Menu
Busca segunda, 10 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
EDUCAÇÃO

Educadora da Rede Estadual de Dourados recebe Prêmio Professores do Brasil

21 outubro 2017 - 10h30Por Redação

A organização da 10ª edição do Prêmio “Professores do Brasil” divulgou terça-feira (17.10) os profissionais vencedores e destaques nos Estados. Em Mato Grosso do Sul, a Rede Estadual de Ensino foi campeã em quatro, das seis categorias. Os seis vencedores nacionais desta edição serão conhecidos no dia 6 de dezembro, em cerimônia na praça das Artes, em São Paulo (SP).

Na categoria Educação Infantil: Creche, a professora Joyce Almeida de Sena, do Centro de Educação Infantil José Eduardo Martins Jallad (CEI Zedu), de Campo Grande, conquistou o primeiro lugar com o relato sobre “A arte colorindo a educação infantil no CEI Zedu”; Na categoria Educação Infantil: Pré-Escola, a vencedora foi Roberta Ortega Matheus, também do CEI Zedu, com o trabalho “Para encontrar o azul eu uso pássaros”.

A professora Alessandra Aparecida Neves, da EE Presidente Tancredo Neves, de Dourados, foi campeã na categoria Ensino Fundamental: 6º ao 9º ano, com o relato “Sem tristezas constantes, sem cortes, sem mortes precoces, entender para compreender-se”. E, na categoria Ensino Médio, Luana Barbiero Vieira, da EE Menodora Fialho de Figueiredo, de Dourados, levou o primeiro lugar com o “Projeto Interdisciplinar Caminhos da Energia”.

Destaques

Em destaque, cinco experiências da Rede Estadual de Ensino: “Mergulhando no universo marinho”, da professora Mariana Cristina Moreira Santos e “Musicalização na educação infantil: cantando e encantando”, do professor Diogo Silas de Ajala Lobo, ambos do CEI Zedu, na categoria Educação Infantil: Creche. O CEI Zedu também foi destaque na categoria Educação Infantil: Pré-Escola, com a “Vida pantaneira”, da professora Elisa Helena Soares Cecilio.

Na categoria Ensino Médio, o professor Daniel Kleberson Moura de Almeida, da EE Joaquim Murtinho, de Campo Grande, se destacou com o projeto “Desvendado a Matemática”, e Alan Carvalho de Oliveira, da EE Professora Élia França Cardoso, de Campo Grande, foi destaque com o relato “Trigonomando: Alunos aprendendo e ensino através da programação de computadores”

Acesse a relação de vencedores e destaques da 10ª edição do Prêmio Professores do Brasil. Outras informações estão disponíveis neste site.

Professores do Brasil

O Prêmio Professores do Brasil seleciona e premia práticas pedagógicas desenvolvidas por professores de escolas públicas, instituições educacionais comunitárias, filantrópicas e confessionais, conveniadas aos sistemas públicos de ensino, em uma das etapas da educação básica, que, comprovadamente, tenham tido êxito, considerando as diretrizes, metas e estratégias propostas no Plano Nacional de Educação

O Prêmio, uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC), em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), busca reconhecer, divulgar e premiar o trabalho de professores de escolas públicas que contribuem para a melhoria do processo de aprendizagem ocorrido em sala de aula. Além de participar do processo de premiação, os professores desenvolvem um exercício de reflexão sobre a própria prática, o que garante o aprimoramento das experiências educacionais.

Em 2017, o concurso tem seis categorias: Educação Infantil, creche; Educação infantil, pré-escola; Anos Iniciais do Ensino Fundamental, ciclo de alfabetização; Anos Iniciais do Ensino Fundamental, 4º e 5º anos; Anos Finais do Ensino Fundamental; e Ensino Médio.

Histórico

Em 2012, na 7ª edição do Prêmio, o professor Alexandre Gonçalves de Souza, da Escola Estadual Olinda Conceição Teixeira Bacha, de Campo Grande, foi premiado na subcategoria “Educação Digital Articulada ao Desenvolvimento do Currículo”, com Agência de Publicidade e Propaganda 30IdeiasPP, desenvolvida com os estudantes do 8º ano do ensino fundamental. A agência era contratada de forma fictícia pela direção/coordenação da escola, que solicitava uma campanha para ser desenvolvida e trabalhada com os alunos da unidade escolar.

Na edição seguinte, em 2013, também na subcategoria “Educação Digital Articulada ao Desenvolvimento do Currículo”, a professora Micheli Cristine Nunes Facholi, da Escola Estadual Antonia da Silveira Capilé, de Dourados, foi premiada com o trabalho “Método Científico”, conduzindo os estudantes à compreensão da ciência como uma realização humana voltada à aquisição de conhecimentos sobre a natureza, valorizando seu papel na sociedade contemporânea, e, ainda, capacitá-los a reconhecer os papéis da observação, da formulação de hipóteses e da experimentação nos procedimentos científicos.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMPRENSA
Sindicato dos Jornalistas da Grande Dourados completa 29 anos de luta
CORUMBÁ
Homem perde perna e braço após ser atropelado por trem
DOCUMENTO
Carteira de Motorista com chip é adiada para o final de 2022
EDUCAÇÃO
Inscrições para o Vestibular indígena Teko Arandu começam nesta segunda
FACILIDADE
Pedidos de indenização do DPVAT podem ser feitos por smartphone
BRASIL
Em diplomação, Bolsonaro pede confiança daqueles que não votaram nele
POLÍCIA
Dados da Sejusp apontam redução da criminalidade em MS neste ano
ECONOMIA
Dólar fecha em alta e sobe a R$ 3,92, com temores de desaceleração global
DINHEIRO PÚBLICO
Decreto torna mais rígida a tramitação de processos de licitação em Dourados
PANTANAL
Pedágio na ponte sobre o rio Paraguai é reajustado

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Idosa é espancada, esfaqueada e vai parar na UTI após assalto em Dourados
DOURADOS
Criança morre no HV três dias após ser atropelada na Cachoeirinha
DOURADOS
Dupla é presa por tráfico de drogas na Vila Mariana
INVESTIGAÇÃO
Brasileira desaparecida na Austrália é encontrada morta em praia