Menu
Busca sexta, 22 de março de 2019
(67) 9860-3221

Embrapa divulga estudo sobre chuvas na Bacia do Rio Dourados

19 dezembro 2003 - 12h51

Um projeto de pesquisa recém-concluído por pesquisadores da Embrapa Agropecuária Oeste, instituição vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, estudou as características do regime pluviométrico da Bacia do Rio Dourados. Parte dos resultados deste projeto está sendo divulgada em uma publicação sobre a probabilidade de ocorrência de chuvas nessa bacia. A Bacia do Rio Dourados é composta, em parte ou integralmente, pelos municípios de Dourados, Ponta Porã, Antônio João, Laguna Carapã,  Fátima do Sul, Caarapó, Glória de Dourados, Vicentina, Jateí, Ivinhema e Deodápolis. O projeto foi desenvolvido pelos pesquisadores Carlos Ricardo Fietz, Mário Artemio Urchei e Éder Comunello, sob coordenação do primeiro. Segundo o coordenador do projeto, uma bacia hidrográfica é a unidade geográfica mais favorável para o planejamento integrado e o gerenciamento dos recursos naturais. “A bacia do Rio Dourados, uma das mais importantes de Mato Grosso do Sul, tem como base de sua economia a agricultura, uma atividade fortemente influenciada pela freqüência de chuvas. Daí a importância desse estudo”. Ricardo explica que o comportamento da chuva pôde ser bem definido na bacia. Na publicação, as probabilidades de ocorrência foram determinadas para períodos de dez dias. Para a realização do estudo, os pesquisadores percorreram a região para localizar e disponibilizar para o projeto séries de chuvas diárias, confiáveis e de, no mínimo, dez anos. O estudo foi realizado com base em dados coletados em duas estações meteorológicas e em cinco postos pluviométricos. A análise do comportamento das chuvas é parte dos resultados do projeto “Caracterização da bacia hidrográfica do Rio Dourados, MS”, iniciado em 2000, financiado pela Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de  MS (Fundect). Além da análise das chuvas, estudou-se também a evapotranspiração e o balanço hídrico seriado dos solos. O estudo já gerou outras 11 publicações, além desta. De acordo com Carlos Ricardo Fietz, um dos objetivos da Embrapa Agropecuária Oeste é estudar todas as bacias do Estado. Esta publicação será encaminhada aos profissionais da assistência técnica, empresas de planejamento, cooperativas, instituições de pesquisa e extensão, universidades e também está disponível no site www.cpao.embrapa.br. Informações pelo telefone 67 425-5122 ou pelo e-mail sac@cpao.embrapa.br.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Paolla Oliveira relaxa durante banho de mar: "água é vida"
SAÚDE
Após determinação do STJ, João de Deus é transferido para hospital
FUTEBOL
Uefa abre processo disciplinar contra Neymar por ofensa a ábitro
REFORMA
Devedores contumazes da União poderão ter CNPJ cancelado
UEMS
Curso de Libras Básico I abre inscrições na próxima segunda-feira
DANOS MORAIS
Justiça condena promotor a indenizar ex-presidente Lula em R$ 60 mil
JUSTIÇA
Shopping é condenado por danos morais em acusação falsa de furto
FÁTIMA DO SUL
Mulher é presa acusada de simulou sequestro para a própria família
TECNOLOGIA
Anatel inicia bloqueio de celulares 'piratas' em 15 estados no domingo
CAPITAL
Homem tenta matar a irmã com golpes de facão e acaba preso

Mais Lidas

HU
Dengue hemorrágica causa morte de menino de 11 anos em Dourados
DOURADOS
Tripla colisão deixa dois feridos em cruzamento movimentado
DOURADOS
Universitária morre no HV quatro dias após acidente de moto
RIO BRILHANTE
Dono de oficina baleado pela manhã morre no Hospital da Vida