Menu
Busca quinta, 09 de julho de 2020
(67) 99659-5905

Empresa é interditada por deixar restos de frigorífico a céu aberto

01 junho 2011 - 08h04

A empresa Lisboa Agrícola, localizada em Bataguassu, foi interditada e recebeu ontem R$ 40 mil em multa por deixar os restos de um frigorífico, que seriam utilizados para adubo, a céu aberto. Segundo a polícia militar ambiental, a ação causa riscos de contaminação do solo e gera mau cheiro. O Proprietário da empresa também responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de até um ano.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESCAMINHO
Polícia apreende produtos paraguaios avaliados em mais de R$ 150 mil
BRASIL
Presidente do STJ concede prisão domiciliar a Fabrício Queiroz
PANDEMIA
Pneumologista é o terceiro médico a morrer por covid-19 em Dourados
PANDEMIA
Homem de 89 anos é nova vítima do coronavírus em Dourados
IVINHEMA
Mantida condenação de dono de animal que causou acidente com morte em rodovia
PANDEMIA
Com 92 casos confirmados, Maracaju registra primeiro óbito por Covid-19
PANDEMIA
Funcionários de frigorífico fazem protesto na fronteira com o Paraguai
FUTEBOL
Calendário do futebol nacional tem fim previsto para fevereiro de 2021
ORDEM DO DIA
Aprovado estado de calamidade em Bodoquena, Bela Vista e Terenos
POLÍCIA
Traficante foge e polícia apreende veículo com maconha e skunk

Mais Lidas

DOURADOS
Decreto vai mandar fechar bares e academias por 10 dias
PANDEMIA
Comerciante de 45 anos é a 37ª vítima do coronavírus em Dourados
DOURADOS
Publicado, decreto que fecha bares e academias por 10 dias poderá ser prorrogado
DOURADOS
Após trégua, frio intenso deve voltar até o final de semana