Menu
Busca sexta, 22 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
EDUCAÇÃO

Educadora da Rede Estadual de Dourados recebe Prêmio Professores do Brasil

21 outubro 2017 - 10h30Por Redação

A organização da 10ª edição do Prêmio “Professores do Brasil” divulgou terça-feira (17.10) os profissionais vencedores e destaques nos Estados. Em Mato Grosso do Sul, a Rede Estadual de Ensino foi campeã em quatro, das seis categorias. Os seis vencedores nacionais desta edição serão conhecidos no dia 6 de dezembro, em cerimônia na praça das Artes, em São Paulo (SP).

Na categoria Educação Infantil: Creche, a professora Joyce Almeida de Sena, do Centro de Educação Infantil José Eduardo Martins Jallad (CEI Zedu), de Campo Grande, conquistou o primeiro lugar com o relato sobre “A arte colorindo a educação infantil no CEI Zedu”; Na categoria Educação Infantil: Pré-Escola, a vencedora foi Roberta Ortega Matheus, também do CEI Zedu, com o trabalho “Para encontrar o azul eu uso pássaros”.

A professora Alessandra Aparecida Neves, da EE Presidente Tancredo Neves, de Dourados, foi campeã na categoria Ensino Fundamental: 6º ao 9º ano, com o relato “Sem tristezas constantes, sem cortes, sem mortes precoces, entender para compreender-se”. E, na categoria Ensino Médio, Luana Barbiero Vieira, da EE Menodora Fialho de Figueiredo, de Dourados, levou o primeiro lugar com o “Projeto Interdisciplinar Caminhos da Energia”.

Destaques

Em destaque, cinco experiências da Rede Estadual de Ensino: “Mergulhando no universo marinho”, da professora Mariana Cristina Moreira Santos e “Musicalização na educação infantil: cantando e encantando”, do professor Diogo Silas de Ajala Lobo, ambos do CEI Zedu, na categoria Educação Infantil: Creche. O CEI Zedu também foi destaque na categoria Educação Infantil: Pré-Escola, com a “Vida pantaneira”, da professora Elisa Helena Soares Cecilio.

Na categoria Ensino Médio, o professor Daniel Kleberson Moura de Almeida, da EE Joaquim Murtinho, de Campo Grande, se destacou com o projeto “Desvendado a Matemática”, e Alan Carvalho de Oliveira, da EE Professora Élia França Cardoso, de Campo Grande, foi destaque com o relato “Trigonomando: Alunos aprendendo e ensino através da programação de computadores”

Acesse a relação de vencedores e destaques da 10ª edição do Prêmio Professores do Brasil. Outras informações estão disponíveis neste site.

Professores do Brasil

O Prêmio Professores do Brasil seleciona e premia práticas pedagógicas desenvolvidas por professores de escolas públicas, instituições educacionais comunitárias, filantrópicas e confessionais, conveniadas aos sistemas públicos de ensino, em uma das etapas da educação básica, que, comprovadamente, tenham tido êxito, considerando as diretrizes, metas e estratégias propostas no Plano Nacional de Educação

O Prêmio, uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC), em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), busca reconhecer, divulgar e premiar o trabalho de professores de escolas públicas que contribuem para a melhoria do processo de aprendizagem ocorrido em sala de aula. Além de participar do processo de premiação, os professores desenvolvem um exercício de reflexão sobre a própria prática, o que garante o aprimoramento das experiências educacionais.

Em 2017, o concurso tem seis categorias: Educação Infantil, creche; Educação infantil, pré-escola; Anos Iniciais do Ensino Fundamental, ciclo de alfabetização; Anos Iniciais do Ensino Fundamental, 4º e 5º anos; Anos Finais do Ensino Fundamental; e Ensino Médio.

Histórico

Em 2012, na 7ª edição do Prêmio, o professor Alexandre Gonçalves de Souza, da Escola Estadual Olinda Conceição Teixeira Bacha, de Campo Grande, foi premiado na subcategoria “Educação Digital Articulada ao Desenvolvimento do Currículo”, com Agência de Publicidade e Propaganda 30IdeiasPP, desenvolvida com os estudantes do 8º ano do ensino fundamental. A agência era contratada de forma fictícia pela direção/coordenação da escola, que solicitava uma campanha para ser desenvolvida e trabalhada com os alunos da unidade escolar.

Na edição seguinte, em 2013, também na subcategoria “Educação Digital Articulada ao Desenvolvimento do Currículo”, a professora Micheli Cristine Nunes Facholi, da Escola Estadual Antonia da Silveira Capilé, de Dourados, foi premiada com o trabalho “Método Científico”, conduzindo os estudantes à compreensão da ciência como uma realização humana voltada à aquisição de conhecimentos sobre a natureza, valorizando seu papel na sociedade contemporânea, e, ainda, capacitá-los a reconhecer os papéis da observação, da formulação de hipóteses e da experimentação nos procedimentos científicos.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

IBGE
MS tem a terceira menor taxa de desocupação do País
TENSÃO
Confrontos na fronteira com a Venezuela deixam 2 mortos e 15 feridos
ENTENDIMENTO
Juiz ministrará palestra sobre projeto de lei anticrime na segunda-feira
CAMPO GRANDE
Incêndio destrói bilheteria de circo na Capital
ANUÁRIO
Mortes no trânsito de Dourados caem 35% em 2018
FUTEBOL
Clubes aprovam e Brasileiro terá VAR em todos os jogos
POLÍCIA
Homem é flagrado com carro “recheado” de cigarros contrabandeados
BRASIL
Paulo Guedes espera aprovação da reforma da Previdência até junho
CAMPO GRANDE
Interno é encontrado morto dentro de cela de presídio
TVE/MS
Reunião discute novo organograma da Fertel e atualizações profissionais na radiodifusão

Mais Lidas

OPORTUNIDADE
Prorrogadas inscrições em processo seletivo para contratação de Assistentes de Atividades Educacionais
MAIS UM
Délia exonera secretário de Saúde e adjunta assume o posto
AMAMBAI
Homem mata a ex-mulher a facadas na frente dos sete filhos
DOURADOS
Trio é preso após tentar repetir furto em loja do shopping