃO NORDESTE
Conheça a Praia dos Carneiros e a coloque no roteiro da próxima viagem
BRASIL
Onyx nega ter se beneficiado de repasse da JBS feito em 2012
15 DE NOVEMBRO
Feriado da Proclamação da República: veja o que abre e o que fecha em Dourados
CLIMA
Tempo nublado não ameniza o calor e mínima em Dourados é de 22ºC
INSPIRE-SE!
Modelos de roupas confortáveis para todas as crianças

Mais Lidas

PEDRO JUAN
Advogada de narcotraficantes brasileiros morre após atentado na fronteira
PARAGUAI
Polícia paraguaia acredita que pistoleiros brasileiros mataram advogada
PEDRO JUAN CABALLERO
Vídeo mostra momento em que advogada é atingida por pistoleiros
FRONTEIRA
Advogada de Pavão e Marcelo Piloto é alvo de atentado com 14 tiros