Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Empresa é interditada por deixar restos de frigorífico a céu aberto

01 junho 2011 - 08h04

A empresa Lisboa Agrícola, localizada em Bataguassu, foi interditada e recebeu ontem R$ 40 mil em multa por deixar os restos de um frigorífico, que seriam utilizados para adubo, a céu aberto. Segundo a polícia militar ambiental, a ação causa riscos de contaminação do solo e gera mau cheiro. O Proprietário da empresa também responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de até um ano.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANTANAL
Empresários realizam encontro da pesca em apoio a cota zero
BRASIL
Senado aprova regulamentação da profissão de cuidador de idosos
CRIME AMBIENTAL
Paranaense é autuado em R$ 12 mil por armazenamento de madeira ilegal
CONCURSO
IBGE lança edital com 209 vagas de recenseador e agente censitário
CAPITAL
Travesti é suspeita de matar vendedor de 48 anos com 14 facadas
SELEÇÃO
UEMS abre inscrições para processo seletivo de professores temporários
FRONTEIRA
Homem é preso com veículo adulterado e direção perigosa na MS-386
ADOLESCENTES
Governo vai lançar campanha de incentivo à adoção tardia
DOURADOS
Comemoração ao mês do Trabalhador terá ações na UEMS Dourados
PATRIMÔNIO LITERÁRIO
Chico Buarque ganha o Prêmio Camões 2019 pelo conjunto da obra

Mais Lidas

ITAPORÃ
PM da reserva morre em acidente próximo a ponte do Rio Santa Maria
DOURADOS
Comissão vota contra o próprio parecer e Idenor se salva de cassação
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira
DOURADOS
Ex-líder da prefeita Délia Razuk é alvo de pedido de cassação