Menu
Busca quinta, 21 de março de 2019
(67) 9860-3221

Empresária prospera no ramo da confecção

13 maio 2011 - 06h22

Dione Durigon começou trabalhando sozinha em casa, confeccionando peças de roupas femininas que vendia para os conhecidos. Quando a prefeitura abriu no BNH 4º Plano o Núcleo de Confecções, oferecendo um espaço gratuito para as pessoas que faziam confecções em fundo de quintal, ela não teve dúvidas: aproveitou a oportunidade e montou sua pequena fábrica no local e contratou duas funcionárias.

De março a outubro de 2010, tempo em que ocupou o espaço do Núcleo de Confecções do 4º Plano, Dione aproveitou todas as feiras promovidas pela prefeitura, participou de cursos oferecidos através do Sebrae, Senac e Senai com apoio do município, participou de caravanas a outros estados para se atualizar sobre moda.

“O tempo que permaneci no Núcleo foi fundamental para me formalizar e dar a alavancada (sic) que precisava para me firmar no ramo de confecções, pois foi ali que começaram aparecer as oportunidades de trabalho, foram surgindo os pedidos”, afirmou Dione.

Depois de sete meses trabalhando no Núcleo de Confecções e quase sem dar conta de tantos pedidos, a empresária decidiu montar o empreendimento em outro endereço.

Ela abriu a confecção na Rua Floriano Brum, próximo ao Shopping Avenida Center. De um faturamento zerado em início de carreira, hoje Dione diz que fatura mensalmente em torno de R$ 25 mil brutos com a fabricação de roupas femininas, as chamadas “modinhas”.

“Foi fundamental a permanência no Núcleo porque comecei a capitalizar o lucro e investir mais, não desperdiçando nenhuma oportunidade oferecida através da prefeitura”, diz ela.

Sete meses após mudar para o novo endereço, a empresária não parou no tempo e decidiu abrir também uma loja atacadista anexa à fábrica. A inauguração vai ser neste sábado, às 9h. Hoje Dione Durigon oferece cinco empregos diretos e pretende contratar mais três profissionais para atender os pedidos que não param de chegar.

Para a secretária municipal de Agricultura, Indústria e Comércio Neire Colman, a empresária Dione Durigon é um exemplo de empreendedorismo, pois soube aproveitar as oportunidades.

Dione foi em busca do conhecimento e tudo que apreendeu na teoria soube aplicar na prática, fazendo alavancar o seu negócio, obtendo excelentes resultados. “Para ela foi um desafio em que as oportunidades foram transformadas em solução, fazendo prosperar o seu negócio em mil por cento”, afirmou Neire, completando: “Dione Durigon não é uma microempresária, mas uma grande empresária que administra uma microempresa”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Bolsonaro viaja ao Chile para discutir "Prosul" com líderes sul-americanos
CAMPO GRANDE
Uma pessoa morre após veículo cair no leito do rio Anhanduí
TEMPO
Quinta-feira nublada com possiblidade de chuva em Dourados
SHOWBIZZ
Vanessa Mesquita posa seminua após sessão de bronzeamento artificial
BRASIL
Maia critica Moro e diz que ministro 'copiou e colou' projeto anticrime
ABIGEATO
Idosa procura polícia após ter 15 porcos furtados de chácara
EDUCAÇÃO
Inep cria comissão para decidir itens que farão parte do Enem
CONCURSO
Prefeitura abre inscrições para Procurador com salário de R$ 10 mil
JUSTIÇA
Após criar drone, estudante de MS é selecionado para evento no Japão
COSTA RICA
Quatro são presos com 84 quilos de cocaína em rodovia BR-359

Mais Lidas

PREJUÍZO
Chuva forte derruba árvores e deixa ruas alagadas em Dourados
IMPETUS
“Central de inteligência” do PCC que planejava matar servidores de MS é desarticulada na PED
PONTA PORÃ
Chuva forte causa transtornos e casal cai de moto em meio a enxurrada; veja vídeo
DOURADOS
Defesa Civil mantém alerta com “chuvarada” que deve continuar na região