Menu
Busca terça, 17 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Empresária prospera no ramo da confecção

13 maio 2011 - 06h22

Dione Durigon começou trabalhando sozinha em casa, confeccionando peças de roupas femininas que vendia para os conhecidos. Quando a prefeitura abriu no BNH 4º Plano o Núcleo de Confecções, oferecendo um espaço gratuito para as pessoas que faziam confecções em fundo de quintal, ela não teve dúvidas: aproveitou a oportunidade e montou sua pequena fábrica no local e contratou duas funcionárias.

De março a outubro de 2010, tempo em que ocupou o espaço do Núcleo de Confecções do 4º Plano, Dione aproveitou todas as feiras promovidas pela prefeitura, participou de cursos oferecidos através do Sebrae, Senac e Senai com apoio do município, participou de caravanas a outros estados para se atualizar sobre moda.

“O tempo que permaneci no Núcleo foi fundamental para me formalizar e dar a alavancada (sic) que precisava para me firmar no ramo de confecções, pois foi ali que começaram aparecer as oportunidades de trabalho, foram surgindo os pedidos”, afirmou Dione.

Depois de sete meses trabalhando no Núcleo de Confecções e quase sem dar conta de tantos pedidos, a empresária decidiu montar o empreendimento em outro endereço.

Ela abriu a confecção na Rua Floriano Brum, próximo ao Shopping Avenida Center. De um faturamento zerado em início de carreira, hoje Dione diz que fatura mensalmente em torno de R$ 25 mil brutos com a fabricação de roupas femininas, as chamadas “modinhas”.

“Foi fundamental a permanência no Núcleo porque comecei a capitalizar o lucro e investir mais, não desperdiçando nenhuma oportunidade oferecida através da prefeitura”, diz ela.

Sete meses após mudar para o novo endereço, a empresária não parou no tempo e decidiu abrir também uma loja atacadista anexa à fábrica. A inauguração vai ser neste sábado, às 9h. Hoje Dione Durigon oferece cinco empregos diretos e pretende contratar mais três profissionais para atender os pedidos que não param de chegar.

Para a secretária municipal de Agricultura, Indústria e Comércio Neire Colman, a empresária Dione Durigon é um exemplo de empreendedorismo, pois soube aproveitar as oportunidades.

Dione foi em busca do conhecimento e tudo que apreendeu na teoria soube aplicar na prática, fazendo alavancar o seu negócio, obtendo excelentes resultados. “Para ela foi um desafio em que as oportunidades foram transformadas em solução, fazendo prosperar o seu negócio em mil por cento”, afirmou Neire, completando: “Dione Durigon não é uma microempresária, mas uma grande empresária que administra uma microempresa”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ITAPORÃ
TRE fará atendimento aos sábados para atingir meta de cadastramento
19 anos
Camisetas ingresso da 2ª Peixada do Dourados News estarão a venda na Unigran Net MasterClass
DOURADOS
Suspeito de matar pai e filho e atear fogo nos corpos é preso
CRIME AMBIENTAL
Homem é multado em R$ 7 mil por desmatamento
TEMPO
Sem chuvas há 15 dias, calor e baixa umidade permanecem em Dourados
DOURADOS
Pai e filho podem ter sido mortos após bebedeira no Panambi
DECORAÇÃO
Preguiça / medo de decorar? Deixe o papel de parede fazer o trabalho por você!
BR-463
Polícia encontra quase 300kg de maconha dentro de veículo
OPERAÇÃO BREAKING BAD
Antes de ser levada à São Paulo, cocaína passava por laboratório em MS
BRASIL
Projeto que amplia posse de arma no campo é sancionado

Mais Lidas

DOURADOS
Carro roleta Marcelino, bate em moto e deixa jovem ferida
EMPREENDENDO NO BAIRRO
Distante 8 km do Centro, moradores do Parque II só sentem falta de lotérica no comércio do bairro
IVINHEMA
Pescador encontra cadáver às margens de rio e informa a Polícia
FRONTEIRA
Empresário brasileiro atacado por pistoleiros não resiste a ferimentos e morre