Menu
Busca segunda, 20 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
DOURADOS

Educadores ocupam plenário contra votação de projeto

24 outubro 2017 - 21h28Por Adriano Moretto

Educadores da Rede Municipal de Dourados ocuparam o plenário da Câmara  de Vereadores para impedir a votação do projeto que altera a Lei Complementar 267/2014, na noite desta terça. 


A sessão foi suspensa e os legisladores foram para seus gabinetes. Logo em seguida, a presidente Daniela Hall (PSD) a encerrou sem abrir votação, como na segunda-feira.


A intenção da categoria era dialogar com o Município antes que a proposta fosse votada, porém, o projeto entrou na pauta em regime de urgência.

A prefeitura tenta de qualquer maneira economizar na folha de pagamento do funcionalisno público por conta da LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal). 


A nova medida que altera a chamada Lei do pré-sal no município irá transformar o incremento do salário em gratificação. 


De  acordo com a medida aprovada no passado, a prefeitura deve pagar cinco parcelas -uma por ano até 2020 – aos professores até  que o valor do piso de 40h seja repassado à quantia de 20h.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Moraes diz que multas a caminhoneiros não podem ser perdoadas
EDUCAÇÃO
Universidades vão escolher como distribuir bolsas de doutorado
COTAÇÕES
Dólar fecha em alta e vai a R$ 3,95, maior valor desde fevereiro
SELEÇÃO ESTAGIÁRIOS
HU-UFGD divulga resultado preliminar da seleção pública de estagiários
AÇÃO CONJUNTA
Ação conjunta entre PF e PMA autua seis pescadores do Paraná por pesca ilegal
HOMENAGENS
Solenidade marca o Dia Estadual do Ensino Superior
BRASIL
Ministério Público reitera ao TSE parecer pela inelegibilidade de Lula
CAMPO GRANDE
Carro "desce" a rua após ser estacionado e cai em córrego
ELEIÇÕES 2018
Odilon nega “ataque” a Pedro Chaves e diz que nota foi endereçada àqueles que falam em sua desistência
RORAIMA
Força Nacional chega a Boa Vista para reforçar segurança na fronteira

Mais Lidas

BR-463
Acidente mata motociclista que tentava atravessar rodovia em Dourados
BRUTALIDADE
Estudante de medicina brasileira é assassinada na fronteira
FRONTEIRA
Trio suspeito de matar policial paraguaio é preso
FRONTEIRA
Dois são executados a tiros de pistola e fuzil