Menu
Busca terça, 21 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
ELEIÇÕES

Em ato de filiação de Délia, Delcídio do Amaral se lança candidato ao governo

14 dezembro 2019 - 11h27Por Adriano Moretto

O ex-senador e atual presidente do PTB em Mato Grosso do Sul, Delcídio do Amaral, se lançou como pré-candidato na disputa pelo governo do Estado nas eleições de 2022. A afirmação partiu do ex-parlamentar na manhã deste sábado (14/12), durante encontro da legenda em Dourados.

Na ocasião, a prefeita Délia Razuk oficializou o ingresso no partido e também foi alçada à disputa do pleito municipal no ano que vem.

“Estou voltando! Fui absolvido, inocentado na Justiça. Quero comandar esse Estado por um mandato só. Vou fazer uma gestão que ninguém vai se esquecer”, disse, durante o seu discurso, fazendo menção ao processo transitado e julgado, o absolvendo de tentar comprar o silêncio de Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobrás investigado na Operação Lava-Jato.  

Em seguida completou: “O PTB vai às ruas em 2020 e vamos reeleger Délia Razuk em Dourados”.

Apesar da fala do ex-senador, a prefeita ainda não crava a disputa pela reeleição. Ao Dourados News ela relatou que ainda analisará a possibilidade de entrar na corrida municipal, mas aposta no protagonismo do partido no município.

“Dourados tem toda possibilidade de ser protagonista nas eleições de 2020, mas não necessariamente com o meu nome. Temos pessoas com qualidade, estamos abertos para o bem da cidade e para conversar com outros partidos”, comentou.

Já o deputado estadual Neno Razuk aposta na reeleição da mãe e no crescimento da legenda no Estado. 

A meta do PTB para o pleito que se avizinha é eleger entre oito e 10 prefeitos. Antes da filiação de Délia, a sigla contava apenas com apenas um.

“Estamos trabalhando e fiz compromisso de fortalecimento, de crescimento do partido. Queremos voltar a ter representante em Brasília. Consegui trazer o ex-senador Delcídio do Amaral para o PTB e ele deve se candidatar nas eleições de 2022 buscando outras pessoas para integrar o time. Vamos lutar para eleger de oito a 10 prefeitos no Estado, incluindo Dourados. Gostaria que fosse a Délia, mas essa é uma decisão dela, caso contrário teremos que buscar outros nomes”, relatou ao Dourados News o parlamentar. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SURTO EM MOTEL
Empresário diz que só a mulher que morreu sob caminhão se drogou
TRANSFERÊNCIA
MPF diz que mudança de sede para Dourados foi por falta de estrutura
JUDICIÁRIO
Justiça revoga prisão de Policial acusado de contrabando de cigarro
EMPREGO
Orçamento de 2020 prevê 51,3 mil vagas em concursos federais
EDUCAÇÃO
Prazo de apresentação de propostas para o Future-se vai até sexta
CLORIDATO DE RANITIDINA
Laboratórios vão recolher alguns lotes de remédio para úlcera
NOVA ANDRADINA
Idosa de 82 anos apanha da nora enquanto filho filma agressão
RECURSOS
Senador Nelsinho Trad trabalha para liberar R$ 600 milhões para MS
CHAPADÃO DO SUL
Carreta carregada de adubo fica destruída após pegar fogo na MS-306
FUTEBOL
Inter vence Corinthians e está na final da Copa São Paulo

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é flagrado correndo pelado na Presidente Vargas
PARAGUAI EM ALERTA
Membros do PCC fogem de prisão em Pedro Juan; ao todo já são considerado 75 foragidos
BELLA VISTA DO NORTE
Ex-prefeito de cidade paraguaia vizinha a MS é executado a tiros
POLÍCIA
Mulheres são presas com malas ‘recheadas’ de maconha no Jardim Santo André