Menu
Busca quarta, 23 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
VIOLÊNCIA URBANA

Em 20 minutos, dupla de moto rouba três pessoas em Dourados

14 setembro 2017 - 08h16

Três pessoas foram roubadas num intervalo de aproximadamente 20 minutos em Dourados. Nos crimes, os suspeitos utilizavam motocicleta escura e armas, o que leva a crer que sejam os mesmos bandidos.

Por volta de 23h, numa sorveteria na avenida Marcelino Pires, próximo a Praça Antônio João, rapaz de 21 e namorada de 18, moradores em Caarapó, foram surpreendidos por dois homens e um deles armado anunciou o roubo.

Dele os criminosos levaram documentos pessoais e cartões, enquanto dela a quantia de R$ 110 e aparelho de telefone celular.

Às 23h20, na rua Ciro Melo, esquina com a Floriano Viegas, Jardim Ouro Verde, rapaz de 19 anos, residente no Jardim Guanabara, conversava com amiga quando a dupla com as mesmas características se aproximou e o ameaçando, exigiu a entrega do telefone celular.

Os casos foram denunciados no 1º Distrito Policial de Dourados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUDICIÁRIO
STF retoma nesta quarta julgamento sobre prisão após 2ª instância
CIRURGIAS PLÁSTICAS
Juiz manda prender médico Rondon, condenado por mutilar pacientes
INFORME PUBLICITÁRIO
Loja de materiais de construção traz caminhões com pisos direto da fábrica e aquece a briga pelo cliente
TEMPO
Quarta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
CHAPADÃO DO SUL
Motociclista morre após ser atingido por carro e arremessado contra muro
ÓLEO
Senadores pedem declaração de emergência ambiental no Nordeste
AMAMBAI
Homem é suspeito de esfaquear a filha após ser denunciado por estuprá-la
PRAZO
Submissão de trabalhos para Jornada de Linguística vai até o dia 30
NOVA ALVORADA
Pastor evangélico é esfaqueado dentro de igreja após culto
EDUCAÇÃO
Enem para privados de liberdade registra mais de 40 mil inscritos

Mais Lidas

HAYEL BON FAKER
Homens são presos fazendo sexo em via pública em Dourados
DOURADOS
Três são presos após ‘batida’ em ‘boca de fumo’ no Jardim Pantanal
DOURADOS
“Se não pagar vocês não vão dormir, não vão ter paz”, ameaçou professora indígena presa por extorsão
DOURADOS
Suspeito de extorsão em área de conflito, policial é levado ao Presídio Militar da capital