Menu
Busca segunda, 16 de julho de 2018
(67) 9860-3221

“Dourados vive um novo tempo”, diz Murilo

30 maio 2011 - 06h00

Ao fazer o balanço dos cem dias da administração em entrevista à Grande FM, o prefeito Murilo Zauith disse que Dourados vive um novo tempo. “Dourados estava sucateada, judiada em todos os setores. Estamos trabalhando, começamos a atender os bairros, sem esperar recursos de fora, apertando o cerco e economizando para investir na recuperação da malha asfáltica e das ruas sem asfalto”.

Conforme o prefeito, pelo menos 40% dos bairros de Dourados não têm asfalto e em algumas regiões as ruas de terra estão intransitáveis, com enormes valetas que impedem os moradores de andar até de bicicleta.

Murilo disse que esses bairros já começaram a ser atendidos com os mutirões de recuperação, já executados na Vila Cachoeirinha e que chegaram agora no Jardim Novo Horizonte e nesta semana serão levados para o distrito de Itahum. O Jardim Carisma também será atendido nos próximos dias.

###Onda Verde
Na entrevista, o prefeito anunciou o projeto de retirada das três rotatórias existentes na Avenida Marcelino Pires e instalação de mais semáforos. “Vamos implantar na Marcelino a Onda Verde, que permite ao motorista entrar no Monumento ao Colono e atravessar até o parque do Flórida com todos os sinais verdes, com uma limitação de velocidade”.

Murilo informou ainda que já encaminhou à Câmara de Vereadores a proposta de uma audiência pública para discutir o fim do tráfego de caminhões pelo perímetro urbano a partir da conclusão do anel viário oeste, ligando a BR-463 até a MS-156, na saída para Itaporã.

Segundo ele, a empresa que executa as obras do anel viário prevê a conclusão desse trecho até agosto deste ano. “Vamos discutir a proibição do tráfego de carretas pela cidade. Vamos criar a Agência de Trânsito para cuidar desse trabalho”.

###Perímetro urbano
O prefeito disse que já planeja o crescimento de Dourados para os próximos anos. A prefeitura vai mandar para a Câmara de Vereadores uma proposta de ampliação do perímetro urbano e definição de regras para administrar a ocupação desse espaço.

“Vamos evitar que a cada demanda tenha que mexer no perímetro urbano. Queremos democratizar e deixar a relação da prefeitura com as pessoas e com a iniciativa privada bem transparente”, afirmou Murilo

Segundo o prefeito, o projeto que será encaminhado à Câmara vai sugerir a ampliação do perímetro urbano na parte sul da cidade até o Distrito Industrial, até a Cidade Universitária, na região oeste, e até a reserva indígena, na parte norte.

###Semiaberto
Como projeto para os próximos meses, Murilo também anunciou a intenção de usar o prédio onde funciona o regime semiaberto, na rua Hayel Bon Faker, em um Ceim (Centro de Educação Infantil Municipal). O local foi interditado pela Justiça e o semiaberto terá de funcionar em outro local.

O prefeito tem intenção de alugar o prédio e transformá-lo em um Ceim. Antes da instalação do presídio, no local existia uma escola particular e segundo Murilo a estrutura é ideal para funcionamento de uma unidade de educação infantil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SEXY
Viviane Araújo arrasa em ensaio só de lingerie transparente
AMAMBAI
Ciclista fratura cabeça em queda e morre no meio da rua
DOURADOS
PF ministra curso de direção operacional a novos guardas
LEGISLATIVO DE MS
De recesso nas sessões ordinárias, AL faz homenagem ao líder da Sukyo Mahikari
DOURADOS
Celular roubado no ano passado é recuperado próximo a Ceim
BARBÁRIE
Mulher é morta a facadas em Amambai
REGIÃO DO PANTANAL
Vacinação contra febre aftosa termina nos próximos dias
ÉÉÉ CAMPEÃOOO
França bate Croácia e fica com o bi mundial
SAÚDE
Saiba como se prevenir contra as doenças do inverno
UFGD
Inscrições de trabalho para Encontro de pesquisadores terminam hoje

Mais Lidas

RESIDENCIAL BONANZA
Homem atropela casal em Dourados após ser contrariado
DOURADOS
Homem é atropelado após “roletar” avenida com bicicleta motorizada
MS-156
Rapaz morre após ser atropelado duas vezes em rodovia
PEDRO JUAN
Troca de tiros deixa 3 pessoas feridas na fronteira