Menu
Busca terça, 12 de novembro de 2019
(67) 9860-3221

Empresária prospera no ramo da confecção

13 maio 2011 - 06h22

Dione Durigon começou trabalhando sozinha em casa, confeccionando peças de roupas femininas que vendia para os conhecidos. Quando a prefeitura abriu no BNH 4º Plano o Núcleo de Confecções, oferecendo um espaço gratuito para as pessoas que faziam confecções em fundo de quintal, ela não teve dúvidas: aproveitou a oportunidade e montou sua pequena fábrica no local e contratou duas funcionárias.

De março a outubro de 2010, tempo em que ocupou o espaço do Núcleo de Confecções do 4º Plano, Dione aproveitou todas as feiras promovidas pela prefeitura, participou de cursos oferecidos através do Sebrae, Senac e Senai com apoio do município, participou de caravanas a outros estados para se atualizar sobre moda.

“O tempo que permaneci no Núcleo foi fundamental para me formalizar e dar a alavancada (sic) que precisava para me firmar no ramo de confecções, pois foi ali que começaram aparecer as oportunidades de trabalho, foram surgindo os pedidos”, afirmou Dione.

Depois de sete meses trabalhando no Núcleo de Confecções e quase sem dar conta de tantos pedidos, a empresária decidiu montar o empreendimento em outro endereço.

Ela abriu a confecção na Rua Floriano Brum, próximo ao Shopping Avenida Center. De um faturamento zerado em início de carreira, hoje Dione diz que fatura mensalmente em torno de R$ 25 mil brutos com a fabricação de roupas femininas, as chamadas “modinhas”.

“Foi fundamental a permanência no Núcleo porque comecei a capitalizar o lucro e investir mais, não desperdiçando nenhuma oportunidade oferecida através da prefeitura”, diz ela.

Sete meses após mudar para o novo endereço, a empresária não parou no tempo e decidiu abrir também uma loja atacadista anexa à fábrica. A inauguração vai ser neste sábado, às 9h. Hoje Dione Durigon oferece cinco empregos diretos e pretende contratar mais três profissionais para atender os pedidos que não param de chegar.

Para a secretária municipal de Agricultura, Indústria e Comércio Neire Colman, a empresária Dione Durigon é um exemplo de empreendedorismo, pois soube aproveitar as oportunidades.

Dione foi em busca do conhecimento e tudo que apreendeu na teoria soube aplicar na prática, fazendo alavancar o seu negócio, obtendo excelentes resultados. “Para ela foi um desafio em que as oportunidades foram transformadas em solução, fazendo prosperar o seu negócio em mil por cento”, afirmou Neire, completando: “Dione Durigon não é uma microempresária, mas uma grande empresária que administra uma microempresa”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONTRABANDO
MS deve movimentar R$ 352 milhões com cigarros ilegais
CAMAPUÃ
Projeto de irrigação submersa implantado em MS é o maior do País
SAÚDE
Prematuridade será debatida em Dourados na quinta
INTERNACIONAL
Congresso boliviano deve se reunir para acatar renúncia de Evo Morales
FUTEBOL
Série B do Brasileiro prossegue hoje com sete partidas
ECONOMIA
Gasolina tem variação de R$ 0,38 entre menor e maior preço em Dourados
BRASIL
Bolsonaro sanciona com vetos Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020
CAMPO GRANDE
Policial envolvido em acidente que matou bebê tem prisão decretada
DOURADOS
Ex-secretário de Saúde e empresário são levados à PED e defesas tentam liberdade
EVENTO
Congresso reúne advogados para discutir evolução da profissão e direitos do consumidor

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente mata uma pessoa próximo a Embrapa
BR-163
Motorista morre ao bater de frente com carreta em Dourados
PONTA PORÃ/PEDRO JUAN
Três são assassinados e um bebê fica ferido em "domingo sangrento" na fronteira
DOURADOS
Justiça manda município pagar salário a guarda municipal preso por tráfico