Menu
Busca quarta, 16 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

Em ato público, prefeito defende combate ao trabalho infantil

10 junho 2011 - 16h44

O prefeito Murilo Zauith participou na manhã desta sexta-feira do ato público para lembrar o Dia Mundial e Nacional de Combate ao Trabalho Infantil, realizado na Praça Antônio João. Segundo ele, o trabalho infantil deve ser combatido de todas as formas possíveis. O município vem trabalhando com essas ações e pretende intensificar ainda mais, afirmou.



Uma das propostas para erradicar esse problema em Dourados é continuar em busca de escola em período integral. “Estamos implantando atividades no contraturno das aulas para oferecer às crianças, além do estudo normal em sala de aula, a prática de esportes, atividades culturais e de lazer”, comentou o prefeito.



Murilo disse que já comprou 2.200 vagas em academias e escolas, que vão oferecer para as crianças da Rede municipal de Ensino, a partir de agosto, diversas atividades esportivas e culturais. As aulas fazem parte dos projetos Palco para Todos e Proesporte, lançados na semana passada pelo Nace (Núcleo de Arte, Cultura e Esporte).



“Ainda é muito pouco para oferecer aos alunos do município, mas estamos trabalhando para aumentar essas vagas, pois lugar de criança é na escola, para que mais tarde seja um cidadão respeitado e digno”, frisou o prefeito. Ele conversou com as crianças do Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil) presentes ao evento. Em Dourados são cerca de 300 crianças incluídas no programa.



Segundo a secretaria de Assistência Social, Ledi Ferla, o objetivo da prefeitura é aumentar o número de famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Hoje em Dourados existem 13 mil famílias inscritas. De acordo com a secretária, o prefeito autorizou aumentar para 18 mil.

Um dos principais benefícios das famílias inscritas é a inclusão no programa Bolsa Família. Em Dourados são sete mil famílias beneficiadas.



Para a secretária, com o aumento de moradores incluídos no Cadastro Único, certamente mais famílias receberão o Bolsa Família. “Apesar das críticas, muitas pessoas não sabem o quanto essa renda é significativa para ajudar a retirar as crianças do trabalho e da situação de rua”, afirmou a secretária.



O ato público desta sexta-feira foi promovido pelas secretarias de Assistência Social e Educação, com apoio do Ministério do Trabalho e Emprego e Ministério Público do Trabalho.



Participaram a auditora fiscal do Ministério do Trabalho e Emprego Maurita Sartori Gomes Ferreira, a procuradora do Ministério Público do Trabalho Cândice Gabriela Arósio, o Superintendente Regional do Trabalho e Emprego em Mato Grosso do Sul Anízio Pereira Tiago, o presidente da Câmara de Vereadores Idenor Machado, além dos secretários de Educação Walteir Betoni e de Finanças Walter Carneiro Júnior.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO BRILHANTE
Motorista fica ferido ao perder controle de veículo e parar em valeta
CALOR
Demanda por energia elétrica atingiu novo recorde nesta quarta-feira
CAARAPÓ
Homem simula sequestro para enganar mãe e acaba preso
JUSTIÇA
TJ/MS extingue Câmara e institui juiz substituto em 2º Grau
ATAQUES
Policiais encontram 700 kg de explosivos em apartamento de Fortaleza
NOVA ANDRADINA
Polícia apreende dois veículos com produtos eletrônicos na MS-141
STJ
Ex-presidente do Naviraiense é condenado por desviar R$ 247 mil
CRIME BÁRBARO
Mãe de santo acusada de homicídio em MS será julgada nesta quinta-feira
REAJUSTE
Petrobras eleva em 2,5% preço médio da gasolina nas refinarias
CAMPO GRANDE
Jovem atingido com tiro na nuca há 4 dias morre em hospital

Mais Lidas

GRUPOS RIVAIS
Interno do semiaberto de Dourados é morto em briga de facções
DOURADOS
Rapaz assassinado em emboscada foi preso por tentativa de furto a caixa eletrônico
POLÍCIA
Motorista que morreu em acidente na BR-163 tinha 28 anos
BR-163
Acidente que matou motorista de ônibus deixou outros cinco feridos